quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Os 9 vereadores eleitos em São Tomé-RN

Zé Nilton - PT - 672 votos
Professor Emerson - PT - 662
Nego Pereira - PSDB - 571
Tereza Cristina - PP - 532
Neguinho de Paulo Nunes - PMN - 465
Silvanez - PMDB - 440
Jean Makson - PC do B - 385
Gá - PP - 336
Cícero Amador - PSDB - 320

Charge de Eliabe Alves: Dia das bruxas


Midway inaugura amanhã sua decoração natalina

Com o tema “Papai Noel em Terras Potiguares”, o shopping Midway Mall vai inaugurar amanhã, dia 1º, a sua decoração natalina.
A inauguração será às 18h, e contará com a apresentação de uma orquestra de violinos e presença do Papai Noel.

Artigo de Heitor Scalambrini Costa, da UFPE

MP 579 e os apagões elétricos


Heitor Scalambrini Costa
Professor da Universidade Federal de Pernambuco


Mesmo com os reclamos e a gritaria, foi quase que total a adesão das empresas de energia elétrica à renovação dos contratos de concessão dentro das novas regras contidas na Medida Provisória (MP) nº 579, publicada em 11 de setembro, que trata não somente das concessões de geração, transmissão e distribuição de energia, mas também sobre a redução de encargos setoriais, a modicidade tarifária, entre outras providências. No caso para renovar as concessões por até 30 anos, as empresas cujos contratos venceriam entre 2015 e 2017 terão que aceitar uma redução ainda não conhecida oficialmente do preço cobrado por seus serviços. As novas tarifas para concessionárias de geração e transmissão que apresentaram pedido para renovar as concessões, assim como as indenizações serão detalhadas por empresa, e sairão por meio de portaria do Ministério de Minas e Energia.

Fazem parte do universo das empresas, 123 geradoras de energia, que somam uma capacidade instalada de 20.000 megawatts (MW), equivalente a 20% do parque gerador brasileiro; 44 distribuidoras que dominam 35% do mercado consumidor; e 9 transmissoras, proprietárias de 85 mil quilômetros de linhas, ou 67% da rede do Sistema Interligado Nacional. Somente na geração não houve adesão total, pois 14 geradoras não aderiram.

Mesmo sabendo que o governo há pelo menos 4 anos já discutia no âmbito de um grupo de trabalho a renovação das concessões, lamentavelmente, aindaapareceram agora tantas dúvidas e questões indefinidas que podem levar a questionamentos jurídicos. O que vem demonstrar mais uma vez a falta de transparência existente no setor elétrico.

No contexto das insatisfações geradas pela medida provisória, é importante mencionar o movimento de sindicalistas ligados a CHESF, dirigido para o que chamaram de “defesa da empresa”. Alertam na Carta aos Deputados e Senadores à possível destruição e o desmonte das estatais de geração, caso aceitem as regras impostas. E que irão definir o valor das tarifas e as indenizações das empresas. No caso da CHESF afirmam que aceitando reduzir o custo do MWh abaixo de R$ 67,00/MW, o esvaziamento da empresa será eminente, comprometendo irreversivelmente sua contribuição social e cultural para a região; além de afetar as áreas de manutenção, modernização das instalações, benefícios aos empregados, entre outras. Não entrando no mérito da importância da empresa e da qualificação técnica de seus funcionários para a região Nordeste, algumas considerações merecem ser feitas.

A meu ver, existe um debate equivocado promovido pelos sindicalistas inflados por interesses da empresa, políticos e corporativistas. Concentrar mobilização, contra a tentativa e os esforços do governo federal em diminuir as tarifas elétricas para o consumidor final, é um erro estratégico, mesmo que afirmem o contrário.  Entendo como alerta do referido documento, que a redução na receita da empresa poderá agravar a qualidade no fornecimento de energia, e não como uma ameaça velada, que pode ser entendida por outros.

O que se estranha é que quando a Chesf e as outras empresas vendiam a energia produzida acima de 3 a 4 vezes os custos dispendidos na geração e operação do sistema, não se via a ação dos sindicalistas em defesa dos consumidores. Como é admitido, no caso da CHESF, a energia produzida era negociada em média a R$ 92,00/MWh, enquanto os custos estava em torno de pouco mais de R$ 20,00/MWh. As demonstrações financeiras e relatórios anuais da administração da empresa publicados nos jornais comprovam os lucros desproporcionais e descabidos frente à realidade econômica do país, contribuindo sem dúvida para a explosão tarifaria. Claro que este não foi, e é o único motivo do Brasil estar no top 5 das maiores tarifas do mundo.

Também, o fato da geração de energia da Chesf depender quase que exclusivamente (95%) das hidroelétricas ao longo do Rio São Francisco, e seus dirigentes nada terem feito ao longo dos anos de “vaca gorda” para a diversificação desta matriz elétrica; aproveitando os recursos: eólico e solar abundantes na região, mostram o quanto ela errou na sua estratégia de oferta e complementaridade de  energia. E hoje esta dependência das hidroelétricas torna a garantia do fornecimento elétrico vulnerável às condições meteorológicas, e favorecem o uso de termoelétricas (gás natural, diesel e óleo combustível), altamente poluentes e caras. Para alivio dos empresários do setor.

Para a remuneração dos ativos, que ainda não está decidido, sem dúvida deverá ser levado em conta os interesses do equilíbrio econômico e financeiro da companhia. Hoje as empresas do setor elétrico indistintamente pagam o preço da falta de transparência na tomada de decisões, que sempre foi e continua sendo antidemocrático e autoritário. Pois, como dito, mesmo uma comissão “de alto nível” há 4 anos  se debruçando  sobre a questão das concessões, pouco se sabia o que estava sendo discutido e decidido. E aí, caros sindicalistas, a luta sindical, deve ser concentrada na questão da democracia e transparência do setor elétrico.

Com os 3 grandes apagões ocorridos nos últimos 60 dias, depois da publicação da MP  (22 de setembro, 3 de outubro e 25 de outubro), surgiram sempre hipóteses (descartada e pelas autoridades) de sabotagem. Alguns “visionários” e alarmistas viram nestes episódios a possível ação contrária a MP.

Não se pode dar muita atenção as conjeturas sobre uma possível conexão entre os apagões recentes, e o anúncio do governo federal em fazer uma mudança na estrutura de cobrança das tarifas das geradoras e transmissoras de energia, com a finalidade de baratear a energia paga pelo consumidor final. Mesmo sendo estranho e anormal a ocorrência destes eventos, devemos lembrar que outros apagões se sucederam mesmo antes da MP.

Outro aspecto a ser considerado nestes tempos de apagão, foi sua utilização político-partidária, criando junto à população o medo, receio, e o descrédito em relação ao sistema elétrico nacional, com afirmações que existe uma tendência a piorar a situação. Como se para baratear o custo da energia para o consumidor, ele deve sofrer a consequência da baixa qualidade do serviço elétrico oferecido.

Este é o momento de sobriedade e tranquilidade nas criticas necessárias aos dirigentes e responsáveis do setor elétrico. A MP em questão tem muitos defeitos que devem ser corrigidos. Todavia devemos apoiar medidas que tenham como objetivo reduzir as tarifas para o consumidor, sem que se comprometa o patrimônio do povo brasileiro com medidas populistas e anunciado na véspera da eleição.
P.S.: Conheça a coluna do SCALAMBRINI no Jornal da Besta Fubana
        (http://www.luizberto.com/)


Os 9 vereadores eleitos em São Rafael-RN

Rosalba - PMN - 550 votos
Cícero Pinheiro - PRB - 384
Maquinho - PMDB - 347
Luiz Cunha - PMDB - 343
Zé Carlos - PSB - 307
Irmão Josivan, Cachimbo do Povo - PMDB - 306
Rosana Santos - PR - 302
Chico Alves - PRB - 294
Moacir - PMN - 286

Charge de Eliabe Alves


Artigo de Rogério Silva


O Direito à reabilitação sendo 
negado em município do RN
Rogério Silva
Bacharel em Direito e Membro do Conselho Municipal
de Direitos Humanos de Macaíba

A garantia de tratamento médico, psicológico e reparador, incluindo próteses e órteses, visando à reabilitação, bem como o acesso a serviços que habilitam as Pessoas com Deficiência  (auditiva, física, visual, intelectual, múltiplas deficiências e ostomizadas) a desenvolver capacidades voltadas para sua inclusão e/ou sua reintegração social é direito de todos e dever do Estado. A Convenção sobre os direitos das Pessoas com Deficiência reafirma esse direito e reitera que as Pessoas com Deficiência devem ter acesso a todos os bens e serviços da saúde, sem qualquer tipo de discriminação. Se  o município não disponibiliza ou não dispõe na sua rede de atendimento e não há serviço de saúde disponível no município em que reside a pessoa com deficiência, ela deverá ser encaminhada ao município mais próximo para receber o tratamento.
No entanto, após o pleito eleitoral recente com a não reeleição de certos gestores, alguns municípios estão negando esse direito fundamental, como é o caso do município de Macaíba, onde a prefeita Marília Dias suspendeu o transporte que levava as Pessoas com Deficiência para tratamento e reabilitação em Natal. Lembramos que mesmo não sendo reeleito o gestor continua no cargo até dezembro de 2012 e é obrigado a cumprir o que está estabelecido por lei. E se a Pessoa com Deficiência ou responsável pela Pessoa com Deficiência se sentir discriminada ou prejudicada, deve procurar um advogado que pode ser público ou particu­lar. O advogado público é sem custo, viabilizado através da Defensoria Pública do Estado ou dos atendimentos jurídicos gratuitos oferecidos pelas universidades através dos cursos de Direito, da OAB, de alguma entidade de defesa do segmento  e fazer uma denúncia/representação junto a Promotoria Pública Municipal ou no Conselho Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência – COEDE/RN. É importante lembrar que o Conselho Estadual é responsável pelo monitoramento, acompanhamento das leis e políticas em defesa das Pessoas com Deficiência, enquanto ao Ministério Público cabe defender o cumprimento das leis e assegurar os direitos e interesses coletivos das Pessoas com Deficiência.

Blog do Noblat está censurado pela Justiça Eleitoral do Amazonas

O jornalista Ricardo Noblat revela, hoje, em seu blog, no portal de O GLOBO, que está sob censura determinada por uma juiza eleitoral de Manaus-AM.
CLIQUE AQUI para ler a sua comunicação.

Os 9 vereadores eleitos em São Pedro-RN

Zé da Caçamba - PMDB 439 votos
Marcio Graciano - PSB - 382
Prefeito ou Adailson - PSB - 356
Crinaura - DEM - 329
Adil - PMDB - 305
Cicinho ou Ivanildo de Mamédio - PSB - 270
Marília - PSDB - 266
Dedé de Titico - DEM - 259
Clovis - PMDB - 233


terça-feira, 30 de outubro de 2012

Prefeitura explica porque não pôde pagar a todos os servidores


PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

COMUNICADO À POPULAÇÃO

A Prefeitura Municipal do Natal comunica aos servidores públicos do Município e à população em geral que em razão de mais um bloqueio judicial nas contas destinadas ao pagamento de salários, está momentaneamente impedida de cumprir integralmente, neste mês de outubro, o calendário fixado no início do ano. 


A Prefeitura informa que nessa segunda-feira, 29, foram pagos os salários de 12.267 servidores públicos que percebem, líquidos, até R$ 1.440,99. Nesta terça-feira, 30, foram pagos os salários de 6.360 servidores que recebem, líquidos, por mês entre R$ 1.441,00 até R$ 3.000,99. Em razão do bloqueio na conta que recebe os recursos do Fundo de Participação dos Municipios, 864 servidores deixaram de receber seus vencimentos. 


A Prefeitura informa, ainda, que antecipou para hoje, segundo dia do calendário de pagamentos, os salários dos funcionários da Urbana, priorizando, assim, o serviço essencial da limpeza urbana. 

Mesmo diante de todas as dificuldades e de sucessivos bloqueios judiciais que a administração municipal considera indevidos por atingirem até recursos federais, a Prefeitura conseguiu pagar 18.627 servidores, ou 86 por cento do total do funcionalismo público municipal, que compreende 21.634 pessoas. 


A Prefeitura ressalta que envidará esforços para pagar, o mais breve possível, os salários dos 864 servidores que não puderam receber nesta data, além do de 2.143 funcionários cujos vencimentos líquidos estão acima de R$ 3.001,00 e são pagos no terceiro e último dia. 

A Prefeitura lamenta que bloqueios feitos de forma indiscriminada tenham atingido até contas que recebem recursos federais destinados à Educação e estejam prejudicando o fornecimento da merenda escolar.


A Prefeitura esclarece, por fim, que mobilizou sua área jurídica a fim de sensibilizar magistrados e garantir o pagamento dos salários dos servidores, compromisso inarredável da atual gestão municipal. E lamenta que mais uma vez o bloqueio judicial tenha sido feito em pleno período de pagamento dos salários.


Natal, 30 de outubro de 2012

São Gonçalo anuncia novos cursos profissionalizantes no IFERN


A Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Semtasc) divulgou na manhã desta terça-feira (30) a lista dos novos cursos do Pronatec que serão oferecidos pelo Instituto de Ensino Federal IFRN – Campus de São Gonçalo.
São 240 vagas destinadas aos cursos de auxiliar de operações logísticas, cadista para construção civil, eletricista instalador predial de baixa tensão, encanador instalador predial, instalador hidráulico residencial, pintor de obras, auxiliar de web designer e auxiliar administrativo.
As aulas serão iniciadas em novembro/2012, no turno da noite, e os interessados devem se apressar. De acordo com a Coordenação de Extensão do IFRN nessa etapa serão 30 alunos por curso. Para garantir uma das vagas é necessário levar cópia dos documentos pessoais e o comprovante de residência.
As inscrições já podem ser feitas na Central de Inscrições e Emprego de São Gonçalo do Amarante – CIESGA que fica no centro do município e funciona das 8h às 12h e das 13h às 16h. Mais informações pelo telefone 84 – 3278.3421.
Divulgação da Secretaria Municipal de Comunicação e Eventos de São Gonçalo-RN.

Amanhã, dia 31, grande programa na Aliança Francesa

Clique sobre a imagem para ampliá-la

Aberta a temporada de boatos na sucessão da UERN

Do professor da UERN, Carlos Alberto Nascimento de Andrade, recebi o e-mail que transcrevo na íntegra:

ELEIÇÃO PARA REITOR DA UERN

ESTAMOS NO 1º TURNO DA ELEIÇÃO: ETAPA DA DEFINIÇÃO DE CANDIDATURAS E ALIANÇAS POLÍTICAS

Esta é a etapa da temida definição de candidaturas e aliança política. Neste momento as redes organizadas armam os seguintes recursos que elas chamam de estratégia: intrigas; boataria; disseminação de discórdias e desconfianças no seio dos grupos; flagrante forjado como forma de manipular o sujeito; criação de dificuldades para se oferecer oportunidades de soluções, o que Noam Chomsky chama de “problema-reação-solução”. Clientelismo através de promessas de cargos futuros e trocas de favores. Além de tudo isso, vemos ainda a tática fascista da guerra psicológica, intimidação e amedrontamento.
EM TEMPO: este e-mail é um alerta para àqueles indivíduos que naturalizam o comportamento individual e coletivo, e pensam que qualquer outra explicação é mera “teoria da conspiração”. Quem tem facilidade de emprenhar os ouvidos, procure tampá-los com algum dispositivo, pois no momento temos boatos para todos os gostos: que candidatoy vai ser vice de candidato x; que candidato z é o candidato da governadora; que candidatof é o candidato da prefeita; que o candidato m é o candidato do grupo que perdeu as eleições para a prefeitura de Mossoró; que fulano vai ser candidato apenas para que beltrano não seja eleito etc. etc. etc.
Vamos fazer o que achamos que devemos fazer, procurem ser autônomos no pensamento. Utilizem essas boatarias apenas para balizar suas conclusões.
Tá feito o alerta. Vamos adiante: um passo atrás e dois adiante.

Carlos Alberto Nascimento de Andrade
PROFESSOR DA UERN

CACHORRO VELHO SÁBIO E ESCABREADO

Uma velha senhora foi para um safári na África e levou seu velho vira-lata com ela.

Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que estava perdido.

Vagando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha em sua direção, com intenção de conseguir um bom almoço.

O cachorro velho pensa:

- "Oh, oh"! Estou mesmo enrascado! Olhou à volta e viu ossos espalhados no chão por perto.

Em vez de apavorar-se mais ainda, o velho cão ajeita-se junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao predador.

Quando o leopardo estava a ponto de dar o bote, o velho cachorro exclama bem alto:

- Cara, este leopardo estava delicioso! Será que há outros por aí?

Ouvindo isso, o jovem leopardo, com um arrepio de terror, suspende seu ataque, já quase começado, e se esgueira na direção das árvores.

- Caramba! Pensa o leopardo, essa foi por pouco! O velho vira-lata quase me pega!

Um macaco, numa árvore ali perto, viu toda a cena e logo imaginou como fazer bom uso do que vira: em troca de proteção para si, informaria ao predador que o vira-lata não havia comido leopardo algum...

E assim foi rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cachorro o vê correndo na direção do predador em grande velocidade, e pensa:

- Aí tem coisa!

O macaco logo alcança o felino, cochicha-lhe o que interessa e faz um acordo com o leopardo. O jovem leopardo fica furioso por ter sido feito de bobo, e diz:

- "Aí, macaco! Suba nas minhas costas para você ver o que acontece com aquele cachorro abusado!".

Agora, o velho cachorro vê um leopardo furioso, vindo em sua direção, com um macaco nas costas, e pensa:

- E agora, o que é que eu posso fazer?

Mas, em vez de correr (sabe que suas pernas doídas não o levariam longe...), o cachorro senta, mais uma vez dando costas aos agressores, e fazendo de conta que ainda não os viu, e quando estavam perto, o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz:

- "Cadê o safado daquele macaco? Estou com fome! Eu o mandei buscar outro leopardo para mim!".

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Salesiano usa força da oração como estímulo aos estudantes


Nessa reta final de preparação para as provas do ENEM e do vestibular da UFRN 2013, ter tranquilidade é tão importante quanto conhecer o conteúdo das disciplinas. Sendo assim, os educadores do Salesiano São José, em Natal-RN, vêm trabalhando de várias formas o lado emocional de seus alunos.
Sejam através de dinâmicas de relaxamento, diálogos, ou até mesmo trabalhando o lado espiritual, os educadores buscam fortalecer os educandos. Nesse sentido, nesta terça-feira (30), a Pastoral celebrará a “Missa de Envio dos alunos da 3ª série do Ensino Médio”, às 8h30, na capela do colégio.
Pe. Carlos Junior, Coordenador de Pastoral do São José, abençoará os alunos e suas canetas para os exames que virão pela frente. “A reflexão espiritual, além de acalmar, motiva os vestibulandos. Esse momento de educação e espiritualidade faz parte até do próprio projeto pedagógico da escola”, afirma Maria Auxiliadora, professora de Ensino Religioso.
Divulgação da Assessoria de Imprensa do Salesiano São José.

Charge de Eliabe Alves


Problema no computador? Orçamento gratis!


Os 11 vereadores eleitos em São Paulo do Potengi-RN

Neilson - PMDB - 714 votos
Alysson - PSB - 707
Marli - PSB - 616
Savindo - PSD - 568
Titico - PR - 558
Erivan de seu Elino - PSC - 529
Assis Araújo - PSDC - 529
Getúlio - PMDB - 512
João Cabral - PT - 504
Erinho - PMDB - 476
Lula da Carne - PMDB - 412

Os 9 vereadores eleitos em São Miguel do Gostoso-RN

Tia Clesia - PSD - 659 votos
Márcio Neri - PSD - 607
Zé de Luzenário - PC do B - 575 votos
Irma Letinha - PMDB - 514
Micarla Catarina - PSB - 472
Jubenick - PT - 402
Beto de Agostinho - PSB - 337
Bebé, Izabel de Matos - DEM - 293
Nene de Lala - PMDB - 267

Charge de Rômulo Estânrley


domingo, 28 de outubro de 2012

Ao eleito, a responsabilidade de não decepcionar


Agora que a campanha terminou é fundamental que todos desçam do palanque – vencedores e vencidos.
Os primeiros, porque não devem guardar ilusões: Não têm tempo a perder. O saboroso e até – dizem alguns – afrodisíaco gosto da vitória logo estará diluído na saliva do caos em que o município de Natal está mergulhado.
Acredito que, para Carlos Eduardo, o vitorioso, não estou dizendo nenhuma novidade.
A estas horas, eu, se fosse ele, em meio até à algazarra das tapinhas nas costas, dos abraços, dos vivas, da euforia contagiante que toda conquista costuma proporcionar, já estaria matutando sobre o desafio imediato que me competiria decidir – Por onde vou começar?
Pela saúde? Pelos buracos? Pela limpeza pública? Pelo trânsito cada vez mais caótico e congestionado? Pelo transporte público – defasado, deficiente e deficitário? Por onde, meu Deus?
Como reconquistar o equilíbrio das contas públicas da Prefeitura, diante de uma receita, reconhecidamente, insuficiente apesar da carga tributária que grande parte da população já não consegue suportar?
Dizendo assim, só pensando em voz alta - da boca pra fora, qualquer um de nós pode dar a resposta que bem quiser e entender. Não, o prefeito eleito.
Por mais preparado que ele esteja para enfrentar todos esses desafios, ele não pode dar uma resposta qualquer, de supetão, movido pelo instinto, nem ao simples impulso de uma emoção.
Seu desafio maior é o de encontrar uma resposta que esteja sintonizada com a aspiração popular e que seja compatível com a debilitada, se não de todo destruída, capacidade realizadora do erário municipal.
O problema é que o tempo voa e ele tem contados dois meses para ter definidas e prontas, não apenas estas, mas todas as respostas que o eleitorado natalense, por maioria inquestionável, e a seu pedido, colocou sobre os seus ombros a responsabilidade de encontrar.
Não há, portanto, tempo a perder. Pelo contrário.
E ao vencido, o que eu poderia dizer?
Primeiro, a minha palavra de solidariedade e de respeito ao deputado Hermano Morais. Mesmo numa democracia, perder é muito ruim. Tem um sabor de fel – amargo, extremamente desagradável.
Mas, é muito importante saber perder – perder com grandeza, perder com dignidade, reconhecendo sem constrangimento a vitória do outro.
Mesmo amarga, com gosto de fel, profundamente desagradável, a derrota é uma contingência natural do processo democrático. Faz parte do jogo.
Então, agora, campanha terminada, resultado proclamado, não há muito tempo disponível nem para o vencedor – Carlos Eduardo - nem para o vencido – deputado Hermano Morais. É todo mundo descer do palanque e começar a trabalhar.
Pois, como tive a oportunidade de dizer, quando fiz no dia 7, uma primeira avaliação sobre o resultado do primeiro turno, o tempo voa. E o pavio da paciência do povo está ficando cada vez mais curto.

Os números finais da apuração em Natal

Concluída a apuração em Natal, o resultado final da apuração no 2º turno é o seguinte:
Carlos Eduardo - 214.517 votos - 58,31%.
Hermano - 153.382 votos - 41,69%.
Falta uma urna.
ATUALIZAÇÃO:
Números finais de Natal com a urna que estava faltando:
Carlos Eduardo - 214.687 votos - 58,31% do total.
Hermano Morais - 153.522 votos - 41,69%
Abstenção - 102.324 eleitores faltaram - 19,44%
Em branco - 15.749 votos - 3,71%
Nulos - 40.135 votos - 9,46%.

Matematicamente, está assegurada a eleição de Carlos Eduardo

Com 90,79% dos votos apurados não há mais como o deputado Hermano Morais tirar a diferença em favor de Carlos Eduardo:
Carlos está com 193.288 votos - 57,91
Hermano com 140.465 - 42,09

Mais de 82% dos votos de Natal já apurados

Com 82,61% dos votos apurados em Natal:
Carlos Eduardo - 176.404 - 57,80
Hermano - 128.804 - 4220%

Boletim com quase 81% dos votos de Natal apurados

Com 80,77% dos votos apurados em Natal:
Carlos Eduardo - 172.008 - 57,.74%
Hermano - 125.910 - 42.26%

Já apurados 77% dos votos de Natal

Com 77%  dos votos apurados, a situação dos candidatos é a seguinte:
Carlos Eduardo - 163.597votos - 57,74%.
Hermano - 119.737votos - 42,26%.

Mais de 69% dos votos de Natal já apurados

Com 69,15 % dos votos apurados, os candidatos alcançam os seguintes números:
Carlos Eduardo - 145.402 votos - 57,13%
Hermano - 109.121 votos - 42,87%.

Apurados em Natal mais de 56 % dos votos

Com 56,17% dos votos apurados, o TRE revela os seguinte números:
Carlos Eduardo - 117.116 votos - 57,09 %
Hermano - 88.023 votos - 42,91 %

Apurados mais de 45% dos votos em Natal

Boletim do TRE com 45,59% dos votos de Natal apurados:
Carlos Eduardo - 94.446 votos - 56,70 %
Hermano - 72.131 votos - 43,30%

Mais de 33% dos votos apurados em Natal

Novo boletim do TRE - Apurados 33,09% dos votos.
Carlos Eduardo -  69.696 votos - 56,80%
Hermano - 53.002 votos - 43,30 %

Com 23,72% dos votos apurados, Carlos mantem a liderança

Novo boletim do TRE.
Apurados 23,72% dos votos:
Carlos Eduardo -48.962 votos - 56,45 %
Hermano - 37.772 votos - 43,55%

Carlos Eduardo está 57,21% e Hermano com 42,79%

Com 14,58% dos votos apurados a situação é a seguinte:
Carlos Eduardo - 30.551 votos - 57,21%
Hermano - 22.849 votos - 42,79 %

Nova parcial do TRE em Natal

Apurados 5,21% dos votos:
Caflos Eduardo - 9.929- 55,93%
Hermano - 7.825 - 44,07

Parcial com 2% das secções apuradas em Natal

O TRE-RN informa:
Carlos Eduardo - 3.496
Hermano - 2.954

Primeiro boletim do TRE em Natal

Com 0,32% dos votos apurados:
Carlos Eduardo - 387 votos - 60,37%
Hermano - 254 - 39,63%

Primeira urna da Zona Norte

Secção 71 - da 69ª Zona
Carlos Eduardo - 210
Hermano - 124

3ª urna apurada em Natal

Secção 154 da 3ª Zona
Carlos 126
Hermano 91

2ª urna apurada em Natal

Secção 112 da 2ª Zona
Carlos Eduardo - 116
Hermano- 69

Primeira urna apurada em Natal

Secção 1112 da 2ª Zona Eleitoral de Natal
Carlos Eduardo  - 126
Hermano 75

Configurada a vitória de Gustavo Fruet em Curitiba

Com 92,61 dos votos apurados, está configurada a vitória do candidato Gustavo Fruet, em Curitiba, com 60,59% dos votos.
Ratinho Junior está com 39,41%.

Os 9 vereadores eleitos em São José do Seridó-RN

Miúda - PMDB - 467 votos
Burrego - PMDB - 356
Jaedson Dantas - PMDB - 354
Negão de Pajoca - PSB - 316
Cilmária - PMDB - 315
Mário - PMDB - 231
Mariozan - PMDB - 230
Solteiro - PSB - 227
Doroteu - PSB - 201

Os 9 vereadores eleitos em São Miguel-RN

Adalcina - PP - 1.546 votos
Sandra Flor - PSC - 1.293
Célio de Elizeu - 1.082
Lucélio Nogueira - PSDC - 903
Tenente Rogério - PSB - 875
Zé Edmilson - PMDB - 802
Chiquinho - DEM - 777
Toinho de Fátima - DEM - 757
Passarinho - PMN - 754

Os 9 vereadores eleitos em São José de Campestre-RN

Nenem Borges - PC do B - 731 votos
Reginaldo - PTB - 703 votos
Dede de Mendonça - PTB - 675
Fernando Cruz - PSB - 636
Xixico Cardoso - PMDB - 543
Marcia Nelo - PT - 525
Jailson - DEM - 478
Dona Cícera - DEM - 463
Zé Ney - PP - 449

Os 9 vereadores eleitos em São João do Sabugi-RN

Didi de Zacarias -PMDB - 394 votos
Yuri - PMDB - 335
Aprigio - PMDB - 332
Marcilio de Bembem - PMDB - 324
Rutenio - DEM - 295
Alcides Carneiro - DEM - 282
Batista do Posto - DEM - 263
Quintino - PMDB - 227
Braz Brito - PSB - 204

Os 9 vereadores eleitos em São Francisco do Oeste-RN

Preta - PMN - 468 votos
Alexandre - PTB - 299
Geniosmo Pinheiro - PC do B - 292
Valci Severiano - PSB - 260
Leidja Morais - PSB - 235
Raimundo da Farmácia - PT - 231
Cícero Gomes - DEM - 227
Valdicelio - PTB - 213
Bibia - DEM - 189

Os 9 vereadores eleitos em São Fernando-RN

Júnior de Pelega - PSB - 352 votos
Chagas - PMDB - 279
José Orlando - PSB - 256
Dinovan - PSB - 251
Fernanda - PSB - 248
Rubinaldo Dantas - PSB - 245
Bruno - PSB - 240
Reginaldo - PSD - 227
Daguia - PSB - 214

Os 9 vereadores eleitos em São Bento do Trairi-RN

Jailson Silva - PSB - 293 votos
Chagas do Camelo - PMDB - 258
Caroca - PSB - 219
Gambira - PMDB - 206
Duda de Áurea - PR - 186
Juju - PMN - 184
Pedro Alves - PMDB - 176
Mariana Regina - PV - 154
Nora - PSB - 119

Pesquisas apontam disputa acirrada em 6 capitais

O GLOBO está disponibilizando as últimas pesquisas do IBOPE e do DATAFOLHA sobre o segundo turno em 17 capitais.
Segundo esses resultados, a disputa está pau a pau em 6 capitais, especialmente nessas cinco: Macapá, Porto Velho, Fortaleza, Cuiabá, Florianópolis.
CLIQUE AQUI e veja o gráfico no portal de O GLOBO.

Khrystal fará temporada no RJ em dezembro


Artigo de Paulo Afonso Linhares


AS FESTIVAS ELEIÇÕES DE 2012
Paulo Afonso Linhares
A realização do segundo turno das eleições municipais de 2012 encerra mais um capítulo do processo de construção da democracia no Brasil. Claro, no plano da institucionalidade, desde a Constituição de 1988, a democracia se imbrica com o direito para fundar a própria noção de Estado. No entanto, para que tenha existência concreta, a democracia necessita ser exercida de diversas formas. Uma destas modalidades – e decerto a mais conhecida, embora nem assim tão mais importante - são as eleições dos agentes políticos para exercer cargos nos Poderes Executivo e Legislativo, nos três níveis federativos, que se realizam a cada dois anos. E o povo se mostra entusiasmado, posto que sua participação ainda seja inorgânica e pouco centrada nos partidos políticos, de modo que reproduz, ainda, níveis políticos e ideológicos incipientes.
            Na verdade, as campanhas políticas, sobretudo, nas pequenas e médias cidades do interior deste brasilzão de muitas facetas, são a diversão de massa que essas populações somente veem em raros e fugazes momentos festivos (festa de padroeiro, festas juninas, eventos de inauguração de obras públicas etc.). Ora, as campanhas políticas duram três longos meses de esforço, correria, caminhadas, passeatas. Carreatas e comícios, tudo geralmente puxado a muita bebida, música (com os horríveis “paredões de som”...), danças, namoros e pedimento de votos. Fora estes dois últimos aspectos, os outros dão às campanhas uma dimensão lúdica inafastável. Se a legislação eleitoral não fosse tão rigorosa (quanto arcaica e equivocada) as bandas literalmente voariam. É visível que do lado do legislador contemporâneo houve toda uma tentativa de emascular as dimensões lúdicas das campanhas políticas, ao impor proibições como os showmícios, os trios elétricos com bandas de vários estilos musicais, camisetas, bonés e outras indumentárias. Enfim, tudo que poderia, mediante vultosos custos materiais, desviar a atenção do eleitor, em boa hora foi banida essa parafernália das campanhas políticas e com inegável ganho: os discursos voltaram a ser as estrelas dos palanques.
            Para o legislador e muitos juízes eleitorais a campanha eleitoral deveria ficar restrita ao Horário Eleitoral Gratuito. Para alguns mais assanhados e falso-moralistas destes, o ideal seria mesmo a volta da famigerada Lei Falcão, que tanto sucesso, para não dizer o contrário, fez na época da ditadura militar (1964-1985). No desiderato de afastar do horário eleitoral gratuito quaisquer críticas dos candidatos ao regime autocrático que impôs censura à imprensa, cassou mandatos, exilou, matou e prendeu pessoas por delitos de opinião ou prática política, o então ministro da Justiça, Armando Falcão, engendrou um monstrengo jurídico que ganhou status legislativo como Lei nº 6.339, de 1º de julho de 1976. No chamado Guia Eleitoral, os candidatos não podiam anunciar nada além do próprio currículo. Nada de discursos ou de imagens empolgantes. Nada de efeitos especiais, marchinhas, bandeiras, desenhos animados. Somente monótonos currículos lidos como se fossem ensossas listas de ingredientes das receitas culinárias. Foi certamente um dos piores e mais constrangedores momentos vividos na cena política brasileira, em que tanto os candidatos quanto seus eleitores foram levados, “manu militari”, a fazer papéis de chapados idiotas. Passou.
             A despeito das enormes restrições que a atual legislação impõe às campanhas eleitorais e candidatos, algumas até de fortíssima inspiração autoritária, especialmente quando trata dos meios de comunicação eletrônicos, a criatividade da população eleitora nas ruas e praças, com suas cores, ditos e troças, injetaram um ânimo que parecia desaparecido a essas movimentações político-eleitorais. Sempre enfatizando, claro, essa dimensão lúdica de fazer das campanhas eleitorais brincadeiras despretensiosas, uma enorme festa que terminará ou noutra festa, a da vitória nas urnas, ou na enorme e depressiva ressaca que trazem as derrotas. Tudo isso na contramão da lógica presente em todas os partidos políticos, qualquer que seja sua orientação político-ideológica, de reforçar os aspectos de cunho programático.
            Bem além das formulações teóricas de meia-tigela, basta ver que têm sido bonitas essas festa das eleições 2012, com balanços sempre positivos de uma sociedade que, com grande espírito, cresce no rumo da vivência democrática. Claro que tem valido a pena, como nos geniais versos – sempre lembrados - de Fernando Pessoa: “Valeu a pena?/ Tudo vale a pena/Se a alma não é pequena./Quem quer passar além do Bojador/Tem que passar além da dor./Deus ao mar o perigo e o abismo deu,/Mas nele é que espelhou o céu”. E a alma do povo brasileiro, mesmo com uma dose do “jeitinho”, do ser Macunaíma e outras coisinhas mais, é alma imensa, incomensurável, para quem tudo, tudo mesmo, vale a pena!

Os 9 vereadores eleitos em São Bento do Norte-RN

Marquinho - PSB - 247
Dão - PSD - 243
Fernando Matias - PR - 211
Flávio - PSB - 192
Marluce - PR - 189
Geraldo Neto - PMDB - 167
Janaina - PTB - 156
Manoel - PR - 144
Cícero - PV - 121

sábado, 27 de outubro de 2012

Os 11 vereadores de Santo Antônio-RN

Nélio de Cornelio - PSD - 944 votos
Lucinha - PP - 933
Audy Acciole - PP - 931
Dário do Sindicato - PT - 804
Pai Toico - PMDB - 649 votos
Priscila de Joca - PP - 614
Junior Nogueira - PSB - 601
Nego de Mário - PSC - 561
Professor Paulo Cezar - PSD - 495
Goretti Orrico - PT - 491
Menta - PMDB - 467

Os 9 vereadores de Santana do Seridó-RN

Ivan - PSD - 226 votos
Vicente - PSD - 226
Thiago - PT - 217
Tatiana - PSD - 168
Juarez - PSD - 160
Luiz do Tuiuiu - PSD - 159
Nenem do Tuiuiu - PMDB - 143
Toinho - PMDB - 139
Flávio - PMDB - 136

Os 9 vereadores eleitos em Santana do Matos-RN

Biau - PTB - 973 votos
Naldinho - PTB - 720
Mago de Miro - PSD - 650
Macedo Juviano - PSB - 607
Zé de Neguinho - PSB - 600
Dedé de Basiaca - PMDB - 533
Ana Macedo - PSB - 499
Chico de Miguel - DEM - 475
João Maria Cadó - PSB - 472

Os 9 vereadores eleitos em Santa Maria-RN

Erivaldo - PHS - 309 votos
Max - PSB - 274 votos
Helio de Valdeci - PSB - 235
Altanir - PSDB - 227
Handson - PMDB - 220
Fatiam Mãe de Fabinho - PSB - 209
Arthur de Cesar - PP - 201
Junior Braz - PSD - 189
Oziel Fernandes - PTB - 152

Os 9 vereadores eleitos em Santa Cruz-RN

Aninha de Cleide - PMDB - 1.771 votos
Josemar Bezerra - PSDB - 1.570
Monik Melo - PMN - 1.194
Gilcelly Adriano - PR 1.110
Raimundo Fernandes - PSD - 946
Tarcisio - PSB - 935
Junior dos Bodes - PSD - 728
Samuel Palhares - PSD - 726
Pedro Derio - PR - 636


Os 9 vereadores eleitos em Rodolfo Fernandes-RN

Wilson Filho - PMDB - 416 votos
Minervanio - DEM - 303
Marcos - PPS - 292
Berguinho - DEM - 290
Valcemar - PR - 287
Fatinha - PPS - 251 
Dr. Manoel - PMDB - 250
Wadnio - PSD - 194
Vitor - DEM - 175

Começa a decisão do sub-20 no RN: América 4x0 ABC

Vi agora no portal da Federação:
A primeira partida da decisão do campeonato estadual sub-20 foi hoje, no Nazarenâo.
Goleada do América sobre o ABC - 4x0, gols de Ewerthon (3) e Rivaldo.
CLIQUE AQUI e leia a matéria publicada no portal da FNF.

Os 9 vereadores eleitos em Ruy-Barbosa-RN

Manoel Maurício - PMDD - 384 votos
João Rodrigues - PSB - 313
Ramilton - PP - 311
Zarur - PSB - 252
Gonhe - PMDB - 251
Dr. Bonfim - PSB - 249
Branco - PMDB - 242
Denice - PMDB - 167
Dedé de Tiló - PP - 155

Os 9 vereadores eleitos em Rio do Fogo-RN

Igor Dantas - PTB - 782 votos
Josi do Cartório - DEM - 520
Marcio de Cici - DEM - 498
Francisco do Peixe - PMDB - 478
Saint Clair - DEM - 425
Anderson Lemos - PMDB - 392
Nedre - PHS - 389
Elviz de Brito - PMDB - 374
Junior Ferreira - 284 - PSDC

Os 9 vereadores eleitos em Riachuelo-RN

Joca Basilio - PSD - 712 votos
Baíca - PSDB - 463
Neguinho Gaby - PSB - 461
Jorllan Karderck - PMDB - 440
Nataly Cavalcanti Pessoa - PMDB - 418
Janio Azevedo - 415
Ângelo Moura - DEM - 388
Serivan - PSD - 352
Junior Kamaleão - PR - 331

Os 9 vereadores eleitos em Riacho de Santana-RN

Clegio - PP - 346 votos
Agostinho Soares - PSDB - 272
Elianto Faustino - PSDB - 237
Ygo - PSDB - 234
Jairo Roberto - PMDB - 185 votos
Gordo - PSB - 173
Chico de Expedito -PSB - 172
Deca - PT - 171
Ivanilda - PDT - 157

Os 9 vereadores eleitos em Riacho da Cruz-RN

Borracheiro - DEM - 308 votos
João de Oswaldo - DEM - 209
Jackson - PMDB - 203
Edmilson Cavalcante - 195
Paulo César - DEM - 186
Gilson Amorim DEM - 166
Cleomilson - PTB - 147
Zé Lázaro - DEM - 144
Iranilda - DEM - 134

Os 9 vereadores eleitos em Rafael Godeiro-RN

João Filho - PSB - 351 votos
Sargento Carlos - PSB - 258
Bodim - PSB - 248
Ranier - PSB - 247
Paulo Menezes - PC do B - 207
Dayner - PSB - 193
Adiel Mariano - PC do B - 184
Luzia Ferreira - PC do B - 156
Luiza - PC do B - 151

Os 9 vereadores eleitos em Rafael Fernandes-RN

Jorio Cezar - PMDB - 458 votos
Luizinho - PSD - 313 votos
Nicolas do Sindicato - PSDC - 305
Charles Rego - PSD - 268
Neuda Lopes - PMDB - 251
Dr. Airton - PTB - 233
Marcelinho - PR - 224
Galego - PSD - 205
Carla Dutra - PMDB - 180

Domingo: Depois do voto, um grande programa

   O Coral HARMUS convida a todos para o Concerto  "Requiem de Mozart" para Coro, Orquestra, Solistas sob a regência do maestro convidado Cesário Costa (Lisboa-Portugal) no domingo, 28.10.12 no Teatro Alberto Maranhão às 20h. 
   O Requiem de Mozart é consagrada como uma das mais importantes obras da música universal e a mais renomada desse compositor que é considerado um dos gênios da humanidade: Mozart!
   Cesário Costa teve sua formação na França e Alemanha, é o maestro da Orquestra Metropolitana de Lisboa e possui vasta carreira internacional, realizou concertos na Espanha, França, Andorra, Alemanha, Escócia, Bélgica, Inglaterra, Itália, Dinamarca, Macedónia, Polónia, Letónia, Roménia, Albánia, Malásia, Brasil, México, China, Turquia, Sérvia, Rússia e Canadá. Além de maestro de Orquestra, também possui ótima performance com a regência Coral. 
    Antes do Concerto, a partir das 19h haverá exposição do artista plástico português Marcos Girão, e na abertura do Concerto teremos a participação especial da bailarina Gabriela Gorges da Cia. de Dança do TAM e do pianista Humberto Luiz. Convidamos a todos para esta noite de muita arte!

Texto e ilustração encaminhados por Leandro Rocha.
CLIQUE sobre a imagem que ela será ampliada

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Os 9 vereadores eleitos em Pureza-RN

Luiz Joventino - PSB - 407 votos
Fabiano Silva - PT - 377
Lurdinha - PMDB - 369
Dilma de Badu - PDT - 343
Patrícia Brito - PTB - 341
Véio - PTN - 333
Zé da Base - PPS - 320
Adãozinho - PT - 305
Gerson - PT - 282

Os 9 vereadores eleitos em Porto do Mangue-RN

Jailson - DEM - 345 votos
Magno Domingos - PR - 338
Aclecio Felipe - PMDB - 322
Joãozinho - PMDB - 281
Carlinhos do Rosado - PMDB - 260
Mariazinha - PMDB - 253
Juscelino Gregório - PSB - 218
Beel - PR - 213
Alvinho - PSB - 209



Os 9 vereadores eleitos em Portalegre-RN

Adalberto Rego - DEM - 459 votos
Paulo Andreaso - DEM - 423
Dorinha - PP - 368 votos
Ecimar - PMDB - 341
Afrânio Lucena - PMDB - 337
Neto do Padre - PP - 325
Vera Lopes - PMDB - 314
Chiquinha de Júnior - DEM - 242
Tidinha - DEM - 237

Os 9 vereadores eleitos em Poço Branco-RN

Edinho - PRB - 743 votos
Tina de Percivaldo - PR - 681 votos
Fernanda Cândfio - PSB - 558
Professor Alexandre - DEM - 461
Baba - PR - 442
Zeca Mateus - PSD - 398
Rodrigo Lucas - PMN - 393
Suelia - PSD - 318
Kleber - PSD - 283

Apagão que atingiu Natal alcançou todo o Nordeste

O apagão que terminou há pouco em Natal alcançou os 9 Estados do Nordeste, além de áreas do Pará, Tocantins e Distrito Federal - informa reportagem de O GLOBO.
Em Natal, faltou energia a partir das 23,15 minutos (horário local). O apagou foi até às 3,35 aproximadamente.
CLIQUE AQUI e leia a reportagem de O GLOBO.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Os 9 vereadores eleitos em Pilões-RN

Duvan - PMDB - 398 votos
Maycon Veríssimo - PRB - 374
Elijaime - PSD - 311
Badia - PMDB - 273
Aldir - DEM - 256
Claudinho - PSD - 255
Amoz - DEM - 235
Aquino Júnior - PMDB - 199
Risonaldo Monteiro - PP - 188

Valério Mesquita recebe condecoração da Aeronáutica

O Presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, Conselheiro Valério Alfredo Mesquita, recebeu dia 23 passado, em solenidade realizada na Base Aérea do Recife/PE, a medalha da “Ordem do Mérito Aeronáutico”, criada pelo Decreto-Lei nº 5.961, de 1º de novembro de 1943. 
É a mais alta distinção honorifica do Comando da Aeronáutica. 
A “Ordem do Mérito Aeronáutico” leva a chancela do Comandante da Aeronáutica, Tenente Brigadeiro do Ar Juniti Saito.

Os 9 vereadores eleitos em Pendências-RN

Adailton - PMDB - 557 votos
Gilberto - PDT - 545 votos
Fernandinho - PSD - 533
Zilda - PSD - 454
Valdemar - PSD - 444
Franklin - PPS - 438
Carlinos de Maninho - PSDB - 398
Luiz do Porto - PMDB - 366
Tete - PMDB - 342




Os 9 vereadores eleitos em Pedro Velho-RN

Armando - PSDB - 517 votos
Neca - PSD - 513
Ricardo de Romualdo - PV - 503
Acácio - PSD - 501
Sávio - PSD - 500
Douglas de Zezinho - PMDB - 491
Peu - PSD - 474
Professor Tarso Carneiro - PHS - 379
Iara Dantas - PV - 351

Os 9 vereadores eleitos em Pedro Avelino-RN

Brunno Ferreira - PMDB - 436 votos
Nilton Mendes - PRB - 414
Ostilio Bezerra - PMDB - 371
Neto Câmara - PP - 344
Gilmar Locutor - PR - 325
Chico Hélio - PSB - 283
Maduro - DEM - 222
Rômulo - PDT - 220
Agtonio - DEM - 189

Os 9 vereadores eleitos em Pedra Preta-RN

Jadson - PMDB - 325 votos
Professor Rivelino - PMDB - 209
Carmen e Nena - PR- 203
Edson Xavier - PMDB - 192
Rosa de Junior - PSC - 163
Zé Paulino - PMDB - 155
Cathirenny Teixeira - PSC - 155
João Maria da Silva - PMDB - 143
Cláudio Lima Bezerra - PTB - 116

Livro de Dorian Gray será lançado na Cientec amanhã


O pintor, escultor, tapeceiro, ensaísta e poeta Dorian Gray Caldas lança no próximo dia 26 de outubro, às 17h, na 18º Cientec – Semana de Ciência e Tecnologia, no campus da UFRN, “A Hora Única – Reunião de Textos em Prosa” (EDUFRN, 2012), editado com o apoio do Banco do Nordeste e da Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANL).  
Primeiro de uma série de três volumes, o livro tem apresentação de José Maria Vilar da Silva e prefácio de Diógenes da Cunha Lima, que traduz a literatura do artista como “poesia de comunhão de formas, cores, signos, perfume, calor, sons em harmonia”.
Num texto que flui sem sobressaltos, numa massa de informações que cobre décadas da cultura potiguar, o autor reúne em “A Hora Única”, de forma sistemática e precisa, 42 artigos, entre discursos acadêmicos e ensaios garimpados de sua produção literária impressa em jornais.  
Artista multicultural por excelência, Dorian Gray Caldas soube desenvolver com maestria as artes plásticas, a escultura, a tapeçaria, o jornalismo, o ensaio e a poesia. Mestre do traço, da forma e da cor, ele afirma que “a criação me dá liberdade de sonhar dentro do meu próprio universo”.
Dorian Gray Caldas surgiu no panorama literário com “Os Instrumentos do Sonho” (1961). Publicou, ainda, “Presença e Poesia” (1964), “Campo Memória” (1966), “Os Signos e seu Ângulo de Pedra” (1976), “Poemas para Natal em Festa” (1984) e “Cantar de Amigos” (1995), além de inúmeros álbuns de desenhos/gravuras & poemas. Em todas estas obras, um traço essencial: o lirismo de fundas raízes emocionais, sempre renovado, posto acima de experimentalismos e modismos.
Texto e foto encaminhados por Antônio Nahud Júnior.
Doryan Gray Caldas