domingo, 30 de junho de 2013

EL PAIS: "Um Brasil incontestável corta as asas da Espanha"

Capa do portal EL PAIS às 20h53. Para acessar, CLIQUE AQUI.

Portal argentino: "Brasil é muito para a Espanha"

Esta chamada estava na capa do portal LA NACION às 20,44
Para acessar.CLIQUE AQUI.

EL MUNDO munda a manchete às 20:14

Para acessar, CLIQUE AQUI

Manchete do portal EL MUNDO às 20,09: Maracanã: Um pesadelo

Para acessar, CLIQUE AQUI

Artigo de Paulo Afonso Linhares

DEMAGOGIA CONSTITUCIONAL

Paulo Afonso Linhares

Maior inspiração não há que escrever este artigo despretencioso aboletado numa mesa do restaurante Mondego, na Avenida Atlântica número 2.936, Rio de Janeiro, depois de passar quatro horas seguidas a ouvir previsões bem sombrias de operadores do mercado financeiro acerca do desempenho da economia brasileira neste segundo semestre de 2013. E depois de saber que o próprio Banco Central do Brasil revisou suas metas para pior: menos crescimento e inflação maior. Nem a belíssima imagem da Baía de Guanabara, com suas ilhotas distantes e o intenso tráfego de enormes navios afasta da mente os sobressaltos que os desarranjos econômicos aliados à componente política explosiva das recentes manifestações de protesto ocorridas em todos os Estados da Federação, muitas delas acompanhadas de fortes confrontos entre as tropas de choque das polícias estaduais e vândalos infiltrados nesses movimentos. Claro, um dos efeitos colaterais dessas manifestações populares, além de acuar as autoridades federais e estaduais, tem sido a desconfiança do mercado financeiro, com um agravamento das baixas ocorridas na Bolsa de Valores de São Paulo, apesar de ser impossível uma avaliação mais precisa dos impactos das manifestações no mercado de ações e títulos mobiliários.

O Governo Federal, através de intervenções pontuais do Banco Central, tenta inutilmente deter a alta da moeda norte-americana, o que prejudica as importações brasileiras e agrava a situação daquelas empresas que têm dívidas indexadas ao dólar, ademais de favorecer isto o recrudescimento inflacionário. Estranho é que a economia norte-americana dá sinais de recuperação, o mesmo ocorrendo na zona do Euro, enquanto a brasileira começa literalmente começa a embicar. O grande dilema dos governos, seja daqui ou de países da Europa, é como garantir o acesso de um enorme contingente de jovens ao mercado de trabalho, porquanto uma série de fatores tornam difícil a criação do novos postos de trabalho, inclusive aqueles que determinam o corte de custos como fator de aumento da produtividade na indústria e permite que os produtos possam competir no mercado global.

Outra questão impeditiva de ampliação do emprego nos dias atuais é a crescente dispensa ou substituição da mão-de-obra em face das inovações tecnológicas, na indústria ou no setor de serviços, em suma, são as máquinas que de nada reclamam, que não adoecem, não fazem greves nem engravidam, além de fazer algumas tarefas como mais perfeição e maior rapidez que os seres humanos, que passam a ocupar o que seriam postos de trabalho. As inovações tecnológicas têm igualmente impacto no aumento da produtividade/redução de custos que resultam numa maior competitividade dos produtos "made in Brazil". Como resolver isto?  Difícil, pois está acima das decisões de governo e constitui pano de fundo das relações comerciais do mercado mundial.

O Brasil vive hoje os males da abissal distância entre intenção e gesto: fizemos uma Constituição demagoga, em que o Estado super paternalista garante uma pauta de direitos (à saúde, à educação, ao lazer, à moradia, ao trabalho ou à segurança etc.) impossível de ser materializada num contexto econômico em que a geração de riquezas é insuficiente e mal distribuída socialmente. Numa linguagem mais singela, seria assim como aquela família que sempre fazia demoradas reuniões de "planejamento", nas quais pais e filhos construíam fantasias de consumo, como a compra de automóveis, casas e a realizar viagens turísticas maravilhosas, porém, tudo se esvaía como fumaça ao vento quando batia a realidade: de onde sairia o dinheiro para bancar essas metas planejadas? Assim, não adianta exigir do Estado que banque políticas públicas que, embora transformadas em garantias constitucionais, a economia do país seja incapaz de gerar as riquezas para custeá-las.

Aliás, tem sido usual que membros do Ministério Público e do Judiciário busquem coibir o Poder Executivo (da União, Estados e Municípios) a arcar com custos nas áreas de saúde e educação, com base nas "promessas" da Constituição. O financiamento das políticas públicas é feito sempre  pela sociedade, que carreia recursos para o Estado pela via da tributação, cabendo a este sempre uma posição de intermediário: somente pode repassar para a população, na forma de serviços essenciais, aquilo que consegue arrecadar da sociedade.  É rematado equívoco pensar que o Estado teria fontes de financiamento diversas da sociedade, da qual nada mais é que a expressão maior de organização política. Assim, se dinheiro não nasce em árvore nem cai do céu como o maná bíblico, acreditar no que "promete" a Constituição serve apenas para gerar falsas expectativas e represar insatisfações, inevitavelmente alargando essa distância entre o imaginário das coisas e a realidade da vida.

sábado, 29 de junho de 2013

Há 55 anos o Brasil conquistava sua 1ª Copa

Num dia como hoje - 29 de junho, só que de 1958, o Brasil conquistava sua 1ª Copa do Mundo da FIFA. Em Estocolmo, na Suécia, cuja seleção perdeu por 5x2, de virada.
Eu estava a poucos dias de completar 14 anos e ouvi o jogo ao lado do então arcebispo de Natal, dom Marcolino Esmeraldo de Souza Dantas.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Prefeitura de São Gonçalo está pagando o mês de junho

Os servidores públicos municipais de São Gonçalo do Amarante já podem se dirigir às agências bancárias para sacar os salários do mês de junho/13. 
A informação da antecipação da folha de pagamento foi passada pela Secretaria Municipal de Finanças no início da manhã de hoje (28). 
De acordo com o titular da pasta, Luiz Henrique, a decisão foi do prefeito Jaime Calado, já que o último dia desse mês coincide com o domingo, e ainda em função das festividades de São Pedro. 
“Recebi a determinação do prefeito Jaime para antecipar o pagamento para que o nosso servidor possa entrar o final de semana com dinheiro”, declarou. 
O pagamento antecipado dos salários vem complementar a decisão da Prefeitura Municipal que também antecipou no último dia 20 o repasse dos 50% referentes ao décimo terceiro salário. Juntando os dois pagamentos o município injeta na economia, apenas no mês de junho, cerca de R$ 6 milhões. 
Janete Ferreira, servidora efetiva da prefeitura de São Gonçalo comemorou: 
“Estou reformando minha casa, e além dos 50% do décimo vou poder contar também com o salário antecipado. Isso é uma maravilha por que vai me ajudar muito pra programar os pagamentos e fazer as compras do mês”, disse.
Nota encaminhada pela Secretaria Municipal de Comunicação.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Impactante video mostrando toda a sequência do assassinato de Kennedy

El impactante video que muestra toda la secuencia del asesinato de Kennedy

Prefeitura de Natal abre inscrições para o "Minha casa, minha vida"

A Secretaria Municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes (Seharpe) da Prefeitura de Natal (RN), vai realizar no período de 10 de julho a 8 de agosto as inscrições para o Programa Minha Casa Minha Vida. 
As inscrições poderão serão feitas pela internet no site www.natal.rn.gov.br e nas escolas municipais, Dalva de Oliveira, Herly Parente, Vera Lúcia Soares de barros, Maria Cristina Osório, Francisco de Assis varela, Francisca Ferreira, Henrique Castriciano, Santos Reis e no Telecentro de Neópolis.
Para ler a notícia completa no portal da Prefeitura de Natal, CLIQUE AQUI.

Governo Federal atribui prioridade à Barragem de Oiticica

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, recebeu do ministro Fernando Bezerra, da Integração Nacional, portaria publicada no Diário Oficial da União incluindo a barragem de Oiticica, em Jucurutu, entre os empreendimentos do Rio Grande do Norte com prioridade para receberem recursos para obras e serviços de engenharia destinados à prevenção e ao enfrentamento de desastres naturais. A portaria também é assinada pela ministra Miriam Belchior, do Planejamento, Orçamento e Gestão.

A portaria que adicionou a barragem de Oiticica entre as obras emergenciais está em consonância com outra portaria dos ministérios da Integração, Orçamento, Cidades e Saúde. A portaria anterior, de número 130, de abril deste ano, inicialmente, instruiu a inclusão de 15 projetos do Rio Grande do Norte, a maioria deles na área de abastecimento de água.

SAÚDE – O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, enviou portaria ao deputado Henrique Eduardo Alves autorizando o repasse de R$ 750 mil para os serviços de média e alta complexidade do Hospital Universitário Onofre Lopes, em Natal.

Nota encaminhada pela Assessoria de Imprensa da Presidência da Câmara dos deputados

Uma foto para o torcedor brasileiro guardar

Reproduzida da capa de O DIA.
Para acessar, CLIQUE AQUI.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Jovem de Goianinha sagra-se campeão brasileiro de marcha atlética

O estudante Geovani Alves, 16, que cursa a 2ª série do Ensino Médio na Escola Estadual João Tibúrcio, de Goianinha, consagrou-se campeão brasileiro de Marcha Atlética, no Campeonato Brasileiro de Menores de Atletismo 2013. 
A competição ocorreu no último final de semana, em Porto Alegre (RS), e reuniu os melhores atletas do país com menos de 18 anos. Giovanni participou do campeonato com o apoio da Secretaria de Estado da Educação e, pelo resultado, irá receber a Bolsa Atleta, do Ministério dos Esportes.
Nota encaminhada pela Assessoria de Comunicação da Educação - RN

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Manifesto do PSDB, DEM e PPS em resposta à presidente Dilma

Os brasileiros querem 

um Brasil diferente

Os partidos de oposição – Democratas, PPS e PSDB – manifestam sua solidariedade e respeito aos milhões de brasileiros que de maneira pacífica e democrática vêm ocupando as ruas de todo o país e as redes sociais para demonstrar sua insatisfação.
Em seu pronunciamento desta tarde, a presidente da República não assumiu suas responsabilidades, tangenciou os problemas e buscou desviar o foco dos reais interesses expressos pela população.
Uma vez mais, como já havia ocorrido no pronunciamento oficial em cadeia de rádio e TV, o Brasil velho, repudiado pelas manifestações, falou ao novo Brasil: não há humildade para reconhecer erros e dar dimensão correta às dificuldades que atingem o dia a dia dos cidadãos.
Trazemos nossa contribuição para a construção de um novo Brasil, na forma de propostas factíveis, e algumas delas de efeito imediato, que entendemos serem as primeiras possíveis respostas concretas às justas críticas e reivindicações dos brasileiros, disseminadas nos protestos que ocorrem em todo o país. São medidas há muito tempo reclamadas e que precisam do aval e da ação do governo federal para se transformar em realidade e tornar o Brasil um país melhor para os brasileiros.
Esta agenda pretende reforçar a governabilidade neste momento de crise, centrada na melhor prestação de serviços públicos. Também contempla o combate sistemático à corrupção, a restauração de padrões éticos de conduta, o aumento da transparência e, sobretudo, o respeito ao estado democrático de direito. E faz defesa enfática do efetivo  combate  à  inflação, que  corrói  a renda dos brasileiros, especialmente os mais pobres.
Esta agenda se contrapõe a discursos vazios e reiteradas promessas não cumpridas pelo governo federal, que, ressalte-se, comanda o país há mais de dez anos.
O Brasil está fazendo um reencontro com sua história. Os partidos de oposição consideram que estamos num momento único em que o rio de transformações retoma seu leito, orientado na luta por melhorias nas condições de vida de nossa população. A sociedade quer um Brasil diferente e é possível começar a construí-lo já.
Brasília, 24 de junho de 2013

Aécio Neves – Presidente nacional do PSDB
José Agripino – Presidente nacional do Democratas

Roberto Freire – Presidente nacional do PPS

Henrique propõe a Moreira Franco nova visita ao Aeroporto em setembro

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, propôs, nesta segunda-feira, ao ministro-chefe da Secretaria Nacional de Aviação Civil, Moreira Franco, que volte ao canteiro de obras do Aeroporto de São Gonçalo, em setembro, a fim de verificar o cumprimento de prazos.
Na visita desta segunda-feira, o ministro constatou atrasos nas obras de implantação dos acessos Norte e Sul, de responsabilidade do Governo do Estado. Contudo, recebeu garantias do chefe da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado, que as obras serão iniciadas nos próximos dias, após reuniões técnicas com construtoras.
O Aeroporto de São Gonçalo terá uma estação de passageiros com 40 mil metros quadrados, estacionamento com 1.500 vagas e capacidade de operação de 6 milhões e 200 mil passageiros/ano.

Inframérica promete: Aeroporto de S. Gonçalo começa a operar no dia 2 de abril

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, acompanhou o ministro da Secretaria Nacional de Aviação Civil, Moreira Franco, durante inspeção ás obras do aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, também participou da visita, como também o chefe da Casa Civil do Governo do RN, Carlos Augusto Rosado.

Os visitantes foram acolhidos por autoridades locais - à frente o prefeito Jaime Calado, o vice Poti Neto e o vereador Pastor Edmilson.

Durante o encontro, o presidente da Inframerica, concessionária do novo aeroporto, fez uma explanação do andamento das obras. Pelo cronograma de execuções, os terminais de cargas e passageiros, além dos acessos internos e áreas de serviços, vão ficar prontos em 28 de fevereiro de 2014.

Segundo José Antunes, o novo aeroporto vai iniciar as operações em dois de abril do próximo ano. A pista do aeroporto, de responsabilidade da Infraero, está em fase de conclusão pelo Exército brasileiro e será entregue ainda este ano. Já os acessos até as rodovias federais 304 e 406 são de responsabilidade do governo do Estado.

Atualmente 1.336 pessoas trabalham na construção. No início das operações, o aeroporto terá capacidade para receber até 10 aeronaves simultaneamente e movimentar 4 milhões de passageiros por ano, chegando  aos 6,2 milhões em 2024 e aos 11 milhões em 2038. Na inauguração o novo aeroporto vai operar com 40 balcões de atendimentos aos passageiros e 5 esteiras de bagagens. Dos R$ 410 milhões previstos para a obra, sendo R$ 326 milhões do BNDS, já foram investidos R$ 151 milhões.

Ao constatar o andamento da obra, Henrique Eduardo Alves reafirmou a importância do aeroporto para a economia do Rio Grande do Norte.  
“Essa obra vai mudar o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. Nosso estado será outro e nós queremos que esse aeroporto seja exemplar”, disse o deputado, lembrando que foi a primeira concessão de um aeroporto brasileiro para a iniciativa privada. 
O ministro Moreira Franco elogiou o esforço coletivo dos seguimentos públicos e privados envolvidos na construção. “Quando as coisas andam mais rápidas, os resultados são favoráveis para a população”, lembrou.

Com informações da Assessoria de Imprensa do deputado Henrique Eduardo Alves e da cobertura local. Fotos: Ivanizio Ramos, Iran Fernandes e Isaias Carlos.




Universo ganha mapa em 39 que vai a 300 mil anos-luz

Uma equipe internacional de pesquisadores, inclusive da Universidade do Hawai em Manoa, traçou um mapa do Universo em 3D, com um detalhe que nunca antes se conseguira.
O mapa, apresentado em vídeo, mostra não só o que se vê, mas também o que não se vê ao redor da nossa galáxia – a Via Láctea – até uma distância de 300 mil anos-luz – revela reportagem do portal espanhol ABC.

Para ler o texto integral e ver o vídeo, CLIQUE AQUI.

Imagens reproduzidas do portal ABC.
Para ver os originais, CLIQUE AQUI.

Henrique tem compromissos em Parnamirim e São Gonçalo

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, tem compromissos agendados nesta segunda-feira (24), em Parnamirim e São Gonçalo do Amarante.
No início da tarde, a partir das 12:30, o deputado acompanha o ministro da Secretaria Nacional de Aviação Civil, Moreira Franco, em visita as obras dos terminais de cargas e passageiros do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante.
No fim da tarde, às 17:00, Henrique Eduardo Alves tem encontro com produtores rurais e o presidente do Banco do Nordeste, Ary Joel Abreu Lanzarin. A reunião será na sede da Associação Norte-riograndense de Criadores (ANORC), no parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. 
Nota encaminhada pela Assessoria de Imprensa do deputado Henrique Eduardo Alves.

domingo, 23 de junho de 2013

Morre o pastor Raimundo João de Santana

Só agora soube dessa triste notícia:
Faleceu ontem, sábado, dia 22, o presidente de honra da Assembleia de Deus no RN, pastor Raimundo João de Santana.
O conhecia à distância, mas nele identificava uma das figuras mais respeitáveis do Rio Grande do Norte.
Segundo li, no portal do Governo do RN, o pastor era natural de Nísia Floresta e tinha 89 anos de idade.
Há alguns dias ele estava internado na UTI do Hospital do Coração, em Natal.
A governadora Rosalba Ciarlini foi homenageá-lo no velório realizado na sede da Assembleia de Deus, em Parnamirim.
O sepultamento será no Cemitério Municipal de Parnamirim.
CLIQUE AQUI para ler a reportagem publicada no portal do Governo do RN.
CLIQUE AQUI e leia mais sobre o pastor Raimundo João de Santana no portal da Assembleia de Deus/RN.

Papa Francisco aponta como exemplo os "mártires da cotidianidade"

No sermão que proferiu neste domingo, após a tradicional oração do Angelus, o Papa Francisco sugeriu aos católicos que, sendo preciso, não tenham medo de marchar contra a corrente para não renegar a voz da consciência.
Com exemplo citou os "mártires cotidianos, mártires da cotidianidade":
Pais e mães que "todos os dias colocam em prática a sua fé oferecendo, concretamente, a sua vida pelo bem da família".
Sacerdotes, religiosos e religiosas, "que realizam com generosidade o seu serviço pelo Reino de Deus".
Jovens "que denunciam a seus interesses para se dedicar às crianças, aos portadores de deficiência,aos anciãos..."
CLIQUE AQUI para ler reportagem completar no portal da Rádio Vaticana.

Artigo de Paulo Afonso Linhares

OS RISCOS DA INTOLERÂNCIA  II

Paulo Afonso Linhares

A voz das ruas  nem sempre é inteligível, porquanto nada mais ela é que uma confusão de muitas vozes. Entretanto, temos que ouvir todas elas com cuidado para saber separar o que é trigo do indesejável joio. Depois do susto, governos estaduais e prefeituras municipais de São Paulo e do Rio de Janeiro resolveram recuar e revogaram os aumentos das tarifas de transportes urbanos. Meno male, todavia, isto não garante o fim das manifestações, sobretudo, das extrapolações de violência, dos atos de banditismo praticados por marginais e vagabundos infiltrados nos movimentos, cuja motivação essencial é promover depredações e saques; nas ondas das manifestações muita baderna também ocorre. Por isto é que, posto que inevitáveis, essas distorções igualmente não podem ser relevadas. Claro, a evidente legitimidade dos protestos não pode absolver a baderna, os saques e as violações patrimoniais públicas e privadas, em face das quais é imprescindível e legítima uma ação vigorosa do Estado para coibi-las, em prol das comunidades de cidadãos.

Com efeito, tanto é impossível deter as ações de vândalos e malfeitores infiltrados nas manifestações legítimas, quanto daqueles que, imbuídos de bons propósitos se utilizam das manifestações de protesto que invadem as ruas das grandes cidades. Lastimavelmente, o joio e o trigo restam indissociáveis nesses contextos. Aliás, caracterizadas por sua inorganicidade, os movimentos de massas fogem facilmente do controle de suas lideranças, quando estas porventura existam. Ressalte-se, todavia, o elemento bem novo: o papel importante que as redes sociais têm desempenhado na organização desses movimentos.

Outro aspecto relevante é a volatilidade dos leitmotifs, isto é, as razões que determinariam os protestos de rua: quando se alastram por praças e ruas, o que menos importam são as motivações declaradas pelos manifestantes, que mudam ao sabor dos acontecimentos e sempre na tentativa de prolongar os movimentos. Dai que a revogação dos aumentos de tarifas não vai impedir a continuidade dos protestos que logo terão como leitmotiv algo que não terá solução fácil ou possível, como são os temas da corrupção, dos desarranjos das políticas públicas diversas ou mesmo, se quisermos ficar na questão menor das tarifas de transportes públicos, basta levantar a bandeira da tarifa zero, ou seja, da completa gratuidade desse serviço essencial que, em grande medida, é prestado pela iniciativa privada mediante concessões ou permissões do Poder Público. Como imaginar que um serviço cuja prestação  implica pesados custos operacionais e de investimentos, ademais de exigir uma complexa logística, como é o dos transportes públicos?

Sobre os atuais protestos que se espalham por todas as regiões do Brasil, não é exagero afirmar que constituem maciçamente manifestações de vários segmentos da classe média. Ora, nos últimos dez anos de governos petistas, foram direcionadas políticas públicas assistencialistas e de redistribuição de renda que resgatou da miséria absoluta milhões de famílias. Doutra parte, o sucesso da política econômica, nesse mesmo período, trouxe muitos ganhos para os setores mais dinâmicos da economia, como são os casos dos bancos e da indústria automobilística, esta beneficiada desnecessariamente com generosa política de incentivos fiscais (a alíquota zero do IPI).

Em suma, por razões diversas, os muito pobres que são tantos e os muito ricos que são poucos, nada têm a reclamar dos governos Lula e Dilma. E a classe média? Esta tem sido muito sacrificada, à exceção dos segmentos ligados às  forças armadas, ao Fisco, às universidades e às carreiras jurídicas da União Federal. A classe média sofre com o desemprego crescente, com a perda do poder de compra dos salários ou com o "confisco" salarial feito através da rigorosa taxação do Imposto de Renda da Pessoa Física. Quem "carrega o piano" no Brasil, atualmente, é a classe média. E paga todas as contas. A presidente Dilma e outras lideranças políticas devem refletir sobre este novo cenário. A classe média cisma e ganha as ruas. E o Brasil pega fogo, com manifestações  gigantes em todas as capitais, inclusive Brasília (50 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios), em 20 de junho último. O represamento de todas essas frustrações começa a transbordar nas ruas do Brasil, com consequência que são difíceis de qualquer previsibilidade. Afinal, protestos assim sabem-se apenas como começam, jamais como terminam.

sábado, 22 de junho de 2013

Veja o vídeo e leia o texto integral do pronunciamento da presidente Dilma

Está disponível, no portal do Palácio do Planalto, o texto integral do pronunciamento que a presidente Dilma fez à Nação na noite de ontem, sexta-feira, dia 21.
Percebo que algumas pessoas discutem sobre o discurso sem tê-lo ouvido ou lido.
Como vemos na ilustração abaixo, reproduzida da parte superior da capa do CORREIO BRAZILIENSE nesta sexta-feira, a presidente lembrou que o Brasil lutou muito para se tornar um país democrático; mas, assinalou que a violência praticada por uma minoria autoritária "envergonha o Brasil".
CLIQUE AQUI para ler o texto da fala da presidente.
CLIQUE AQUI para acessar a capa original
CLIQUE AQUI para acessar o vídeo da fala da presidente



Pronunciamento de Dilma frustrou, diz o presidente do DEM

Declaração de José Agripino sobre pronunciamento de Dilma Rousseff

“A presidente falou uma série de obviedades. Fez uma análise superficial do comportamento dos manifestantes. Não disse o que o Brasil gostaria de ouvir como, por exemplo, que ela vai pedir aos presidentes do Legislativo que pautem a destinação de 10% dos recursos da União para a saúde. Eu particularmente ficaria feliz com isso porque seria um compromisso claro do governo. Ela também poderia manifestar apoio à intenção do presidente do Supremo Tribunal Federal de acelerar o julgamento do mensalão, sem que isso significasse interferência no Judiciário, numa clara sinalização política ao país de combate à corrupção e impunidade. Aí sim o povo daria crédito ao pronunciamento. Foram falas sem consequências e que não correspondem ao esforço que os brasileiros fizeram para demonstrar a insatisfação. O povo espera atitudes.
José Agripino
Presidente Nacional do Democratas"
Texto encaminhado pela Assessoria de Imprensa do Senador José Agripino

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Representante do Cidade das Rosas eleita Miss S. Gonçalo

Em uma noite pra lá de concorrida a representante do bairro Cidade das Rosas, Heloíza Muniz, foi escolhida a mulher mais bonita de São Gonçalo do Amarante este ano. O concurso de beleza aconteceu nesta quarta-feira (19), no Teatro Municipal. 
O evento foi prestigiado pelo prefeito Jaime Calado, a primeira dama Zenaide Maia, a secretária para Assuntos Extraodinários, Mada Maia Calado e outros gestores, vereadores, além de personalidades como o diretor da Tráfego Models, George Azevedo, a cantora e apresentadora da Band, Priscilla Freire e profissionais que trabalham no mercado da moda. 
A noite foi marcada por homenagens às mulheres que já representaram São Gonçalo, como a mais recente, a modelo Joana Costa, miss São Gonçalo 2012 e, entre outras, a mais antiga, a miss São Gonçalo 1971, Sílvia Benigno. 
A miss Rio Grande do Norte, Kelly Fonseca também prestigiou o concurso junto outras candidatas do Estado. 
Na disputa estavam 14 garotas entre 18 e 24 que concorreram ao título de miss São Gonçalo 2013 e ao sonho de representar o município no miss Rio Grande do Norte 2013, que acontece no próximo mês de julho, no Vila Hall, em Natal. 
Ao final, Heloíza Muniz, ficou entre as cinco candidatas apontadas como padrão do concurso e foi a escolhida pelos jurados para receber de Joana Costa a faixa e a coroa e reinar como símbolo da beleza sãogonçalense.
Texto e fotos (de Isaías Carlos) encaminhados pela Secretaria Municipal de Comunicação. 

Prazo para definir rateio do FPE termina domingo

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Charge de Eliabe Alves


São Gonçalo (RN) libera amanhã 50% do 13º

A Secretaria de Finanças de São Gonçalo do Amarante divulgou na manhã de hoje (19) que o município vai antecipar o pagamento do décimo terceiro salário para os servidores efetivos e cargos comissionados da administração direta e indireta. De acordo com Luiz Henrique, secretário municipal de Finanças, ao invés da antecipação tradicional de 40 % do décimo, o prefeito Jaime Calado resolveu antecipar 50 %, favorecendo os servidores que aguardavam ansiosos esse repasse.

Luiz informou ainda que o dinheiro já estará disponível nas contas do funcionalismo municipal nas primeiras horas desta quinta-feira (20). A antecipação de 50 % do décimo terceiro salário representa um repasse de R$ 2 milhões na economia de São Gonçalo. Ele também garantiu que já está programado o pagamento da folha do mês de junho, gerando mais um repasse de R$ 4 milhões.

“A gestão do prefeito Jaime Calado tem um compromisso com a valorização do servidor público por isso é prioridade o pagamento dos salários rigorosamente em dia. A decisão de antecipar 50 % do décimo foi do prefeito Jaime para possibilitar ao nosso funcionário público municipal um acréscimo no orçamento e um alívio nas contas agora no meio do ano”, declarou Luiz Henrique.
Texto encaminhado pela Secretaria Municipal de Comunicação.

Arcebispo de Natal atuará como catequista na JMS

O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, recebeu um convite do Cardeal Stanislaw Rylko,  do Pontifício Conselho para os Leigos, da Santa Sé, para participar da Jornada Mundial da Juventude - JMJ, como catequista para língua portuguesa. Dom Jaime vai atuar como catequista, nos  dias 24, 25 e 26 de julho, além de presidir a eucaristia para o grupo com o qual trabalhará a catequese.
As catequeses são atividades já tradicionais na programação das Jornadas Mundiais da Juventude. Conduzida por bispos de diversas nacionalidades, convidados pelo Pontifício Conselho para os Leigos, da Santa Sé, a catequese é um momento de reflexão e aprofundamento sobre o lema da Jornada. 
Na JMJ Rio2013, que acontecerá de 23 a 28 de julho, o lema é: "Ide e fazei discípulos entre todas as nações" (Mt 28, 29). Jovens de diferentes países, falantes de um mesmo idioma, se reúnem com sacerdotes, bispos e cardeais para rezar e meditar sobre o amor de Deus.
Geralmente, a programação das catequeses começa por volta das 9 horas, com animação, conduzida por voluntários, seguida pregação com o bispo. As atividades encerram com a celebração eucarística.
Texto encaminhado pela PASCOM da Arquidiocese de Natal.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Jaime promove visita das misses de São Gonçalo ao aeroporto

O prefeito Jaime Calado recebeu, nesta terça-feira, as candidatas a Miss São Gonçalo-2013 e as acompanhou na visita às obras do futuro aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante. 
As quinze candidatas ouviram explanação do gestor sobre o funcionamento do aeroporto e ficaram impressionadas com a imensidão da obra. 
Na ocasião, Jaime falou sobre o concurso:
“Será muito difícil a escolha de uma só representante. Todas são belíssimas e São Gonçalo será bem representado por qualquer uma de vocês. Obrigado pela companhia e boa sorte a todas”. 
A visita foi acompanhada pelo organizador do evento Rico Bezerra, Luciano Oliveira, Jaqueline Bezerra, Gleydson Almeida (diretor do Teatro Municipal), Gilmar Cardoso (adjunto Gabinete) e o presidente da Câmara municipal, Geraldo Verissimo. 
Ao final, o prefeito Jaime Calado ofereceu um almoço às candidatas. O Miss São Gonçalo 2013 acontece nesta quarta-feira (19), às 20h, no Teatro Municipal.
Texto: Marília Costa - Fotos: Isaías Carlos encaminhados pela Secretaria Municipal de Comunicação.


Agripino sugere ao governo que ouça o clamor das ruas

O líder do Democratas no Senado, José Agripino, disse que o governo federal precisa urgentemente ouvir o clamor das manifestações populares que ocorrem em todo país. 
Desde a semana passada, milhares de brasileiros em 12 capitais saem às ruas para reivindicar. Os temas são os mais variados: vão desde a redução da tarifa do transporte coletivo até o protesto contra a corrupção e a impunidade no Brasil.
“O governo precisa entender a insatisfação popular e adotar providências para fazer das prioridades da sociedade as suas. É o que a oposição quer: colaborar para que os anseios da sociedade sejam atendidos”, frisou o senador pelo Rio Grande do Norte.  
Uma onda de protestos tomou conta das principais capitais do país nessa segunda-feira (17). Em Brasília, cerca de cinco mil pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios e ocuparam a cúpula do Congresso Nacional.
As manifestações, que também criticam o excesso de gasto público com a construção das obras para as copas da Confederação e do Mundo em 2014, reuniram brasileiros até mesmo fora do país. 
Em Londres, mais de sete mil pessoas confirmaram presença na convocação pelas redes sociais para uma manifestação, nesta terça-feira (18), na capital britânica em apoio aos protestos que têm reunido milhares em todo o Brasil. 
Nota e foto encaminhados pela Assessoria de Imprensa do senador José Agripino.

Manifestações de rua fortalecem a democracia, diz Paulo Davim

O senador Paulo Davim afirmou, hoje, no Senado, que as manifestações populares que se realizam em diferentes pontos do país, são um fator de fortalecimento da jovem democracia brasileira.
CLIQUE AQUI para ler reportagem completa no portal do Senado.

Potiguar fica em 3º no mundial de karatê na Romênia

O estudante Sttenio Almeida Salles de Lima, do curso de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), conquistou o 3º lugar na categoria até 70kg no 5º Campeonato Mundial de Karatê para Seniors e Veteranos (World Championships Seniors and Veterans Karate – WUKF), realizado entre os dias 5 e 9 de junho em Bucareste, capital da Romênia.
 
O carateca, único representante do Rio Grande do Norte no campeonato, é integrante da Seleção Brasileira de Karatê e fez parte da equipe de 24 atletas que garantiram para o Brasil cinco medalhas de ouro, duas de prata e duas de bronze, obtendo a 4ª colocação geral no mundial.  
 
Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Karatê e Interestilos (CBKI), Oswaldo Messias de Oliveira, a seleção representou o Brasil no mundial com garra, determinação e muita preparação, o que possibilitou que os atletas mostrassem ao mundo o que têm de melhor, reforçando a qualidade do karatê praticado e ensinado no Brasil.
 
O próximo desafio da seleção brasileira de karatê será a disputa dos jogos Pan-Americanos WUKF, que acontece na cidade de Guarujá, em São Paulo, de 4 a 7 de julho. O evento terá a participação de representantes de 16 países.

Texnto encaminhado pela AGECOM a UFRN.

domingo, 16 de junho de 2013

Khrystal empolga plateia no Riachuelo

Imaginem só a emoção do amigo Zé Dias ao transmitir o texto abaixo:

"Amigos e Amigas,

Ontem com certeza, no Teatro Riachuelo, Khrystal fez uma das MAIORES
apresentações de sua Carreira, sendo a melhor de 2013, e com um detalhe,
que para nós, EU e ELA, na PLATEIA tinha a presença de PAULO BORGES,
grande figura do São Paulo FASHION WEEK e diretor desta BELEZA chamada
MOVIMENTO HOTSPOT, que engloba MÚSICA, MODA e ARTES em GERAL. 
Discreto com seus amigos, Paulo Borges esperou o Show de Khrystal e após dançar,
aplaudir efusivamente o Show e postar estas fotos no seu Instargram,
mandou alguém da produção dele procurar discos para comprar e levar para
seus amigos. 
Não tinha, acabou pois KHRYSTAL já vendeu as 2.000 UNIDADES.
Ficou até a última canção e não esperava como nós que o público pedisse
bis. 
No final a diretora do evento e seu curador invadiram o camarim
felizes com o que CONTRATARAM e o que VIRAM. 
Missão cumprida. Felizes, eu e ela fomos comemorar a façanha. Perto do velho BELLA NAPOLI, uma Cerveja nos esperaria com o VELHO PARMEGIANNA; aí, o telefone toca: 
- Zé  Dias, nós do MOVIMENTO HOTSPOT, queríamos que KHRYSTAL viesse jantar
conosco
Khrystal que não é de muito GLAMOUR disse: "Vamos". E lá, num fim de
noite maravilhoso, onde vários PAPOS bons surgiram, vivemos uma noite
gloriosa. Agora KHRYSTAL dorme com a certeza de que ta no caminho certo.
Cantou suas músicas, cantou coisas do Nordeste e em nenhum momento se
sentiu uma ARTISTA DA TERRA, pois não é TATU, PREÁ, RATO, COBRA nem
ARANHA CARANGUEJEIRA. KHRYSTAL é ARTISTA DO MUNDO num grande evento do Brasil realizado em Natal. 
Será que na Copa do Mundo a ser realizada em nossa cidade, mostraremos este talento ao MUNDO? Vamos ver. Quem Viver, verá. Acho difícil.

PS:Seguem as postagens de Paulo Borges do instagram dele
" .



Henrique define critérios para escolha de candidatos

Numa entrevista aos repórteres Aldemar Freire e Anna Ruth Dantas, disponível no portal da TRIBUNA, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, voltou a evitar uma antecipação do debate sucessório no RN:
- As discussões sobre o cenário eleitoral só devem começar a partir do final do ano - afirmou.
A definição de candidaturas - inclusive a da governadora Rosalba à reeleição - deve ser procedida a partir de critérios objetivos, com pesquisa qualitativa, análise sobre a avaliação do governo junto à população e perspectiva de vitória.
Pessoalmente, seu desejo é continuar como deputado federal.
CLIQUE AQUI para ler a íntegra da entrevista.

Artigo de Paulo Afonso Linhares

OS RISCOS DA INTOLERÂNCIA

Paulo Afonso Linhares

Esse filme o mundo já viu: do represamento de insatisfações de amplos setores das sociedades da Europa ocidental, sobretudo, diante do crescente desemprego, explodiram revoltas estudantis que por pouco não incendeiam o mundo inteiro. As elites dominantes de então jamais puderam compreender porque os jovens se jogavam em violentos confrontos contra o aparato de segurança do Estado. Para elas, os irados meninos das barricadas eram baderneiros irresponsáveis que apenas mereciam gás lacrimogêneo e cassetetes no lombo. Os resultados dessa cegueira política tiveram profundas repercussões políticas e sociais nas vidas dos povos a partir do final dos anos '60. O mundo jamais seria o mesmo, após essa explosiva mistura de insatisfação social e contracultura ameaçar as bases das sociedades ocidentais.

Interessante é que nas últimas semanas focos de insatisfação começaram a explodir nas ruas de capitais europeias e já chegaram por aqui: São Paulo tem sido sacudida por violentos protestos estudantis, sendo a burguesérrima Avenida Paulista transformada em praça de guerra. Interessante é que essas explosões de violência têm motivações banais como os pequenos aumentos nas passagens dos transportes coletivos urbanos; por 20 centavos a mais, jovens de classe média vão para violentos confrontos com as forças policiais em plena Paulista e em outras capitais. O pau corre solto, as pedras voam para todos os lados, as bombas de gás lacrimogêneo, vidraças partidas e veículos danificados. No Rio de Janeiro, esta semana, houve igualmente confrontos entre manifestantes e tropas de choque. Em várias outras capitais do país ocorreram manifestações semelhantes, inclusive em Natal. Em recente artigo na Folha (13/06/2013), o insuspeito jornalista Elio Gaspari afirmou: ”Os distúrbios começaram às 19h10, pela ação da polícia, mais precisamente por um grupo de uns 20 homens da Tropa de Choque, com suas fardas cinzentas que, a olho nu, chegaram com esse propósito.”

Todavia, para autoridades, empresários e a grande imprensa têm discurso uníssono: baderneiros, vagabundos e agressores do patrimônio público. No Jornal da Globo, o asqueroso Arnaldo Jabor baba de ódio no canto da boca a dizer cobras e lagartos dos manifestantes da Paulista. Um "dejá vu" quarenta anos depois. Desta feita, finalmente unidos num mesmo discurso o governador tucano e o prefeito petista de São Paulo, ambos com idêntica e raivosa intolerância ao vociferar contra os protestos dos estudantes, sem jamais tentar uma compreensão do fenômeno social que imanta esses fatos preocupantes e evidenciadores de insatisfações represadas, mormente aquelas derivadas da insegurança do crescente desemprego e da falta de oportunidades no acesso ao mercado de trabalho. Por incrível que pareça, até o duríssimo primeiro-ministro da Turquia, Recep Erdogan, apesar de dar um ultimato aos manifestantes para que deixem o Parque Guézi, em Istambul, já conversou com as lideranças do movimento. Aqui não, somente tonfa, balas de borracha e gás lacrimogêneo.

Parece que as autoridades encasteladas no poder, atualmente, não se dão conta da miopia que as acomete; vociferar contra os jovens, chamando-os de baderneiros ou vagabundos e contra eles jogando batalhões de choque da polícia ostensiva, com bombas de gás lacrimogêneo e cassetetes (atualmente, as chamadas "tonfas"), não é o melhor modo de resolver os problemas que são o pano de fundo desses recentes conflitos. De algum modo, efetivamente deveria ser tentado o diálogo com esses jovens. Afinal, nas sociedades contemporâneas é essencial a busca do consenso para solução dos inevitáveis impasses que se apresentam; transformar essas insatisfações em meros casos de polícia parece ser um despropósito, mesmo porque a radicalização desses confrontos termina por estimular uma espiral de violência.

A intolerância das autoridades públicas é um excelente caldo de cultura para a violência de manifestações como as ocorridas recentemente em São Paulo. E albergam um potencial perigo de graves e duradouros confrontos, inclusive com a presença de organizações voltadas para o exercício da violência política em diversos níveis. Lastimável que isto possa acontecer, pois são por demais sabidos os resultados: hoje, uma Comissão da Verdade apura o que de torturas, desaparecimentos e mortes resultaram da intolerância política dos anos '60 e '70.


De repente, nesse contexto de marasmo e de falta de perspectivas, os jovens acabam por encontrar uma justificativa, uma razão de lutar, para revidar com monumental agressividade os ataques dos batalhões de choque da polícia. Afinal, um astuto pensador florentino, Niccolò Machiavelli, já ensinava que o confronto violento (ele falava mesmo era de "guerra") é justo quando necessário e santa a arma quando o único caminho. Os mais velhos, autoridades, empresários ou jornalistas, que viram os anos '60 e suas consequências, deveriam mesmo era criar juízo e buscar o diálogo possível. Longe das saídas fáceis e não menos preconceituosas, no rumo imprescindível do consenso. Esses jovens merecem uma chance de aprender o quanto há de construtivo na tolerância e no diálogo franco como pressuposto dos espaços consensuais na ordem republicana. Vale a pena apostar nisto. Se a alma não for pequena.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Felipe Maia vai à Rússia na comitiva de Henrique

O deputado federal Felipe Maia embarca no próximo sábado (15) para Moscou com o intuito de participar de visita oficial à Federação da Rússia. 
A comitiva, liderada pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, tem o objetivo estreitar laços e realizar parcerias com a Duma Estatal, o parlamento russo.
A missão oficial será iniciada em reunião com o presidente da Duma Estatal, Sergey Naryshkin, para assinar o Protocolo de Cooperação entre as Casas Legislativas. 
Além disso, os deputados brasileiros participarão de diversas reuniões com instituições parlamentares russas em Moscou e São Petersburgo.
A comitiva ainda se encontrará com o vice-presidente da Duma Estatal e presidente da Comissão para Assuntos Internacionais, Alexander Zhukov; com membros do Grupo Parlamentar de Amizade Rússia-Brasil;  com o primeiro vice-presidente do Conselho da Federação, Alexandr Torshin; e com dirigentes do governo de São Petersburgo.
Texto e foto encaminhados pela Assessoria do deputado Felipe Maia.

Charge de Eliabe Alves


quinta-feira, 13 de junho de 2013

Número de feridos no choque de trens em Buenos Aires chega a 315

Fotografei o portal do CLARIN às 18,20 quando ostentava
a manchete acima. Para acessá-lo, CLIQUE AQUI.

Reportagem da BBC mostra atraso na construção do Aeroporto

O portal BBC-Brasil está disponibilizando ampla reportagem
intitulada "A um ano da Copa, um giro pelas 12 cidades-sede".
Quando chega em Natal, revela que a "Arena das Dunas" está
com 71% pronta. Mas, assinala que a construção do Aeroporto
de São Gonçalo pode não ficar pronto. A foto acima
foi reproduzida do portal da BBC-BRASIL.
Para acessar a reportagem completa, CLIQUE AQUI.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Henrique e Garibaldi endossam pleitos de Rosalba junto à Saúde

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, acompanharam a governadora do RN, Rosalba Ciarlini, numa audiência com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Também participaram da reunião o secretário nacional de Assistência à Saúde, Helvécio Miranda, o secretário de Saúde do RN, Luiz Roberto Fonseca e os diretores da Liga Norte-rio-grandense de Combate ao Câncer, Ricardo Curioso, Aluizio Bezerra e Artur Vilarim.
Demonstrando familiaridade com as dificuldades enfrentadas pelo setor de saúde do RN, o ministro Alexandre Padilha quis saber como estava a situação das macas nos corredores do hospital Walfredo Gurgel. Informado pela governadora e pelo secretário Luiz Roberto de que o número caiu de 158 para 70, Padilha quis saber o que poderia ser feito para zerá-lo.
O secretário garantiu que, recebendo ajuda do Ministério para colocar em funcionamento a UPA da Cidade da Esperança, a de Parnamirim e a de Macaíba, em 60 dias, espera conseguir essa meta. E – prosseguiu – abrindo também a UPA de Mossoró, evitaria que o Hospital daquela cidade também passasse a enfrentar problema de superlotação.
Alexandre Padilha assegurou que os pleitos serão todos  devidamente analisados, prometendo se empenhar na liberação dos recursos o mais brevemente possível. E também se comprometeu em procurar viabilizar os pleitos com relação à ampliação do número de cirurgias cardíacas em crianças; implantação do SAMU em Caicó e em Currais Novos; e de aumento do número de leitos de UTI, dentro do organograma apresentado pelo secretário de saúde e pela governadora: mais 6 em 20 dias; 26 em 60 dias, chegado a 58 até o final do ano.
O ministro Alexandre Padilha também foi sensível à informação repassada pelo secretário Luiz Roberto quanto a situação de defasagem do repasse per capita para a saúde do Rio Grande do Norte.
- Estamos R$ 59,00 abaixo da média nacional.
CÂNCER – Os dirigentes da Liga contra o Câncer convidaram o ministro para a programação de aniversário da instituição, no dia 17 de julho, quando será inaugurado o seu novo acelerador linear. Além disso, com o aval da governadora, do presidente da Câmara e do ministro da Previdência Social, o médico Ricardo Curioso expôs projeto de construção de um novo hospital especializado, num terreno de 40 mil metros quadrados na Zona Norte de Natal.
O Ministro garantiu pleno apoio à iniciativa, sugerindo que seja definido um sistema de financiamento da construção aproveitando a legislação de benefícios fiscais estabelecido pelo governo federal.
EXPECTATIVA – O deputado Henrique Eduardo louvou o esforço que vem sendo feito pela governadora Rosalba Ciarlini com o objetivo de acabar com as filas de macas nos corredores do Hospital Walfredo Gurgel.
- Tenho certeza de que, conhecendo como conhece a realidade do RN, o ministro logo atenderá o pleito. Pois ele também é testemunha do esforço que a governadora realiza.
Assinalou que também não poderia deixar de endossar os demais pleitos formulados por Rosalba, bem como o projeto da Liga contra o Câncer de construir seu novo Hospital na Zona Norte.
- A Liga é uma referência como instituição respeitável e de inquestionável conceito perante a opinião pública do nosso Estado. Já conversei com os drs. Ricardo Curioso, Aluizio Bezerra e Artur Vilarim e tudo o que estiver ao meu alcance será feito para transformar em realidade o projeto do novo hospital do câncer, desta vez na Zona Norte.
Texto e foto (de Nicolas Gomes) encaminhados pela Assessoria do deputado Henrique Eduardo Alves.


Charge de Eliabe Alves


terça-feira, 11 de junho de 2013

Dom Jaime preside ordenação de seis padres

Os diáconos Francisco Ney Lopes, Inácio Lopes Filho, Joseilson de Oliveira, Manoel Alaíde da Silva, Pedro da Cunha Júnior e Wilson Alves de Oliveira vão ser ordenados Padres nesta terça-feira, 11, às 17 horas, na Catedral Metropolitana. 
A celebração será presidida pelo Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, e concelebrada por diversos padres do clero arquidiocesano, com presença de diáconos, religiosos, religiosas e fiéis em geral.
Os diáconos já definiram as datas, locais e horários da celebração da primeira missa, depois da ordenação presbiteral: 
Pe. Francisco Ney presidirá no dia 14 de junho, às 19h, na Matriz do Divino Espírito Santo, em Vera Cruz; 
Pe. Inácio Lopes, dia 15, às 18h, na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Pau dos Ferros; 
Pe. Joseilson Oliveira, dia 13, às 19h, na Igreja de São João Bosco, no Gramoré, zona norte de Natal; 
Pe. Manoel Alaíde, dia 12 de junho, às 19h, na Igreja da Imaculada Conceição, Lagoa Salgada; 
Pe. Pedro Cunha, dia 17, às 19h, na Igreja de São José, em Angicos, 
e Pe. Wilson Alves, dia 18 de junho, às 19h, na Igreja de Santa Luzia, Comunidade Cobé, no município de Vera Cruz.
Nota encaminhada pela Pascom da Arquidiocese de Natal.

Acervo de Elino Julão terá exposição em Natal-RN


domingo, 9 de junho de 2013

Receita deposita primeiras restituições de 2013 no dia 17

O primeiro lote de restituições das declarações do Imposto de Renda feitas este ano, relativas ao ano base de 2012, estarão disponíveis nas contas bancárias dos contribuintes no dia 17.
Na mesma data serão disponibilizadas restituições residuais de declarações apresentadas em 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008.
A partir de amanhã, segunda-feira, a Receita abrirá para consultas, a relação dos contribuintes que terão suas restituições liberadas agora.
Para ler reportagem completa no site do Palácio do Planalto, CLIQUE AQUI.

Artigo de Paulo Afonso Linhares

ENFIM, A CIVILIZAÇÃO

Paulo Afonso Linhares

Estudante na prestigiosa Universidade de Brasília, nos fins dos anos '70, fui atraído para um evento que movimentou os meios acadêmicos e políticos brasilienses: uma conferência que reuniria dois ferrenhos adversários da Ditadura Militar, esta que vivia seus estertores, ademais de serem aqueles figuras mitológicas não apenas de Brasília, mas, do Brasil: Oscar Niemeyer, um dos magos da arquitetura contemporânea, cujo maior conjunto de obras está em Brasília, e Darcy Ribeiro, o genial antropólogo que, entre tantas coisa que criou, trouxe a lume a mesma Universidade de Brasília. Claro, no auditório lotado era enorme o contingente de agentes (disfarçados, claro) dos órgãos de segurança, com o propósito nem assim tão velado de intimidar os conferencistas e mesmo a plateia, sem sucesso em ambas as hipóteses: aqueles, transmudados em verdadeiras metralhadoras giratórias verbais, logo mostraram porque eram tão odiados pelos então donos do poder, para entusiasmo dos presentes. Nunca aplaudimos tanto e com tamanho entusiasmo; era como um mundo novinho em folhas se mostrasse para nós: pobre e decrépita Ditadura. Na fala de Niemeyer aprendi uma lição importante: falando sobre o trabalho do urbanista Lúcio Costa e do seu próprio, no planejamento da nova capital, ele mostrou as implicações ideológicas dos projetos por eles elaborados; em suma, é um mito apenas a propalada neutralidade da ciência e tecnologia. Mesmo os traços rudimentares de uma arquitetura podem revelar uma visão (ideológica) de mundo.

Essa premissa do sábio Niemeyer tem mais uma comprovação com as recentes construções dos novos estádios brasileiros para a Copa do Mundo de 2014. Sem dúvida, essas novas praças de esportes, planejados segundo os padrões ditados pela FIFA, configuram uma enorme quebra de paradigmas arquitetônicos e de segurança dos antigos estádios de futebol brasileiros, compostos de vários aparatos e barreiras tipicamente medievais, como enormes fossos que separavam as arquibancadas dos gramados, além dos tradicionais alambrados e outros tapumes do tipo, isto sem falar na segregação das torcidas e presença nas adjacências dos gramados de fortes aparatos de polícia ostensiva. Os novos leiautes – enquanto distribuição física de elementos num determinado espaço – são capazes de ditar sim novos modelos comportamentais, condutas a ser exigidas do torcedor que transcende em muito aquilo que está plasmado no já arcaico Estatuto do Torcedor (Lei nº10.671, de 15 de maio de 2003).

Nos novos estádios da FIFA tudo tem como fio condutor uma nova postura do torcedor fortemente embasada nas noções de convivência democrática, solidariedade social e respeito aos direitos de cada cidadão. Passa, por igual, uma forte ideia de dever de cada cidadão pelo bem-estar coletivo, com a responsabilização da que é mais precioso para o torcedor: o seu time responde pelas besteiras que armarem seus simpatizantes. Os clubes de futebol pagam caro pelas badernas de seus torcedores. Foi assim que na Europa inteira os "hooligans" findaram dominados. As brigas, tumultos e invasões do campo de jogo, passaram a acarretar severas sanções individuais (prisões, multas, proibições de frequentar estádios etc.) ou para os clubes (multas, desclassificação em torneios e campeonatos, expulsão das entidades – as ligas - futebolísticas etc.).

Num país civilizado, nestes moldes, o Corinthians, por exemplo, teria sido expulso da Libertadores, além de arcar com enorme multa. Tudo em razão da morte do adolescente boliviano Kevin Douglas Beltrán Espada, vítima de aparato pirotécnico (sinalizador) acionado por torcedor corintiano, durante a partida entre San José e Corinthians, em Oruro, na Bolívia, pela Copa Libertadores da América. Lastimável e triste episódio. No Brasil atual a situação afigura-se tanto mais grave: os clubes estimulam e financiam as tais "torcidas organizadas", grupos de baderneiros cuja motivação é promover arruaças, dentro ou fora dos estádios. Essas gangues uniformizadas, felizmente, são incompatíveis com as novas configurações dos estádios da Copa de 2014. No entanto, elas somente serão eficientes se houver um firme engajamento das entidades desportivas, inclusive os clubes, e autoridades de diversos níveis, desde policiais, gestores públicos, magistrados ou membros do Ministério Público. As atitudes diante de baderneiros e dos clubes que os acobertam devem ser eficazes, rápidas e severas, sem qualquer contemplação para com esses abusos em face das leis. E que atrapalham os espetáculos de futebol. Com efeito, a boa "pedagogia do Jucá", como se diz cá nestes sertões, funciona que é uma beleza. E como civiliza!