sábado, 22 de setembro de 2018

O prazer da urna é desmentir as pesquisas. Lembra?

A candidata presidencial Marina Silva (Rede) aparecia com 37 por cento das intenções de votos nas pesquisas divulgadas por essa época na campanha de 2014. 
Estava em segundo contra a ex-presidente Dilma.
Mas, saiu das urnas com 21%, em terceiro - lembra Fernando Mitre em comentário feito hoje na Bandnews TV.

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Ouvir rádio retarda ou previne o mal de Alzheimer

Vi agora em reportagem no portal espanhol ABC que ouvir rádio, sim, isso mesmo, ouvir rádio, está entre as atividades que podem prevenir ou ajudar a retardar o surgimento do mal de Alzheimer.
Além disso, a reportagem acrescenta:

Hábitos de vida que ajudam a prevenir ou, no mínimo, a retardar o surgimento do Alzheimer:
1 - Manter uma rotina de sono - 7 a 8 horas
2 - Realizar atividades aeróbicas ao menos 3 vezes por semana - 30 a 40 minutos
3 - Exercitar o cérebro com atividades como: leitura, escutar rádio. interessar-se por alguma hobby novo (a jardinagem, por exemplo) ou tocar um instrumento.
4 - Manter relações sociais
5 - Vigiar fatores de risco, como coleterol, diabetes, hipertensão e largar o fumo.
6 - Intensificar o consumo de frutas, verduras, legumes e cereais integrais.
CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa (em espanhol)

domingo, 16 de setembro de 2018

Prepare a sua própria cola para votar no dia 7

Todo eleitor pode preparar a sua própria cola para votar no primeiro turno da eleição deste ano, no próximo dia 7.
Vamos ter que digitar na urna eletrônica os números de seis candidatos, sendo dois deles candidatos ao Senado, na seguinte ordem:

Deputado federal: ----
Deputado estadual: -----  
Primeiro senador: ---
Segundo senador: ---
Governador: --
Presidente: --

Observação - Os dois votos para o senador terão que ser em candidatos diferentes.
Quem votar no mesmo candidato as duas vezes - na segunda vez terá o voto anulado.

É muito importante levar a cola a fim de evitar o risco de dar um branco na hora da votação.

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

"O sofrimento da população é uma herança do PT" - diz Alckimin

O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alkimin, responsabilizou hoje o PT e o seu candidato presidencial, Fernando Haddad, pelos 13 milhões de desempregados que o Brasil tem no momento.
Numa postagem no twitter, ele afirma textualmente:
- Finalmente o PT parou com a enganação. Todo sabiam que Lula não ia ser candidato, mas ficaram escondendo Haddad. Agora ele vai ter que se apresentar como candidato e explicar os 13 milhões de desempregados. O sofrimento da população não começou agora, é uma herança do PT.
CLIQUE AQUI para acessar a página de Geraldo Alckmin no twitter.

Próxima "Festa Cigana" da FESA será na AABB


Datafolha inicia amanhã nova pesquisa para presidente

O Instituto Datafolha vai iniciar uma nova pesquisa amanhã - revela em comentário na Bandnews o jornalista Fernando Mitre.
As entrevistas serão encerradas na sexta-feira, dia em que os resultados serão divulgados.
Segundo o comentarista, os novos números são esperados com muita expectativa, em função das diferenças marcantes registradas nas duas pesquisas divulgadas no início desta semana - primeiro a do Datafolha e, ontem, a do Ibope que projetou, ao contrário do Datafolha, vitória de Jair Bolsonaro na hipótese de um segundo turno entre ele e Fernando Haddad.
CLIQUE AQUI para acessar, em video, o comentário de Fernando Mitre.

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Artigo de Paulo Afonso Linhares

Eleições: a justiça na contramão

Paulo Afonso Linhares


Atribui-se a Voltaire a sentença de  que “o último degrau da perversidade é fazer com que as leis sirvam à injustiça”. É essa a perspectiva capaz de ser vislumbrada quando  se encara o cenário de 2018,  onde se realiza um processo de legitimação política  sui generis na história desta sófrega República, marcado pela normatização extrema dos diversos aspectos que envolvem pleitos eleitorais, ademais da rígida tutela exercida por um Poder Judiciário alçado à perigosa condição de  “condottiere” da nação, ele que, aliás, é o único dos poderes-função do Estado, na classificação do sábio Montesquieu, não tem o bafejo da Soberania Popular, a velha e boa legitimação haurida nas urnas, que constituem a pilastra-mor das democracias. 
Sem meias palavras, o rigoroso controle judicial das eleições 2018 parece aquela situação em que o árbitro e seus auxiliares fazem sozinhos o espetáculo do futebol, deixando para os jogadores e as torcidas meros papéis de figurantes. Não é demais lembrar, como já fizemos noutras oportunidades, que o exacerbado protagonismo do árbitro sempre ‘mela’ a partida e futebol; igual desastre ocorre quando, nas eleições, a Justiça Eleitoral (aliás, uma das várias ‘jabuticabas’ brasileiras…) se sobrepõe ao conjunto de cidadãos-eleitores. 
A propósito, numa feliz transposição, o jurista Lênio Streck lembra que “até um positivista como Hart dizia, falando das regras do críquete (que eu adaptei para o futebol ainda nos anos 80 na aula de mestrado), que se as regras do árbitro se sobrepuserem às regras do jogo, já não há mais jogo; há, então, um outro jogo”.  Dado isto, quais são as regras do árbitro das eleições que é a Justiça Eleitoral e o próprio Supremo Tribunal Federal? 
Quase sempre aquelas interpretações perversas da lei que lhes dá o poder de pautar a nação, mesmo contra a lei e a noção daquilo que se entende como “direito justo” no âmbito da filosofia do direito, em especial na concepção do pensador alemão Rudolf Stammler (para ele, o Direito Justo seria aquelas proposições jurídicas «que em razão de seu conteúdo se conformam com o pensamento universal da sociedade humana ou com o ideal social.»).
Claro, inegável a importância dos mecanismos de controle do processo eleitoral, para conformá-lo ao cipoal normativo que o regula, sejam os requisitos de elegibilidade, os casos de inelegibilidade, as condutas vedadas, os crimes eleitorais, os marcos da propaganda eleitoral, a coibição dos casos de abuso econômico e político nas eleições, entre outros. Isto, todavia, não autoriza os excessos que por vezes são perpetrados pela Justiça Eleitoral no errôneo papel de consciência crítica da nação. Nesta perspectiva, inevitável é rasgar-se a Constituição e os tratados internacionais a elas equiparados para alcançar determinados objetivos políticos de ocasião.

E os MIBs, os homens de preto do STF, do TSE e quejandos, são heróis, disparam aqueles leiserzinhos e fazem com que esqueçamos todos a nossa condição de cidadãos-eleitores. O triste é que não imaginam que é "infeliz a nação que precisa de heróis.", como nos lembra Bertolt Brecht  (“Vida de Galileu”, Cena 12, p. 115, 1938). Sim, definitivamente o Brasil não precisa desses heróis de capa preta e de suas linguagens empoladas, pseudo-eruditas e exageradamente “boring”, para ditar os rumos do processo político nacional. Devem, isto sim, recolher-se à insignificância de coadjuvantes da cena política.
Sem dúvida, é triste, senão patético, o espetáculo de juízes em suas vestes corvinas a decidir por toda uma população de milhões de pessoas, como se fossem arautos de inquebrantáveis verdades. Meninos e meninas pedantes, e não menos ignorantes, que nada de relevante fizerem ou obraram para galgar tão relevantes postos, senão bajular poderosos de plantão ou simplesmente arrancarem investiduras em concursos de pegadinhas jurídicas, postando-se como semideuses da República e da moralidade pública.
Os abusos econômicos e políticos, os vícios e crimes que infirmam o processo eleitoral devem ser rigorosamente combatidos, para que a representação política seja constituída como legítima e espelhe as instituições radicadas na Constituição e nas leis nela espelhadas. No entanto, os excessos que são cometidos na busca desse desiderato superior igualmente não devem ser tolerados, em homenagem à integridade da ordem que tem como pedra angular o Estado Democrático de Direito. É para isto que servem as leis, jamais para disseminar ou aprofundar rematadas injustiças.

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Supostos cúmplices do atentado contra Bolsonaro são inocentados

Pessoas denunciadas em vídeo que viralizaram na Internet como supostos cúmplices do atentando contra o candidato presidencial Jair Bolsonaro estão sendo inocentadas por Flavio Bolsonaro. filho do deputado em postagem na sua página do twitter, na Internet.
O rapaz - de casaco marrom - que teria dado um soco em Jair no momento em que ele estava sendo socorrido. é, na realidade, um policial federal da inteira confiança da família. E uma mulher - de jaqueta e óculos escuros que teria passado a faca ao agressor, na verdade é uma simpatizante do candidato.
Na postagem, que transcrebo abaixo na íntegra, Flavio revela que ele e seu irmão Eduardo, serão recebidos hoje à tarde pelo diretor-geral da PF. Confira:

- Eu e meu irmão @bolsonarosp seremos recebidos à tarde pelo Diretor-geral da PF, quando seremos atualizados de como andam as investigações.
ATENÇÃO: algumas pessoas tratadas nos vídeos como se tivessem colaborado com o atentado já foram identificadas e nada têm a ver com o crime.

Para acessar a postagem e o vídeo, CLIQUE AQUI.

Situação de Bolsonaro "ainda é grave", diz o 1º boletim desta segunda

Aqui está a íntegra do primeiro boletim médico disponibilizado nesta segunda-feira, pelo Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, sobre o estado de saúde do candidato presidencial do PSL, Jair Bolsonaro:

São Paulo, 10 de setembro de 2018 - 10:15

Passados quatro dias após o ferimento abdominal por arma branca, o estado do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado no Hospital Israelita Albert Einstein, ainda é 
grave e permanece em terapia intensiva.

O paciente tem uma colostomia, que foi feita em função de lesões graves do intestino grosso e delgado.

Será necessária nova cirurgia de grande porte posteriormente, a fim de reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia.

O paciente permanece ainda com sonda gástrica aberta e em íleo paralítico (paralisia intestinal), que ocorre habitualmente depois de grandes cirurgias e traumas abdominais.

Ontem, havia uma movimentação intestinal ainda incipiente e que persiste do mesmo modo hoje.

Permanece sem sinais de infecção, recebendo o suporte clínico, cuidado de fisioterapia respiratória e motora, e alimentação exclusivamente parenteral (endovenosa).​

Médicos Responsáveis:
​Dr. Antônio Luiz Macedo, cirurgião
Dr. Leandro Echenique, clínico e cardiologista.

Diretor Superintendente:

​Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

O boletim da noite de ontem apresentava um tom mais otimista do que o desta manhã.
CLIQUE AQUI e confira.

domingo, 9 de setembro de 2018

Boletim das 18 horas sobre recuperação de Bolsonaro

São Paulo, 09 de setembro de 2018 - 18:00

O quadro de saúde do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado no Hospital Israelita Albert Einstein, continua em evolução. 

A circulação do intestino para o fígado está preservada. A paralisia intestinal decorrente do grande trauma mostra sinais de que está em regressão, ou seja, é possível que, nos próximos dias, a função intestinal se normalize e o paciente passe a ingerir alimentos por via oral. 

Persistem os cuidados de fisioterapia, incluindo caminhadas e exercícios diários, sem apresentar dor. Nos exames laboratoriais ainda existe uma leve anemia, em decorrência do sangramento inicial, secundário ao trauma. 

Dr. Antônio Luiz Macedo, cirurgião 

Dr. Leandro Echenique, clínico e cardiologista. 

​​Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.​​​

É nítida a melhora de Bolsonaro, diz boletim médico

No boletim que soltou na manhã deste domingo, o Hospital Alberto Einstein, afirma que o deputado Jair Bolsonaro registra "nítida melhora clínica e laboratorial".
Abaixo a íntegra do boletim:

São Paulo, 09 de setembro de 2018 - 10:30

​Passadas 48 horas da internação do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, no Hospital Israelita Albert Einstein, o mesmo encontra-se estável e apresenta nítida melhora clínica e laboratorial, sem nenhuma evidência de infecção. 

O quadro abdominal apresentou melhora nas últimas 24 horas e o paciente persiste em cuidados intensivos e com progresso do tempo de permanência fora de leito e caminhada.

Mantém jejum oral, recebendo nutrientes por via endovenosa.

Médicos Responsáveis:
​Dr. Antônio Luiz Macedo, cirurgião
Dr. Leandro Echenique, clínico e cardiologista

Diretor Superintendente:
​Dr. Miguel Cendoroglo

Túlio Lemos celebra emancipação de Macau prometendo realizações

*CONTERRÂNEOS MACAUENSES*

Na data em que Macau celebra os seus 143 anos de sua emancipação política, a administração municipal estabelece o ponto de partida para a retomada das mudanças que estamos preparando desde os primeiros dias em que assumimos os destinos da nossa terra. Agora, é executarmos quase tudo daquilo que planejamos e prometemos à população macauense. Envolvido em muitos sacrifícios, incertezas e incompreensões, fizemos o dever de casa e partimos para possibilitar o crescimento da arrecadação municipal que deverá se concretizar a partir dos primeiros meses do próximo ano. Agora, é o momento de se implantar os pontos básicos para estabelecer o desenvolvimento econômico e social do município, ao mesmo tempo em que iremos incrementar os serviços básicos que vêm sendo oferecidos.

Com as bênçãos e graças de Deus, comemoramos este 9 de setembro de 2018 como o ponto de partida para celebrarmos com alegria o desenvolvimento de nossa terra nos próximos anos, sempre contando com a participação de seus filhos que verdadeiramente sonham com uma nova Macau.

TULIO BEZERRA LEMOS
Prefeito Constitucional de Macau.

Bolsonaro: Hospital procura evitar riscos de trombose

O Hospital Albert Einstein (São Paulo) anunciou ter realizado ontem uma série de medidas destinadas a reduzir os riscos de trombose enfrentados pelo deputado Jair Bolsonaro.
Abaixo o mais recente boletim médico disponibilizado no portal do Albert Einstein, às 18:10 de ontem:

São Paulo, 08 de setembro de 2018 - 18:10

Hoje, o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, passou um pequeno período do dia sentado na poltrona (30 minutos), além de caminhar no quarto auxiliado por fisioterapeuta, enfermeira e médico por 5 minutos. O tempo será gradualmente aumentado nos próximos dias conforme a tolerância do paciente às atividades. Essas medidas têm objetivo de reduzir os riscos de trombose, complicações pulmonares e acelerar a recuperação do funcionamento do intestino.

Até o momento, a evolução não evidencia sinais de infecção. O paciente deu entrada ao Hospital Israelita Albert Einstein na manhã do último dia 7. 

Médicos Responsáveis:
​Dr. Antônio Luiz Macedo, cirurgião
Dr. Leandro Santini Echenique, clínico e cardiologista​.

Diretor Superintendente:

​Dr. Miguel Cendoroglo

sábado, 8 de setembro de 2018

Repouso é fundamental para Bolsonaro, diz o Hospital

Em boletim emitido no início da tarde deste sábado, dia 8, o Hospital Albert Einstein, de São Paulo, informa que só a esposa e os filhos podem visitar Bolsonaro.
Assinala que, na atual fase de recuperação vivida pelo deputado, "repouso é fundamental".
Um novo boletim está sendo aguardado para às 18 horas,
Abaixo, na íntegra, o texto do boletim do início desta tarde:

São Paulo, 08 de setembro de 2018 - 13:00

O Hospital Israelita Albert Einstein relembra que as visitas ao candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, permanecem restritas à sua esposa e filhos, por ordem médica. Visitas de outras pessoas permanecem proibidas. O paciente se encontra em uma Unidade de Terapia Intensiva, local de acesso controlado, e em fase de recuperação na qual o descanso é requisito fundamental.

Estados Unidos negam apoio a golpe para derrubar Maduro

A CNN em espanhol acaba de informar, em notas escritas em sua tela, que militares venezuelanos se reuniram secretamente com autoridades dos Estados Unidos "buscando apoio para derrubar Nicolas Maduro".
Acrescenta que depois de várias reuniões os Estados Unidos negaram o apoio solicitado.
Num reportagem que publica em seu portal, a CNN assinala que a notícia foi divulgada neste sábado pelo The New York Times e que as informações haviam sido confirmadas por suas próprias fontes.
A reportagem conclui afirmando que, em julho do ano passado, a CNN informou que o presidente Trump havia consultado vários assessores sobre a possibilidade de invadir a Venezuela.
CLIQUE AQUI para ler a reportagem no portal da CNN em espanhol.

Bolsonaro já faz fisioterapia - revela um dos seus filhos

O deputado Jair Bolsonaro foi deslocado da cama para uma poltrona na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, conforme postagem no twitter do seu filho, Flavio, candidato a senador no Rio de Janeiro.
A postagem, ilustrada com uma foto de Bolsonaro, já na poltrona, e fazendo o gesto tradicional de atirador, anuncia que, amanhã (domingo), às 11 horas, no posto 6, em Copacabana-RJ, haverá um "ato pela vida de Bolsonaro".
A postagem segue abaixo transcrita:

- Meu pai segue evoluindo e começou agora a fisioterapia. 
Muito obrigado a todos pela força e pelas orações! 
Pessoal do Rio de Janeiro, amanhã (domingo), às 11:00, no posto 6, tem ato pela vida de Bolsonaro, em Copacabana.
Em breve mais detalhes, tá ok?!
Foto reproduzida da página de Flavio Bolsonaro no Twitter
Para acessar a página de Flavio Bolsonaro no twitter, CLIQUE AQUI.

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

"A dor era insuportável", diz Bolsonaro em vídeo ao agradecer a Deus

Imagem reproduzida do vídeo disponibilizado na Internet
"A dor era insuportável" - diz, em voz profundamente debilitada, o candidato presidencial Jair Bolsonaro, num vídeo disponibilizado no portal do jornal Correio Braziliense. A gravação foi postada na Internet pelo senador Magno Malta, que estava ao seu lado na madrugada de hoje.
Pouco depois, foi transferido da Santa Casa, de Juiz de Fora-MG, para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.
Ele afirma que, inicialmente, achava que era algo mais simples - uma pancada na boca do estômago que o fez lembrar de "uma bolada" que havia sofrido num campo de futebol.
Depois, porém, a dor tornou-se "insuportável" e isso o deixou preocupado.
O vídeo começa com uma oração feita pelo senador Magno Malta, que é pastor evangélico e, em seguida, entra a voz de Bolsonaro, agradecendo a Deus e à "equipe maravilhosa" - médicos e enfermeiros - que o atendeu na Santa Casa de Juiz de Fora".
Antes de terminar, Bolsonaro afirma: "Nunca fiz mal a ninguém"
CLIQUE AQUI para ver o vídeo e ler reportagem completa.

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Primeiro Boletim da Santa Casa de Juiz de Fora sobre Bolsonaro

A Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora - MG - acaba de emitir seu primeiro boletim sobre a situação de Jair Bolsonaro.
Aqui está na íntegra:
O paciente Jair Messias Bolsonaro deu entrada no hospital por volta das 15h40 com uma lesão por material perfurocortante na região do abdômen. Ele foi atendido na urgência, passou por um exame de ultrassonografia e agora está no Centro Cirúrgico. 

Esse comunicado, emitido às 18 horas, foi o único publicado até agora.

ATUALIZAÇÃO - Segundo o portal EM, por volta das 19 horas, Jair Bolsonaro deixou o Centro Cirúrgico e foi conduzido para a CTI da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora-MG.

Pressão de Bolsonaro ao chegar no hspital era de 10 por 3

O candidato ao senado pelo Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro, filho do candidato presidencial Jair Bolsonaro, confirmou, via Twitter, que o quadro de seu pai é mais grave do que parecia no primeiro momento.
Abaixo a transcrição integral de sua postagem: 
- Infelizmente foi mais grave que esperávamos. A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou no hospital com pressão de 10/3, quase morto... Seu estado agora parece estabilizado. Orem, por favor! 
CLIQUE AQUI para acessar o twitter de Flávio Bolsonaro.
Para ver a imagem da faca usada contra Bolsonaro, CLIQUE AQUI.

Preço da gasolina vai ficar congelado 15 dias

O anúncio foi feito pela Petrobras em nota que distribuiu nesta quinta-feira - informal o portal Estado de Minas.
CLIQUE AQUI para saber mais.