sábado, 20 de outubro de 2018

"Bode expiatório" tem uma manhã de brincadeiras no Projeto Amar

A comemoração dos 20 anos do bloco "Bode Expiatório" começou na manhã deste sábado com uma visita às crianças do Projeto Amar, na Vila de Ponta Negra.
Foi uma manhã inteira de brincadeiras, apresentações musicais e distribuição de presentes.
As fotos encaminhadas pela turma do bloco, documentam alguns desses momentos de carinho e afeto entre os integrantes do bloco e a garotada que assistida pelo Projeto Amar.
A primeira prévia do blco neste ano será hoje à noite.
CLIQUE AQUI para ver a programação.





sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Amanhã, dia 20, a festa de aniversário do "Bode"

Abrindo as prévias do Carnaval 2019, o bloco "Bode Expiatório" comemora aniversário e realiza grande festa. 
Será neste dia 20 de outubro, com concentração a partir as 18h, no Divino Boteco Gourmet, em Ponta Negra.
Estão programadas duas atrações musicais: a Banda de Frevo do Negão e, na sequência, toda vibração de Laryssa Costa e banda. 
O evento é totalmente gratuito.

PROGRAMAÇÃO

19h – Orquestra de Frevo Banda do Negão

21h – Laryssa Costa e Banda

Local: Praça Ecológica de Ponta Negra (Praça dos Gringos)

Concentração: Divino Boteco Goumert

Informações
Jaime Dias 99980-3072
Henrique Cavalcanti: 99937-0440

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Desagravo a Aluizio e Agnelo Alves pelo ataque desferido no programa de Fátima

Transcrevo emocionante mensagem que recebi do amigo e colega jornalista Wellington Medeiros a respeito das maldosas acusações formuladas no programa de TV da senadora Fátima Bezerra, candidata do PT ao governo do RN, a respeito da família Alves.
Claro, a indignação maior é quanto aos ataques contra Aluízio e Alves, que já nos deixaram e não têm mais como se defenderem. 
O texto de Wellington segue em letras verdes:

"Amigo, não tem uma peça mais agressiva, injusta e canalha do que a árvore genealógica da família Alves. Esse povo do PT que aqui caiu de paraquedas nos anos 80 não conhece a história do RN e de forma estúpida aprova uma peça de campanha agredindo os que na verdade construíram o Rio Grande do Norte nos últimos 50, 60 anos. Fátima tem que lavar a boca para falar de Aluízio Alves e os que o sucederam. Num debate Carlos Eduardo devia provocar uma retratação. Colocar esse povo na defensiva. Como Bolsonaro tá fazendo. Aliás agridem dois que foram ministros no governo petista. Pura sacanagem. A saudade dos nossos velhos tempos OH!!!


Dia 20, festa de aniversário do "Bode expiatório". Evento gratuito


segunda-feira, 15 de outubro de 2018

RN ganha dois prêmios regionais em concurso do MEC para professores

Dois professores do Rio Grande do Norte - um de Natal e outro de Ceará-Mirim, foram vencedores da Edição Nordeste do "Prêmio Professores do Brasil", promovido pelo Ministério da Educação juntamente com instituições parceiras.
Os premiados são:
Ana Beatriz Câmara Maciel, da Escola Estadual Dr. Graciliano Lordão (Ensino do 1º Grau), de Natal, com o relato "Jovens escritores da Revista Geográfica GL: nossa escola"
E Leandro Silva Costa, do Instituto Federal do Rio Grande do Norte - Campus de Ceará-Mirim (ensino médio) com o trabalho: "A pesquisa científica em sala de aula como prática de aprendizagem, inovação e transformação social".
Outros quatro prêmios regionais sairam para três professores da Bahia (Cristiane Santos de Melo, Rosana Torres da Silva e Tatiane Novais Brito) e um de Pernambuco (Isaias da Silva)
Para saber mais sobre o prêmio, CLIQUE AQUI.

Haddad tem vantagem sobre Bolsonaro na capa do Bandnews

Visitei há pouco o portal da Bandnews TV e encontrei quatro títulos destacando o candidato do PT à presidência da República - Fernando Haddad.
Foram os sequintes:
Voto petista resiste no interior
Haddad afirma q Bolsonaro representa risco para democracia
Haddad estranha quem lutou pela redemocraticação ficar neutro
Haddad faz aceno ao ex-presidente FHC em busca de apoio no segundo turno.
Só um focalizando o líder das pesquisas Jair Bolsonaro:

Jair Bolsonaro faz campanha de casa usando as redes sociais
Para acessar o portal da TV Bandnews, CLIQUE AQUI.

RN pode ter um senador com nome francês. Que luxo!

A primeira consequência de uma vitória da senadora Fátima Bezerra na disputa pelo governo Estado é que o Rio Grande do Norte passaria a ter um senador com nome francês: Jean Paul Prates.
Que luxo...
É o nome do suplente dela no Senado Federal.
Com um nome de lorde desse, só pode ser um profundo conhecedor das dificuldades enfrentadas pela nossa gente.

Crescimento em reta final é sempre sinal de vitória, diz Ney Lopes

Analisando o resultado da pesquisa CERTUS/FIERN divulgado nesta segunda-feira, na qual a maioria de 14 pontos, conquistada no primeiro turno pela senadora Fátima Bezerra, caiu para 6 pontos, o ex-deputado Ney Lopes crava a afirmação que dá título a esta nota: "Crescimento em reta final (de campanha) é sempre sinal de vitória".
Segundo a pesquisa e de acordo com a avaliação de Ney, a maioria dos que votaram em outros candidatos no primeiro turno está migrando para Carlos Eduardo. Foram 170 mil novos eleitores que a ele direcionaram sua intenção de voto do dia 7 pra cá.
Restam ainda mais de 400 mil votos que não foram dados pelos eleitores que preferiram se abster no 1º turno, além de outros quase 300 mil, que foram dados em brancos.
A tendência é que muitos desses eleitores passem a validar seus votos no segundo turno, para evitar o risco do RN tem no governo alguém que não esteja ajudando a construir a vitória do candidato Jair Bolsonaro.
CLIQUE  AQUI para ler o artigo de Ney Lopes na íntegra.

Nêumanne no Jornal da Gazeta: Brasil não vira Venezuela nem voltará à ditadura

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Hoje tem posse na Associação Comercial do RN

Em sessão solene marcada para começar às 19 horas, na sede da instituição - Av. Duque de Caxias (Ribeira) - tomarão posse o presidente Schiavo Álvares, o primeiro vice-presidente Nelson Freire e o segundo vice-presidente Daltro Paiva.
Após a posse será servido coquetel.

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Missa de 7º dia por Arlindo Freire será amanhã, dia 10


Horror à corrupção misturou tudo, diz FHC

Em postagem no twitter, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, afirmou que o horror à corrupção misturou tudo - bons e maus.
E assinalou: "Novo não quer dizer melhor, mas diferente".
O ex-presidente deixou um alerta na sua postagem: "O futuro é incerto".
Mas, destacou:
- O passado, contudo, não volta.
Abaixo, em letras vermelhas, transcrevo, na íntegra, a postagem de FHC:

- A história as vezes abre caminhos a golpes de machado. Muitos dos que mandavam no Congresso caíram nas eleições, um tsunami. Novo não quer dizer melhor, mas diferente. O horror à corrupção levou de roldão bons e maus. O futuro é incerto. O passado, contudo, não volta.

CLIQUE AQUI para acessar a página de Fernando Henrique Cordoso no twitter.

sábado, 6 de outubro de 2018

A hora é de serenidade e pé no chão

Numa hora como esta, de véspera de decisão, com todo mundo querendo ter direito a votar como quiser, mas sem reconhecer nos outros a mesma prerrogativa, os líderes precisam ter os pés no chão.
O que tinha de fazer, fizeram.
Agora, é reconhecer que estão se oferecendo ao povo - não para ganharem um prêmio, mas para carregar a grande responsabilidade de colocar o Brasil nos trilhos.
Têm que estar preparados para encarar, com grandeza e, ao mesmo tempo, com humildade, o resultado que sair das urnas.
Tudo que aconteceu antes, especialmente os ataques, as agressões e até o jogo sujo, deverá ser esquecido e creditado à exacerbação incontrolável da campanha.
O eleito terá a obrigação de honrar os votos recebidos. E reconhecer - nos que o enfrentaram, não inimigos a serem humilhados e/ou exterminados, mas patriotas que também, com todo direito, ansiavam o privilégio de governar o país. Não alcançaram o objetivo, mas engrandeceram a disputa democrática, curvando-se ao julgamento soberano e livre da população.

Grupo Reviver anuncia mutirão de mamografias

Exames serão realizados em Natal e em Mossoró. 
Haverá também mutirão de consultas 
com mastologista e realização de ultrassonografias


O Grupo Reviver inicia, segunda-feira (dia 8), o mutirão de mamografias com a Unidade Móvel Savana Galvão. O público alvo são mulheres a partir dos 40 anos e que serão beneficiadas com a realização gratuita de um dos mais eficazes exames para a detecção do câncer de mama. Este ano, além de Natal, a ação ocorre também em Mossoró. E, nos sábados 13 e 20, acontece o mutirão de consultas com mastologista e realização de ultrassonografias, na capital potiguar. 

Para participar do mutirão de mamografias, as mulheres a partir dos 50 anos devem apresentar os originais e cópia da identidade, cartão do SUS e comprovante de residência, para aquelas entre 40 e 50 anos, é necessário levar também a requisição médica do exame. As fichas serão distribuídas sempre a partir das 7h30, com atendimento das 8h às 18h. 

O mutirão das mamografias do Grupo Reviver com a Unidade Móvel Savana Galvão, começa na segunda-feira (8) e seguem até o dia 12, na Unidade Básica de Saúde do Conjunto Santarém, na Zona Norte. Nos dias 15, 16 e 17 outubro, a Unidade Móvel estará em Mossoró, em frente à Câmara de Vereadores. De volta a Natal, os atendimentos ocorrem nos dias 18 e 19 na Policlínica da Cidade da Esperança, dias 22 a 26 na Unidade Básica de Saúde Rosângela Lima no Jardim Planalto e dias 29 de outubro a 1 de novembro no Centro Clínico Zeca Passos, na Ribeira.

Em parceria com as Clínicas Integradas UNI-RN e médicos voluntários, nos dias 13 e 20 de outubro, a partir das 7h30, acontece também mutirão de consultas com mastologista, realização de ultrassonografias e mamografias. A ação será promovida nas Clínicas Integradas, lateral da Escola Doméstica, no Tirol, e é destinada a mulheres a partir dos 35 anos e, abaixo dessa idade, que possuam algum sintoma, queixa ou apalpação positiva (suspeita de nódulo na mama).

Segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (Inca), é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. 
De acordo com estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), 60 mil novos casos de câncer de mama entre mulheres no Brasil. O Rio Grande do Norte possui uma taxa estimada de 44,06 casos para cada 100 mil mulheres. Além de cuidados com a saúde, como 

*Camiseta*

Seguem à venda as camisetas do Outubro Rosa do Grupo Reviver. Quanto mais peças vendidas mais mulheres beneficiadas com os exames gratuitos. As camisetas estão à venda ao preço de R$ 25,00 nas lojas Mulher Rendeira do Midway e Avenida Afonso Pena e nas lojas Mardelle do Centro, Midway e Partage Norte Shopping. 

Para se ter uma ideia da importância da adesão da sociedade à campanha, em 2017, o número de mulheres atendidas no mutirão de mamografias do Grupo Reviver com indício de câncer de mama quase dobrou em relação a 2016, passando de 8% para quase 15%. O que torna ainda mais importante o engajamento da população. 

*Ações*

O Grupo Reviver mantém durante todo o ano o serviço de ultrassonografia a preços populares somente para cobrir os custos, em parceria com a UNI-RN, nas Clínicas (3215-2960). Mais de mil mulheres já foram atendidas em pouco mais de um ano, com detecção de tumores de mama, ovários e tireoide. 

Além disso, o Reviver promove mutirão de mamografias gratuitas na Unidade Móvel Savana Galvão, nos meses de outubro e novembro, em todas as zonas administrativas de Natal e algumas cidades do interior do Estado. Com os resultados das mamografias em mãos, o Grupo Reviver, desde a primeira edição do mutirão realizada em 2015, acompanha todas as mulheres que necessitam de exames complementares e prestam todos os esclarecimentos e direcionamento quanto ao tratamento. 

A unidade móvel é equipada com um mamógrafo digital e uma reveladora para que os filmes sejam impressos e posteriormente laudados e entregues às pacientes. Em 2015, foram realizados 3.600 exames, em 2016, foram 2.002, e, em 2017, 1707 exames.

O Grupo Reviver iniciou suas atividades, em 2012, por iniciativa de mulheres que tiveram câncer de outras tantas apoiadoras da causa, incluindo profissionais da área de saúde. Em 2013, o Reviver foi certificado como organização da sociedade civil de interesse público (Orcip), é habilitado pelo Ministério da Saúde à prestação de serviços por meio da unidade móvel e está renovando contrato com a Secretaria de Saúde de Natal. Desde 2014, o grupo realiza atendimentos preventivos e de orientações sobre o câncer.

Além da renda das camisetas, o Grupo Reviver já chegou a contar com a colaboração mensal de mais de 300 associadas-contribuintes e atualmente possui apenas 160. Para se associar e contribuir com qualquer valor mensal e para mais informações, acesse http://gruporeviver.com.

*MUTIRÃO MAMOGRAFIAS*

*8 out a 12 out* – UBS do Conjunto Santarém na Zona Norte (Rua Rio Doce, 12) 
*15, 16 e 17 out* - Câmara dos Vereadores de Mossoró
*18 e 19 out* – Policlínica da Cidade da Esperança (Av Pernambuco s/n)
*22 a 26 out* - UBS Rosângela Lima no Jardim Planalto (Rua Santa Beatriz s/n)
*29 out a 1 nov* - Centro Clínico Zeca Passos na Ribeira (Praça Augusto Severo s/n)

*MUTIRÃO CONSULTAS E ULTRASSONOGRAFIA*
13 out *e* 20 out – UNI-RN mutirão de médicos e ultrassonografia (Rua Prefeita Eliane Barros, 2000, Tirol //rua lateral à Escola Doméstica) 
Texto e foto encaminhados por Flávia Urbano.
Unidade Móvel Savana Galvão para realização de
mamografias estará na  Zona Norte de Natal
de 8 a 12 de outubro e, em Mossoró, de 15 a 17


sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Uma pena Alckmin não ter emplacado

Uma pena a campanha do governador Alckmin não ter emplacado.
Um grande governador de São Paulo - eleito e reeleito duas vezes, tendo conquistado nas urnas, portanto, quatro mandatos, estava mais do que credenciado a ser um bom presidente do Brasil.
Mas, não deu.
Não conseguiu se viabilizar como candidato.
Por que?
Confesso que não sei.
Mas, se essas pesquisas repetidamente divulgadas estiverem certas, não deu mesmo.
Aliás, muito me surpreende que marqueteiros pagos a peso de ouro, tenham levado seus candidatos - e não apenas o governador Alckmin - a uma verdadeira desmoralização eleitoral.
Será que eles não sabiam que a sociedade está vivendo um novo momento?
Todos ficaram na mesmice e o resultado não poderia ser outro: o candidato que caiu no gosto do povo foi exatamente aquele que não teve recursos para contratar marqueteiro. 
Resta um consolo aos candidatos: No que dependia deles, fizeram o que estava ao seu alcance. Não se omitiram. Vieram enfrentar o desafio da disputa.
Se não conseguiram se viabilizar... peço menos tentaram.

Votação no 1º turno exigirá 25 digitações na urna eletrônica

È fundamental que cada eleitor leve sua cola para votar no próximo dia 7.
Cada eleitor terá que digitar um total de 25 vezes na urna eletrônica a fim de garantir todos os seus votos.
São seis votos no total.
Dois para deputados, 
sendo um federal e o outro estadual. 
Para federal, cada candidato tem um número de quatro dígitos. E será necessário digitar, também, a tecla verde "CONFIRMA".
o outro será para deputado estadual. São cinco dígitos do número do candidato, mais um da tecla "CONFIRMA".
Depois vêm os dois votos para o Senado:
Tanto para o primeiro quanto para segundo senador, são números de três dígitos cada um, mais o da tecla "CONFIRMA", o que dá um total de oito digitações.
Os dois últimos votos são para governador e presidente da República.
Tanto para governador quanto para presidente da República, cada candidato tem um número com dois dígitos, mais duas digitações na tecla "CONFIMA", totalizando, portanto, mais seis digitações.
Então eis a cola, na ordem de votação:
Para deputado federal (número com 4 dígitos) ----
Para deputado estadual (número com 5 dígitos) -----
Para primeiro senador (número com 3 dígitos) ---
Para segundo senador (número com 3 dígitos) ---
Para governador (número com 2 dígitos) --
Para presidente da República (número com 2 dígitos) --
No total - os seis votos totalizam 25 digitações - sendo 19 relativas aos números dos candidatos e seis referentes à tecla CONFIRMA.
Aproveite o seu voto. Ouça a voz de sua consciência. O Brasil agradece.

"Bolsonaro vai no embalo da ventania", diz FHC

Em postagem que fez hoje no twitter o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso postou a seguinte mensagem sobre o que viu no debate da Globo na noite passada:

"Segui o debate ontem. Impressões: Bolsonaro, sem voz, vai no embalo da ventania; Haddad, parece que tudo começa e acaba na máscara do Lula; Ciro, charmoso, a biruta leva; Alckmin, experiência e sensatez em momento de exasperação; Marina, um grito parado no ar. O resto é silêncio".

Para acessar a página de Fernando Henrique Cardoso no twitter, CLIQUE AQUI.

A chance que Temer perdeu

A grande chance proporcionada por essa eleição foi dada ao presidente Michel Temer.
E ele a perdeu.
Claro: Sob a minha visão.
Através do impeachment da titular do cargo, ele recebeu o comando do país num momento extremamente delicado - de radicalismo político e de dificuldades na economia.
Sua principal missão deveria ter sido dupla - pacificar o país e, através dessa pacificação, chegar às reformas.
Começou bem.
Mas, pisou na bola por ter deixado subir à cabeça a sensação do dever cumprido logo aos primeiros sinais de que estava no caminho certo.
E deu mostras de que, ao contrário do que país esperava, iria partir pra reeleição.
O resultado está aí. O radicalismo político agravado, a esperada e desejada estabilidade econômica estancada.
Neste final do governo, o presidente bem que poderia deixar de lado tudo o que possa gerar polêmica - inclusive respostas desnecessárias às críticas que recebe - e cuidar de sair em paz com a Nação.

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

É cedo qualquer lado cantar vitória

Na lista de provérbios relacionados com momentos eleitorais tem um que considero emblemático, definitivo:
- Na eleição e na mineração, só se conhece o resultado depois da apuração.
Acho isso muito verdadeiro e prefiro me apegar nas dúvidas do que acreditar em pesquisa.
Especialmente nessas deste ano, que transmitem - quase que de forma explicita - uma após outra, a clara impressão de que estão sendo feitas muito mais para inflar determinadas candidaturas do que, simplesmente, medir a tendência das intenções de votos no momento em que se realizam.
Ainda existem muitos detalhes imponderáveis.
Por exemplo: 
1) Quem poderá garantir a lisura das votações em sessões onde não chegará nenhum tipo de fiscalização independente?
2) A que nível chegará a abstenção?
3) Quem vai perder mais com o voto que não será levado à urna? E com aqueles que serão dados em branco ou anulados?
Enfim, neste momento que ainda é de muita incerteza, "cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém"