sábado, 30 de dezembro de 2017

Medidas que protegem animais domésticos na noite do reveillon

Andreia Verdélio
Repórter da Agência Brasil

A queima de fogos na virada de ano é tradição em muitas cidades do país. Mas o que é motivo de alegria e deslumbramento entre as pessoas, acaba sendo um momento de desespero para os animais, silvestres e domésticos. É possível, entretanto, criar um ambiente seguro para os animais de estimação, para minimizar os riscos de fuga ou para evitar que eles se machuquem.

“A nossa capacidade humana de perceber o mundo não é a mesma dos animais. A sensibilidade de audição e visão pode ser mais ou menos apurada para cada espécie. Nós temos uma capacidade de um gradiente de cores muito mais complexo que a maioria dos animais, mas a percepção auditiva deles é mais apurada que a nossa”, disse a médica veterinária Vânia Plaza Nunes, diretora técnica do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal e especialista em comportamento e bem-estar animal.

Os riscos para os animais, segundo Vânia, são vários. A luz e o brilho dos fogos de artifícios podem causar mais impacto nos animais noturnos por exemplo, como os morcegos e os gatos. “Eles têm uma acuidade visual muito grande, então pouca luz já é suficiente. Então aquilo [fogos] causa pânico, porque foge ao padrão normal a que eles estão acostumados", explicou.

Para o olfato, as bombas e fogos também são prejudiciais, pois liberam pólvora e outras substâncias químicas e metais. Mesmo quando os fogos são disparados de balsas no mar, como no Rio de Janeiro, as substâncias se depositam na água, onde também há muitas espécies de animais.

“Com o som, o problema é mais grave ainda”, disse a especialista, pois eles captam os infrasons e os ultrasons, que não são percebidos pelos humanos. “Os morcegos usam isso para se orientar. Se você solta fogos em área perto de mata, eles vão perder a capacidade de voar, podem cair, entrar na casa das pessoas. Para os cães e gatos aquilo também não faz parte do comportamento normal, eles ficam muito assustados”, explicou Vânia.

Segundo a médica veterinária, nesses momentos, os animais têm o chamado comportamento de luta e fuga, que é o comportamento instintivo que todos os seres vivos têm para tentar se defender. Ela explicou que, assim como os animais, pessoas com autismo e crianças pequenas também se incomodam com os efeitos dos fogos.

Preparando o ambiente

Vânia dá dicas que podem ser adotadas para amenizar o estresse e evitar que os animais fujam ou se machuquem. Nas horas mais próximas à virada, para quem ainda tem aves em gaiola, ela orienta a deixá-las em um ambiente fechado e supervisionar os animais. “Deixar água suficiente apenas para beber, mas sem risco de se afogarem caso sofram uma queda”, disse.

Para cães e gatos não é recomendado administrar calmantes, mas, uma semana antes do Réveillon, eles podem usar florais de Bach, que são extratos naturais que ajudam a acalmar. “E sempre que possível, procurar orientação do veterinário”, disse Vânia.

Segundo ela, com antecedência, é possível preparar um ambiente confortável para o animal de estimação e, aos poucos, ir acostumando-o com esse ambiente. É importante não deixar objetos que ele possa derrubar e não deixar portas ou janelas abertas, mas evitando que o ambiente fique excessivamente aquecido. Também existem os feromônios de apaziguamento, que podem ser colocados no ambiente para deixá-lo mais harmônico. Essas substâncias podem ser encontradas nas boas casas de produtos veterinários.

A especialista recomenda ainda colocar uma música ambiente em uma intensidade que vai competir um pouco com o som externo. “E, se possível, a pessoa pode ficar junto, porque a companhia acalma o animal. Mas tomando cuidado para não reforçar o comportamento de medo para o animal”, explicou.

Existe ainda uma técnica de enfaixar o cachorro, que funciona como um abraço, e pode trazer tranquilidade nos ambientes hostis. Segundo Vânia, a faixa levemente elástica deve passar pelo peito do cão e cruzar e amarrar nas costas.

Mudança de comportamento

Para Vânia, as pessoas poderiam abolir os fogos de artifício como forma de diversão. “Talvez usar os recursos de uma forma melhor, empregar o dinheiro para minimizar os danos ambientais e criar outros mecanismos de celebração social”, disse. “Mesmo estando no século 21, continua-se reforçando esse tipo de prática. Está na hora de mudarmos esse marco civilizatório”.

Segundo a especialista, muitas cidades estão conseguindo avançar em projetos de lei que regulam a comercialização e queima de fogos de artifício, como Campinas, Santos e Sorocaba, todas no interior de São Paulo. “Tem uma minimização, mas não resolve o problema”, disse.

São Gonçalo abre vagas para comissionados visando a eleição de 2018

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante-RN publicou decreto do prefeito Paulo Emídio de Medeiros demitindo todos os ocupantes de cargos comissionados.
Pelo texto, datado de ontem, dia 29, só escapam 1) os servidores que estiverem encostados por licença médica; 2) servidoras em estado de gravidez; e 3) servidoras que se encontram em gozo de licença gestante.
O mesmo decreto também exonera todos os dirigentes da administração indireta.
Está na cara que essas entidades da administração indireta não poderão ficar sem um comando oficial.
Um atento observador do quadro político-administrativo avisa a quem não conhece a atual realidade são gonçalense, que a atitude do prefeito nada tem a ver com qualquer demonstração de responsabilidade fiscal.
- Todos os cargos vagos agora, em questão de dias, estarão preenchidos.
Acrescenta que o prefeito só vai querer "gente de futuro", isto é, que "tenha voto" e que assuma compromisso com a candidatura de dona Terezinha, a esposa dele, a quem prometeu eleger deputada estadual.
E prossegue: 
- Aliás, este é o caso de muitos dos demitidos. Inclusive a maioria tem residência oficial em outros municípios. Vários ou quase todos poderão voltar. Mas, de cada um, Paulinho quer ouvir o compromisso de apoio, e a cada um desafiará com a apresentação de metas voltadas para o fortalecimento do nome do dona Terezinha.
Nas rodas políticas de São Gonçalo, um dos assuntos em alta é exatamente a "capacidade estratégica" do prefeito e sua ousadia, em não hesitar transformar o seu poder numa máquina de fabricar votos.

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Tropas das Forças Armadas começam a chegar ainda hoje

O governo do Estado anunciou, através do seu portal, que ainda hoje - "até o fim do dia", 500 militares das Forças Armadas estarão realizando patrulhamento ostensivo na região metropolitana de Natal e em Mossoró.
O portal do governo atribui essa informação ao ministro da Defesa, Raul Jungmann.
Acrescenta que outros 1.500 homens do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, chegarão nas próximas 48 horas, isto é, até o próximo domingo.

São Gonçalo contrata professor com jornada menor pra não pagar o piso

A Prefeitura de São Gonçalo contrata professores com jornada de trabalho inferior a 40 horas semanais para não ser obrigada a pagar o piso integral.
Segundo integrante do SINTE-SG, essa atitude "não é ilegal". Mas - segundo acrescentou -"é imoral".
E explicou:
- É imoral, visto que é o único município do RN com essa prática. Porém, não é ilegal.
De acordo com a mesma fonte isto vem acontecendo desde a administração do prefeito anterior e a prática prossegue com o atual.
A partir do dia 1º, professores do ensino básico com jornada de 40 horas por semana, terão direito a um piso salarial de R$ 2.435,35/mês.

REPERCUSSÃO
Após ler essa nota aqui no blog, o jornalista Emanoel Barreto, que é professor da UFRN, escreveu em sua página no twitter:
- Lamentável. Indigno. Humilhante. Revoltante. Cruel. Desonesto. Imoral. Uma prefeitura que dá lição de trapaça com a educação.

Comandante do Exército afirma que motivação da tropa está num "salário continuado e condigno"

Em postagem no twitter, o comandante do Exército, General Vilas Boas, cobrou "pagamento continuado (ou seja, sem atraso) e condigno" como forma de manter a motivação profissional do militar.
Na íntegra, a postagem do general tem o seguinte teor:
- A motivação profissional do militar abarca a habilidade técnica de usar a violência em nome do Estado e a obrigação social em prol da Sociedade. À sociedade exige-se garantir essa motivação elevada ao oferecer pagamento continuado e condigno, na ativa e na inatividade.

Temer manda o Exército acudir o RN

O governador Robinson Faria postou em sua página no twitter o seguinte aviso:

As tropas do exército começam a atuar na segurança da população do RN a partir deste sábado. Acabo de receber uma ligação do presidente Temer confirmando o atendimento ao nosso pedido.

Meu comentário:
Deus queira que essa nova promessa do presidente anunciada pelo governador, não seja igual à da Medida provisória dos 600 milhões que sairia no dia do natal.

Morre em Natal o saxofonista João Luís de França

Faleceu, hoje, em Natal o saxofonista João Luís de França, aos 97 anos.
Foi integrante da orquestra da Rádio Poti e participou de grandes festas nos principais clubes da cidade, como América, ABC e Aero, acompanhando nomes famosos da nossa música, como Glorinha Oliveira e Lucinha Lira.
França deixa os filhos José Humberto, Marcelo, Fátima e a dra. Maria José França Montenegro, que é dentista.
O sepultamento está marcado para às 16 horas no Cemitério de Nova Descoberta.

Prefeito de São Gonçalo revela que pagou em dia todos os salários

Recebi da Secretaria de Comunicação de São Gonçalo a seguinte nota:

- Apesar da crise financeira que enfrenta o país, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN encerra o ano de 2017 com o pagamento do funcionalismo público em dia. Os servidores municipais receberam os vencimentos de dezembro nesta quinta-feira (28). O 13º salário também foi antecipado e quitado no início do mês.  
“Conseguimos fechar o ano com todos os salários pagos dentro do mês trabalhado. Não foi fácil. Fizemos diversas economias e até decreto de contenção de gastos para conseguir honrar com nossos funcionários”, ressalta Paulinho.
O pagamento do 13º salário dos servidores efetivos foram antecipados (sic) ainda no mês de novembro. Já os cargos comissionados receberam no início de dezembro. 

Faleceu a mãe do Monsenhor Lucas, dona Julieta

Faleceu nessa noite, no Hospital do Coração, em Natal,  a mãe do Monsenhor Lucas, dona Julieta Cristina de Araújo. Estava com 99 anos e 11 meses.
Velório no Cemitério Morada da Paz, onde às 11 horas será celebrada missa de corpo presente. Em seguida, o sepultamento.
Além do Monsenhor Lucas, são filhos de dona Julieta: Godofredo Lucas, Jesuína Luvas, João Lucas, Cristina Lucas, Ana Lucas, Jerônimo Lucas, Marcos Lucas e Mateus Lucas.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Robinson diz que está lutando para pagar os salários

Após exposição que fez sobre a realidade estadual, durante almoço com o Sinduscom-RN, o governador Robinson foi indagado por uma repórter sobre o que teria a dizer diante do  momento de angústia enfrentado pelo servidor público potiguar.
E respondeu:
- O que eu posso dizer é que estou lutando como nunca, né, dedicando praticamente a minha vida, morei praticamente um mês em Brasilia, de gabinete em gabinete, como acabei de relatar no meu discurso, que você ouviu agora, no almoço do Sinduscom. E que não vamos perder a esperança. Estou lutando, encontrando maneiras dentro da lei, para que possamos colocar esses salários em dia - que é o maior desafio do governador - é colocar o salário em dia. Eu não sou culpado. A crise do Brasil não foi fabricada por mim. Tão pouco a do meu estado. Eu herdei essa crise - caiu no meu colo. Sete anos de seca, Petrobras fechou há dois anos atrás as atividades, perdemos os royalties. Tudo isso de uma só vez. E a frustração de repasses da União para o Estado. Então, eu fiz um relato aqui, dando uma explicação que é a minha obrigação à população. Mas, o servidor ele tem todo direito - até de ficar com raiva. Eu compreendo esse momento dele. E estou solidário a eles. Muito embora eu sofra ataques, mas eu compreendo esses ataques. Eu compreendo o pai de família angustiado, sem receber o salário. Então, por isso é que estou lutando pensando neles. Eu também tou angustiado. Eu também tou triste. Porque eu queria tá numa hora dessa, com o salário em dia. Mas, é o realidade do Brasil hoje. O Brasil atravessa a pior crise da sua história. O Ministro Meireles disse lá em Brasilia, no jantar com os governadores que essa é a pior crise da história do Brasil, como alguns países viveram. Como a Espanha viveu recentemente, Portugal viveu, Estados Unidos viveu, a Grécia viveu e nós estamos vivendo no Brasil. Mas, nós não somos um estado industrial. Não é como o Ceará que tem muita indústria, Pernambuco tem muita indústria, a Bahia tem muita indústria. O Rio Grande do Norte não tem indústria. Então, temos que depender um pouco da União. E na hora que depende da União você tem que ter também a boa vontade da União.

COMPLEMENTO
O almoço do Sinduscom foi quarta-feira, No Ocean Palace.

COMENTÁRIO:
Após ler a declaração do governador, o amigo Francisco Alves postou, em sua página no twitter, o seguinte comentário:
O gov @RobinsonFaria falou em crise hoje, que não tem culpa; Grécia, Espanha, Portugal além do Brasil sofreram, Estados Unidos tbm. Ele que já foi a Colômbia constatar o sucesso na segurança pública, bem poderia ir aos estados vizinhos da Paraíba e Ceará, esbanjam prosperidade

Piso dos professores do ensino básico chega a R$ 2.455,35

Saiu há pouco na Voz do Brasil:
O piso nacional de salário dos professores da educação básica (jornada de 40 horas semanais) chega a R$ 2.455,35, a partir de 1º de janeiro.
O valor corresponde a um reajuste de 6,8% sobre o piso pago neste ano de 2017.

Dono da Cosern ganha 1 bi e 200 milhões de euros graças a Donald Trump

A notícia está no portal do jornal espanhol El Pais.
Os ganhos resultado da reforma fiscal proposta pelo presidente estadunidense, Donald Trump, recentemente aprovada pelo Congresso.
A notícia acrescenta que a Iberdrola (grupo que controla a Cosern) atua nos Estados Unidos através da Avangrid, que é o segundo maior operador eólico da nação norte-americana.
Essa empresa opera em 25 Estados e conta com ativos da ordem de 31 bilhões de dólares.
Saiba mais lendo a reportagem completa (em espanhol) no saite do El Pais. CLIQUE AQUI.

Duarte Junior volta à Rádio Rural a partir do dia 2

O portal da Arquidiocese de Natal está publicando a seguinte notícia:
"A manhã da Rádio Rural de Natal 1090 AM ganhará uma novidade, a partir do dia 2 de janeiro de 2018. O radialista Duarte Júnior retorna à emissora católica, pela qual iniciou a carreira em 1976.
Experiente comunicador com mais de 40 anos de profissão, Duarte Júnior será responsável pela apresentação do programa “Amigos da Rural”, ao lado da jornalista Danny Nunes, que já comanda a atração. Porém, o programa será levado ao ar de segunda a sexta-feira, das 10h às 12 horas. Com essa mudança, os programas “Amigos de Fé” e “Rezando com a Igreja” deixam a programação.
O programa, que terá uma nova concepção artística, contará com a interação dos ouvintes pelo whatsapp (84) 98111-9190 e pelo telefone 3211-7372, além de diversos quadros, prestação de serviço, boletins jornalísticos e a participação de padres, agentes pastorais e profissionais liberais, que serão colunistas da atração matutina.
Em 2018, a Rádio Rural de Natal passará a funcionar em FM e adotará o dial 91,9, mantendo o trabalho de evangelização e ampliando a mensagem da “Sintonia do Bem”.
Danny Nunes e Duarte Junior (Foto Jocaff Souza/Reprodução)

TCE-RN recebe solidariedade de outros tribunais

O presidente do Tribunal de Contas do RN, Gilberto Jales, recebeu mensagens de solidariedade de colegas de outros Estados diante da nota de esclarecimento que emitiu mostrando que a instituição não se omitiu diante de atos de irresponsabilidade fiscal praticados pelo governo do RN, como alegado pelo procurador do TCU Júlio Marcelo.
CLIQUE em cima para ler:
TCE aponta erros do governo e nega conivência

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Ney Lopes advoga reação da bancada federal contra Temer

O ex-deputado federal Ney Lopes defendeu nesta quarta-feira, em artigo na Tribuna do Norte, que a bancada federal assuma uma posição de protesto contra o governo Temer, diante da negativa da ajuda prometida ao governa Robinson Faria de 600 milhões de reais.
- O gesto digno da bancada federal - diz ele - será afastar-se imediatamente do governo Temer, em sinal de protesto e assumir uma posição de independência, devolvendo cargos e benesses.

Robinson chega ao fim do 3º ano literalmente atolado

O governador Robinson Faria chega ao final do seu terceiro ano de governo literalmente atolado.
Atolado em problemas.
Foram três anos perdidos para a tarefa de restabelecimento do equilíbrio fiscal do Estado. Aliás, não foi dado um único passo concreto com esse objetivo.
Robinson fez a campanha e assumiu o governo dizendo que o problema do Estado não era de falta de recursos. Era de gestão.
Ele ia mostrar como é que se faz - dizia.
E exemplificava. A crise nos hospitais iria resolver, pessoalmente, colocando o seu birô nos corredores do Walfredo Gugel.
Todos sabem que, sob a gestão de Robinson, a questão da saúde como um todo e a de superlotação dos hospitais em particular só fizeram piorar.
O mesmo pode-se dizer da segurança pública. Nem se fala mais na "Ronda cidadã".
Tão logo assumiu, Robinson demonstrou que faria um governo não digo irresponsável, mas,  no mínimo, temerário em matéria de responsabilidade fiscal.
Para provar que dinheiro não era problema, simplemente meteu a mão em recursos da previdência social logo no primeiro mês da gestão - e no segundo - e no terceiro - até que o dinheiro acabou. 
Esse dinheiro - teoricamente - ele vai ter que repor. Mas, como o fará? Nem o diabo sabe.
É diante dessa incerteza que ele chega ao final do 3º ano de governo.
Devendo 3 meses de salário de 2017 (novembro, dezembro e o 13º). 
Infelizmente, para os servidores que precisavam (por necessidade) acreditar na sua basófia de que cairia do céu uma ajuda do governo federal.
Nenhuma pessoa de bom senso podia acreditar nesse milagre. Não por perseguição ou por maldade do governo federal. Simplesmente porque, mesmo que estivesse sobrando dinheiro em Brasilia (e todos sabem que não está), a Constituição e a Lei de Responsabilidade Fiscal proibem.
Agora, é fato, o governo federal acena com a intermediação do um empréstimo. Mas, ninguém pode se iludir. 
Um empréstimo desses enfrenta um longo processo de negociação.
Até porque, quem o emprestar, precisa ter a garantia de que vai receber.
Assim, até que esse empréstimo venha a sair, muito tempo ainda terá que passar, até que o estado do RN, primeiro, demonstre que fez a sua parte no processo de ajuste fiscal; e, segundo, que o governo Robinson comprove que terá condições de pagá-lo.

Governo federal não pode fechar os olhos para o RN", diz Beto Rosado

Ao ser informado da negativa do Governo Federal em liberar os R$ 600 milhões em ajuda financeira para o Rio Grande do Norte, o deputado federal Beto Rosado (Progressistas) propôs uma reunião entre a bancada do RN em Brasília, o governador Robinson Faria (PSD) e o presidente Michel Temer (PMDB) para debater a situação. 
“A ajuda do Governo Federal é importante para resolver essa situação lamentável do atraso no pagamento dos servidores. É uma questão emergencial. Precisamos unir forças e pressionar o presidente em busca desses recursos”, declarou o parlamentar. 
Para Beto, o parecer de um procurador do Ministério Público de Contas (MPTCU) não pode ser usado como justificativa para negar ajuda a milhares de servidores que estão passando dificuldades. “Parecer é uma recomendação e não uma decisão. O Governo Federal não pode fechar os olhos diante da situação do nosso Estado”, opinou.
Texto e foto encaminhados pela Assessoria de Imprensa do deputado Beto Rosado.


TCE aponta erros do governo do RN e nega conivência

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte vem atuando firme em defesa da Lei de Responsabilidade Fiscal. Não somente com relação ao Executivo Estadual. Prova disso são as várias auditorias realizadas e em andamento, provocadas por representações do Ministério Público de Contas ou por determinações do Pleno. Sempre proferindo decisões necessárias para os ajustes das contas públicas do Estado, conforme mostram os seguintes pontos:

1) Auditorias realizadas e decisões tomadas nos últimos anos para que o governo do Estado viesse a adequar seus gastos com pessoal.
2) Suspensão de saques do fundo da previdência dos servidores estaduais (FUNFIR) e determinação para adoção de medidas imediatas, por parte do Executivo, de adequação dos gastos de pessoal aos limites da LRF, com prazo para informar as providências que tomou para diminuir o comprometimento das receitas correntes com gastos de pessoal.  
3 - Auditoria apontando que o atraso de salários do Poder Executivo do Estado foi resultado do crescimento expressivo das despesas com pessoal e de uma série de impropriedades e irregularidades no planejamento e execução orçamentária.
4- Restrição à abertura de certames públicos quando o ente está em desequilíbrio financeiro e intervenção em todos os concursos públicos do Poder Executivo Estadual realizados nos últimos anos, no sentido de garantir que o Estado tenha condições de suportar os gastos com novos servidores.
5) Emissão de parecer prévio pela desaprovação das contas anuais do Executivo Estadual referentes ao exercício 2016.
6) Inédito acompanhamento concomitante das contas de governo, por meio de auditoria dos dados apresentados no Relatório Resumido de Execução Orçamentária e no Relatório de Gestão Fiscal, cuja atuação gerou cautelares determinando ao Executivo Estadual a adoção de uma série de medidas com a devida publicação e comprovação perante a Corte de Contas, sob pena de aplicação de multa, pessoal e diária.
7) Por fim, entrega ao Executivo Estadual de relatório minucioso para definição de medidas contra a crise no Estado.
Portanto, afirmações contrárias a essa realidade carecem de melhor aprofundamento sobre a realidade do Estado. O TCE/RN tem a certeza de que vem atuando com firmeza dentro de suas atribuições legais. 

Já dizia Firmino Moura

- A nega pensa que é assim...
Em situações como a atual do Rio Grande do Norte - um estado quebrado, sem segurança, sem saúde, sem qualquer perspectiva, salários atrasados... E chegava o responsável pelo desastre botando a culpa nos outros, acenando com um milagre que ia resolver tudo, o saudoso amigo Firmino Moura repetia sempre essa expressão:
- A nega pensa que é assim.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Robinson precisa acordar e deixar de sonhar

Urge que o governador Robinson Faria acorde, deixe de sonhar e passe a encarar a realidade.
De uma coisa ele precisa se conscientizar: Se o seu governo não fizer (primeiro) o dever de casa, esqueça qualquer tipo de ajuda do governo federal.
Outra coisa: Esqueça essa história de que virá dinheiro a fundo perdido. Não virá. É só ler o que disse a secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi.
O dinheiro - se vier - será em forma de empréstimo a ser definida depois que o governo  do RN fizer a sua parte no ajuste fiscal.
Outra questão da qual o governador também precisa se conscientizar - a burocracia para a liberação de um empréstimo desses é demorada. Não é coisa que se resolva do dia para a noite, como Robinson deseja e precisa.
Então, trate Sua Excelência de descobrir outra forma de fazer dinheiro com rapidez. O que, sem dúvida, não é fácil nos dias de hoje.

Fazenda acena com empréstimo ao RN mas exige ajuste fiscal

Wellton Máximo 
Repórter da Agência Brasil

A equipe econômica não está disposta a ajudar o Rio Grande do Norte –  que enfrenta greves de policiais, bombeiros e servidores públicos com salários atrasados – com recursos do Orçamento, disse hoje (26) a secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi.
Uma equipe técnica do Tesouro Nacional foi enviada ao estado para analisar a situação das contas do governo local e conceder um empréstimo em troca de um programa de ajuste fiscal.
Segundo Ana Paula, o Tesouro está atuando em parceria com o Banco Mundial para elaborar um plano de modernização da gestão pública no Rio Grande do Norte. Ela não deu prazo, mas disse que a missão será concluída no início de 2018. Na semana passada, a Fazenda vetou o socorro de R$ 750 milhões do Orçamento da União ao estado.
De acordo com a secretária do Tesouro, existem diversas unidades da Federação com dificuldade para manter a prestação de serviços públicos, mas o governo federal precisa tratar todos os estados com isonomia. Ela disse que esse será um projeto-piloto que pode ser estendido a outros estados em dificuldade financeira que não cumprem os requisitos da lei que instituiu o Programa de Recuperação Fiscal por terem dívidas baixas.
“Temos respeito ao que acontece com a sociedade potiguar, mas temos balizas legais e institucionais a serem observadas. Temos um arranjo estabelecido para gerar equilíbrio na relação entre o governo federal e os estados, mas temos balizas legais e institucionais a serem observadas. Temos preocupação em gerar isonomia no tratamento entre os entes federativos”, declarou.
Segundo Ana Paula Vescovi, o Rio Grande do Norte chegou à atual situação por enfrentar problemas estruturais nas contas públicas, com despesas obrigatórias crescentes e excesso de receitas vinculadas (que só podem ser gastas em uma única finalidade). “O estado não pode ser admitido no Programa de Recuperação Fiscal [como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais] porque tem baixíssimo endividamento e quitou a dívida de 1997 [ano em que começou a renegociação da dívida dos estados] com a União”, explicou.
Na avaliação da secretária, não adianta oferecer socorro financeiro ao estado sem enfrentar as causas que levaram à crise nas contas. “O que precisa ser enfrentado no Rio Grande do Norte é estrutural. Existe um crescimento das despesas obrigatórias, principalmente no campo previdenciário. A reforma [da Previdência] é essencial para recuperar o equilíbrio de vários estados. Também existe um problema de receitas vinculadas”, declarou.

Rio Grande do Sul
Em relação ao Rio Grande do Sul, cujas negociações com a União foram retomadas na semana passada, Ana Paula Vescovi disse que o principal impasse no momento consiste em harmonizar as estatísticas de gastos com servidores públicos locais às normas do Tesouro e da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Depois de o Rio Grande do Sul refazer as estatísticas, disse a secretária, o estado deverá elaborar uma proposta de pré-acordo e de plano de recuperação fiscal, que será avaliada pelo Tesouro. “Essa avaliação se dará com base na lei que criou o Programa de Recuperação Fiscal para estados com problemas de liquidez”, explicou.

Robinson revela o que provoca a maior crise da história do RN

A Assessoria de Comunicação do Governo do RN revelou que o governador Robinson Faria apresenta, ainda nesta terça-feira, em Brasilia, um pedido ao ministro da Fazenda, Henrique Meireles, para que reveja sua decisão contra a emissão de Medida Provisória que concederia ajuda financeira de 600 milhões de reais.
No documento, não é feita qualquer referência à necessidade que o Estado tem desses recursos para diminuir o atraso no pagamento de salários aos servidores. Diz que se destinarão "à manutenção dos serviços essenciais à população".
Assinala que o RN por extrema dificuldade financeira "gerada por uma combinação de fatores que inclui:
1 - Crise econômica
2 - Redução de repasses federais
3 - Seca prolongada
4 - Queda drástica na receita vinda de royalties e
5 - Aumento do deficit previdenciário.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Servidores de Mossoró receberam este ano 14 salários e 2 décimos terceiros

Li há pouco na coluna do jornalista César Santos, no Defato.com:
A prefeita Rosalba Ciarlini termina o ano de 2017 com a consciência do dever cumprido: 
1) Pagou em dia os 12 meses do ano e o 13º aos servidores públicos de Mossoró e, ainda:
2) os meses de novembro e dezembro e o 13º de 2016 que o seu antecessor deixou sem pagar.

domingo, 24 de dezembro de 2017

Em instantes, a missa de Natal celebrada pelo Papa Francisco

Hoje, às 18,30: Missa do Natal com o Papa Francisco

Estaremos com imagens ao vivo, direto do Vaticano. Não perca.
Atenção - o horário citado no título (18,30) refere-se ao horário de verão. Nos Estados que não adotam o horário de verão, como é o caso do RN, a missa começará às 17,30.

Maria permaneceu modesta diante da perspectiva de ser mãe do Messias - lembra o Papa

A poucas horas do Natal – 
cuja Vigília será celebrada na Basílica de São Pedro – 
o Papa comentou a narração de Lucas 
em que o anjo anuncia a Maria 
que conceberá um filho, que será o Messias.

Cristiane Murray 
Cidade do Vaticano

Para acolher o projeto de Deus, como fez Maria, é preciso humildade e generosidade, a mesma atitude de seu Filho quando veio ao mundo. Foi o que explicou o Papa antes de rezar o Angelus, da janela de seu escritório com os fiéis que participaram da oração, na Praça São Pedro.
“Uma frase breve, que não fala de glória, de privilégio, mas somente de disponibilidade e serviço. Maria não se exalta diante da perspectiva de se tornar a mãe do Messias, mas permanece modesta e expressa a sua adesão ao projeto do Senhor. Maria não se vangloria, é humilde e modesta, como sempre". 
“Este comportamento – ressaltou o Papa – nos faz entender que Maria é realmente humilde e não tenta se mostrar; reconhece que é pequena diante de Deus e feliz por ser assim. Ao mesmo tempo, sabe que de sua resposta depende a realização do projeto de Deus”.

Deus exalta os humildes
“Maria – comentou o Papa – se revela a colaboradora perfeita do projeto de Deus e no Magnificat proclamará que ‘Deus exaltou  os humildes’”.
“Admiramos nossa Mãe por sua resposta ao chamado e à missão de Deus e peçamos a ela que ajude cada um de nós a acolher o projeto de Deus em nossas vidas com sincera humildade e corajosa generosidade”, concluiu o Papa.

sábado, 23 de dezembro de 2017

Vamos ajudar a cirurgia da Vivi. Ela precisa. Contribua com R$ 10,00

Ela precisa da cirurgia visual a fim de poder
tentar realizar
o sonho de ingressar na Escola de Especialistas
de Aeronáutica. Foi aprovada no primeiro
concurso que prestou, mas ficou no exame de vista.
Precisa da cirurgia para uma segunda tentativa.
Contribua depositando nas contas anunciadas
na ilustração acima: BB ou Caixa.

Mossoró é a capital de uma região com 1.135 municípios em 9 Estados

A Lei nº 13.568, aprovado pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Michel Temer no último dia 21, eleva a cidade de Mossoró ao status de "capital do semi-árido". 
Na realidade, a disposição legal transforma Mossoró numa espécie de super-capital, representando nada menos que 1.135 municípios e ocupando uma área de 974 mil 752 quilômetros quadrados, o que representa 18,2% do território nacional, de acordo com o portal wikipedia.
Esses municípios compreendem 86,48% da região Nordeste e 13,52% do Sudeste, distribuídos por 9 Estados - Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.
Segundo o portal "ASA - Articulação Semiárido Brasileiro", o IBGE atribuiu à região, em 2014, uma população da ordem de 23 milhões e 800 mil habitantes. Se fosse um Estado teria a segunda maior população entre os demais - só inferior à de São Paulo.
O semiárido sucede, de forma ampliada, o antigo Polígono das Secas, estando definido na Lei Federal nº 7.827, de 27 de setembro de 1989.
A lei que dá a Mossoró o título de Capital do Semiárido pode ser encontrada na edição digital do Diário Oficial da União, edição 245, do dia 22 de dezembro de 2017.
Para acessar, CLIQUE AQUI.
Essa nova Lei é resultado do Projeto de Lei 6164, apresentado em 2013, no dia 22 de agosto, pela então deputada federal e hoje vereadora mossoroense, Sandra Rosado.
CLIQUE AQUI para acessar o projeto original e sua justificativa com a assinatura da ex-deputada Sandra Rosado.
Quem também teve participação na tramitação do projeto foi a atual senadora Fátima Bezerra, à época deputada federal.
Ela foi a relatora na Comissão de Cultura, onde destacou o cuidado de Sandra Rosada em registrar o apoio que sua propositura recebeu, não apenas da Câmara Municipal de Mossoró, como também da Assembléia Legislativa do RN.
CLIQUE AQUI para ler o relatório da então deputada Fátima Bezerra.
O parecer foi apresentado no dia 13 de março de 2014 e aprovado no dia 2 de abril.
Ainda na Câmara, o texto em redação final teve como relator o deputado Arnaldo Farias de Sá, cujo parecer recebeu aprovação em sessão realizada a 11 de novembro de 2014.

Poti Neto transmite mensagem de Feliz Natal

Para todos, peço a Deus um Natal abençoado.
Na esperança de que a misericórdia
do Menino Jesus chegue a todos os lares
de nossa terra com a sua luz e com a sua paz.
Um abraço afetuoso para as crianças, os jovens,
os trabalhadores, as mães e os pais de família.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Morre Sebastião Veras Saldanha, marido de Marlúzia

Faleceu Sebastião Veras Saldanha, marido da professora Marlúzia Saldanha, ex-secretária de Ação Social nos Governos Lavoisier e Geraldo Melo, atual coordenadora da Escola de Contas do TCE.
O velório está sendo realizado no Cemitério Morada da Paz, em Emaús, onde haverá missa às 17 horas. O sepultamento será em seguida, às 18.
Aos familiares e amigos, minha mensagem de pesar.

Personalidades eleitas por Paulo Macedo na 10ª edição de sua festa em 1964

As 22 personalidades em Paulo Macedo selecionou em dezembro de 1964 na edição nº 10 de sua tradicional Festa das Personalidades, realizada dia 19 no Aero, foram:

Política e administração:
Governador Aluizio Alves

Comércio:
Deputado Jessé Pinto Freire

Medicina:
Professor Etelvino Cunha

Letras e Cultura:
Professor Américo de Oliveira Costa

Deputado:
Deputado Ângelo Varela

Radioamadorismo:
Nilo Ezequiel Fonseca

Lions Clube:
Antônio Guerra

Rotary Clube:
Alcides Araújo

Magistério:
Professora Carmen Silva Mallen Machado

Imprensa:
Dr. Edilson Varela

Música:
Maestro Waldemar de Almeida

Indústria:
Eneas Negreiros

Ensino Superior:
Professor Onofre Lopes da Silva

Administração Municipal:
Prefeito de Mossoró Raimundo Soares de Souza

Advogado:
Professor Múcio Ribeiro Dantas

Farmácia:
Professor Genário Alves Fonseca

Desportos:
Dr. Jose Alexandre Garcia

Administração Militar:
Coronel Álvaro Esteves Caldas

Ajuda Militar ao Progresso do Estado:
Coronel Aviador Esron Saldanha Pires

Atividade bancária:
Cleonício Holanda (Gerente do BNN)

Destaques Nacionais:
Ministros da Saúde e da Marinha:
Dr. Raimundo de Brito e Almirante Melo Batista.

Olha só como estavam os preços em dezembro de 1964

Fotografei o anúncio abaixo na edição do Diário de Natal de 18-12-1964 encontrado no portal da Biblioteca Nacional.
Um liquidificador "Arno" vendido em módicas prestações de "somente" (como diz o anúncio) 5 mil cruzeiros.
As "Lojas Utilar" pertenciam ao grupo do então deputado Jessé Pinto Freire, presidente da CNC na época.
Um exemplar do jornal, com 8 páginas custava 100 cruzeiros.

Robinson se colocou nas mãos de Temer

Não sei se o governador Robinson mudou de opinião.
Mas, ele dizia que o problema do RN, com todas as suas dificuldades, não era falta de dinheiro. Era falta de gestão.
Hoje, nós podemos dizer: Então, nada mudou.
Ele está completando 3 anos de governo. E nesse período, só uma coisa conseguiu demonstrar: Que é um grande enganador.
Não moveu uma palha para mostrar sua decantada competência gerencial. 
Tudo piorou.
Vai chegar ao 4º ano de governo com o Estado em situação de absoluta insolvência, devendo aos servidores, devendo à Previdência e devendo, principalmente ao povo que está ao Deus dará - Sem salário, sem segurança, com os hospitais superlotados e sem atendimento.
Enfim, se colocou nas mãos do presidente Temer. Se este não pingar alguma coisa no pires que ele estende, só Deus sabe o que poderá acontecer com a desencantada e sofrida população potiguar.
Nunca um governador do RN impôs ao seu povo um gesto de tamanha humilhação: Precisar de esmola federal para pagar contas atrasadas que deve aos servidores.

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Prefeito e vice de Ceará-Mirim em rota de colisão

O prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barreto (PHS), e sua vice, Zélia Santos (PSDB), estão em rota de colisão.
O prefeito proibiu que a vice tenha acesso a documentos do município que "não podem vir a público".
Circulam informações que a vice iria levar essa proibição ao conhecimento do Ministério Público.

Carlos Eduardo espera concluir pagamento até 8º dia útil de janeiro

ESCLARECIMENTO 
AOS FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS

Chegamos ao dia 20 de dezembro honrando cerca de 40% do pagamento da folha de pessoal referente ao décimo terceiro salário dos servidores. Iremos continuar efetuando os depósitos por faixas salariais de acordo com a entrada de receitas.  

Historicamente, a Prefeitura do Natal, assim como várias outras Prefeituras de todo o Brasil, utiliza os recursos arrecadados com o pagamento do IPTU para honrar seus compromissos com a folha de pessoal dos servidores e outras despesas ordinárias de custeio, pagando fornecedores e prestadores de serviços que também têm seus compromissos com o pagamento de seus funcionários.

Isso é necessário devido à dificuldade de arcar com duas folhas de pagamento num único mês.

Somado a isso, atravessamos, desde o final de 2014, uma queda de receitas que se intensificou durante os anos de 2015 e 2016, transformando-se na maior recessão já enfrentada no nosso país, com reflexos diretos na arrecadação de recursos públicos.

Mesmo assim, teríamos condições de pagar o décimo terceiro e os vencimentos de dezembro usando as receitas do IPTU 2018.

Infelizmente, por razões legais, ficamos impedidos de utilizar esses recursos para honrar o pagamento dos servidores ainda em dezembro.

Mas quero aqui esclarecer que iremos destinar todas as receitas disponíveis para o pagamento do décimo. Até o oitavo dia útil de janeiro iremos completar também o pagamento da folha de dezembro para aqueles que porventura não tenham recebido anteriormente a essa data.

CARLOS EDUARDO
Prefeito de Natal

Robinson promete terminar de pagar novembro até o dia 29

COMUNICADO IMPORTANTE

Meus amigos,

Estamos enfrentando o pior fim de ano da história econômica do país.

Nesse cenário, nosso Governo chega ao dia de hoje pagando os salários de novembro pra quem ganha até R$ 2 mil reais; e ainda hoje vamos anunciar a data de pagamento de quem ganha até R$ 3 mil, sejam ativos, inativos ou pensionistas.

Pagamos todos os professores em dia, inclusive o 13º; e pagamos também aos servidores dos órgãos que arrecadam recursos próprios, como Detran, Idema, Caern e Potigás;

Mas estamos dedicados 24 horas à luta para garantir os salários a todos.

Após 120 dias de intensa atuação em Brasília na busca por recursos federais, saímos ontem do Ministério do Planejamento às 11h30 da noite ficando acertado o valor, após uma grande discussão, de 600 milhões de reais para o Rio Grande do Norte.

Esse valor será liberado na forma de Medida Provisória, o que levará três dias úteis.

Estamos finalizando a parte técnica entre hoje e amanhã e eu espero que, no máximo, na primeira semana de janeiro, o dinheiro chegue ao Estado.

Mas quero garantir a vocês que até o dia 29 de dezembro o salário de novembro estará pago.

Vamos pagar o décimo-terceiro até o dia 10 de janeiro e vamos pagar o mês de dezembro até o dia 30 de janeiro.

Quero ressaltar que se for possível agilizar a liberação do recurso, iremos antecipar esse calendário.

Peço a todos os servidores que retornem ao trabalho, que sigam com suas atividades, prestando seu tão importante serviço à população.

Estou empenhado com todas as minhas forças, 24 horas por dia, para superarmos essa crise. Com fé, esperança e união, vamos vencer essa luta!

GOVERNADOR ROBINSON FARIA

Morre Fernando Batista de Araújo, o "Cel. Zé Pitombeira"

Mais um amigo é chamado por Deus. Desta vez o querido Fernando Batista de Araújo, com quem trabalhei muitos anos na Rádio Rural a partir do final dos anos 60.
Fernando tinha completado 73 anos exatamente no dia da padroeira de Natal, Nossa Senhora da Apresentação, 21 de novembro.
Transmito à sua família - sua esposa, dona Edna, e aos filhos Ana Laura, Taísa, Leci e Fernando José, a minha mensagem de pesar.
Fernando foi um grande nome do nosso rádio. De segunda a sexta-feira, disputava a liderança de audiência todas as tardes, apresentando o programa "Forró do Pitombeira", que apresentava interpretando o personagem que criou para si próprio - Coronel Zé Pitombeira.
Numa disputa sadia, com ele rivalizava, com outro programa de forró, na antiga Rádio Cabugi, outro nome icônico do rádio da época, Zé do Piaui.
Além de radialista, Fernando foi servidor público da Secretaria Estadual de Administração, onde durante muito tempo exerceu a presidência da Comissão de Licitação, especialmente sob a gestão do secretário Assis Câmara.

VELÓRIO E SEPULTAMENTO
O velório de Fernando começará ao meio dia no Centro da Rua São José, onde haverá missa de corpo presente às 15 horas.
O sepultamento será às 17 horas no Cemitério Morada da Paz.


quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Governo sem controle de suas finanças é desgoverno

Um desgoverno a primeira coisa que perde é a credibilidade.
Sua palavra não vale nada.
Não tem condições de garantir nada a ninguém.
Segurança, nem falar.
Tem gente que conquista um governo prometendo o impossível.
Quando chega lá, nada.
O buraco é mais embaixo.
Só aí dá conta que as reverências que esperava não chegam.
E põe a culpa no povo (coitado), que não entende a grandiosidade da missão "dada por Deus" ao imbecil do governante incapaz.
Como se Deus fosse se meter nessa podridão.

Telefônicas devem ao RN 230 milhões de impostos atrasados

Três empresas de telefonia devem de impostos ao governo do Rio Grande do Norte cerca de 230 milhões de reais. 
Aliás, essa é só a parte que está inscrita na divida ativa, segundo listão que vi agora no blog do amigo Carlos Santos e que totaliza mais de 2 bilhões e 800 milhões reais.
O pior é que boa parte dessa soma foi paga pelo nosso povo, inclusive por servidores estaduais, hoje com os seus salários atrasados.
Pagaram imposto ao Estado cada vez que usaram seus telefones e as empresas, sequer, fizeram o repasse a quem de direito - o erário público.
Claro, nem todos que estão no listão, podem ser chamados de sonegadores. 
Muito quebraram de verdade. Fora os malandros que, simplesmente, trocaram os nomes de suas empresas pra ver se enganam o fisco (alguns) ou numa tentativa desesperada de tentar escapar (a maioria) da pesada carga tributária que enfrentamos.
Não vejo motivos para as telefônicas deverem montante tão elevado. Só na dívida ativa, quase 230 milhões de reais.
Como também considero inexplicável a omissão do Governo em receber esse débito de empresas que podem pagar, como são os casos das companhias telefônicas. 
Pelo listão, a telefônica que mais deve é a Telemar - 152 milhões, 823 mil, 335 reais.
Depois, vêm a Claro e a Tim praticamente empatadas.
A Claro tem na dívida ativa uma contra de 36 milhões, 577 mil, 743 reais.
A Tim tem duas contas na Dívida ativa. Uma de 25 milhões, 958 mil, 684; e a outra, de 11 milhões, 914 mil, 420 reais.

Charge do Brum, hoje na TN, está imperdível


terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Morre Sanderson Negreiros

Estou chocado com a notícia da morte do jornalista, professor e advogado Sanderson Negreiros, um dos maiores nomes do jornalismo potiguar.
Um mestre, No jornalismo, no Direito e na cidadania.
Perdemos uma referência.
Vi a notícia, agora, no portal da Tribuna.
Ele estava em casa.
Ainda não há maiores informações.

domingo, 17 de dezembro de 2017

Vereadora Eleika divide o salário com 6 instituições de idosos

Com o objetivo de contribuir para a manutenção dos serviços prestados por instituições de Idosos sediadas em Natal, a vereadora Professora Eleika realizou, na tarde desta quinta-feira (14), a doação de R$ 18 mil, sendo R$ 3 mil para cada. Os recursos foram destinados ao Instituto Juvino Barreto, Lar do Ancião Evangélico (LAE), Lar da Vovozinha, o Espaço Solidário, o CIADE – ILP Bom Samaritano e a Associação Riograndense Pró-Idosos (ARPI).

Para a parlamentar, a doação financeira significa respeito e gratidão ao trabalho desenvolvido pelas instituição. “É de conhecimento de todos que o nosso trabalho na Câmara Municipal é voluntário, ou seja, o nosso salário integral é doado para diversas instituições mensalmente. Como costumamos ser bem equilibradas nos gastos e nas doações, fizemos um levantamento do saldo que obtivemos neste ano e constatamos que ainda havia uma reserva. Então, decidimos fazer a doação de R$ 3 mil para cada instituição ligada ao idoso como forma de agradecer o trabalho que eles fazem pelos nossos idosos e, ainda, de dar um ‘empurrãozinho’ nestes tantos pagamentos de final de ano que eles precisam honrar”, explicou Eleika.

A mais antiga Instituição de Longa Permanência de Idosos de Natal, o Juvino Barreto, possui 57 funcionários e uma folha salarial que gira em torno de R$ 47 mil/mês. Sem convênios com o poder público, a manutenção do espaço é toda realizada por meio de doações financeiras e de materiais. “Toda e qualquer doação é sempre muito bem vinda e agradecemos demais à professora Eleika por mais esta ajuda. Nós conseguimos honrar o 13º dos nossos funcionários, mas estamos tendo dificuldades para o pagamento da folha de novembro. Então, com certeza esta doação financeira será revertida para esta finalidade”, explicou o diretor-secretário do Juvino Barreto, Rogério Silva.

Diretora do Espaço Solidário, localizado no bairro de Mãe Luiza, Loyse de Andrade também garantiu que os recursos doados pela parlamentar serão empregados para o pagamento de funcionários. “Nós estamos com dois convênios atrasados, mas temos muitas obrigações a cumprir. O poder público contribui minimamente e a nossa grande dificuldade é financeira. Ganhamos doações de fraldas, itens de higiene e alimentação, mas receber uma doação financeira é muito importante porque nos ajuda com o pagamento da folha salarial. Não temos palavras para agradecer à vereadora”, pontuou Loyse.

DOAÇÕES
A doação integral do salário da vereadora é um compromisso registrado em cartório desde a campanha eleitoral de 2012, quando foi eleita para o seu primeiro mandato e ratificado na segunda eleição. Todas as prestações de contas podem ser acessadas por meio do endereço eletrônico www.professoraeleika.com.br.



Opções de fotos para presentear. Só hoje e amanhã

Não sabe que presente comprar para aquela pessoa especial, nesse final de ano?
Vem para a *III FEIRA DE FOTOGRAFIA no Museu Câmara Cascudo*!
Hoje e amanhã (sábado e domingo, 16 e 17/12), de 14h às 20h, com entrada gratuita!

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Comandante afirma que vislumbra "vitórias e determinação" no Exército

Em postagem no twitter, o comandante do Exército, general Villas Boas, afirma após uma citação de Sun Tzu: "No @exercitooficial vislumbro vitórias e determinação".
E conclui: "#ObrigadoSoldado!".
A citação do estrategista militar e filósoto chinês que abre a nota publicada pelo comandante do Exército é a seguinte:
"No momento de deflagrar a ação, perscruta os olhares de teus soldados. Atenta a seus primeiros movimentos. Pelo entusiasmo ou pelo temor que ostentem, conclui pelo sucesso ou pela derrota".
Para acessar a página do general Villas Boas no twuitter, CLIQUE AQUI.


Geraldo Forte desafia Alckmin no PSDB

Pode-se até dizer que ele é doido. Mas, ninguém pode deixar de reconhecer: É um ousado.
O potiguar Geraldo Forte registrou no TSE o seu desejo de disputar a candidatura presidencial do PSDB por ocasião da prévia partidária. 
Ou seja: pretende desafiar na eleição interna ninguém menos que o presidente do partido, Geraldo Alckmin, governador de São Paulo.
Por conta disso, é personagem da nota de abertura do Painel - principal coluna política da Folha de São Paulo nesta sexta-feira.
A nota tem um título bastante sugestivo: "Virou zona".

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Atitude do PEN foi desprezível, diz Luiz Gomes ao sair

O advogado Luiz Gomes oficializou a desfiliação junto ao Partido Ecológico Nacional (PEN) após a direção nacional destituir o comando estadual do partido sem qualquer diálogo.

Luiz Gomes lembrou que a atitude foi desrespeitosa, antiética e desleal diante do trabalho feito durante os cinco últimos anos no Rio Grande do Norte, em que o partido, que não tinha representatividade, passou a estar presente com diretórios em 89 municípios e elegeu dezenas de vereadores em todo o estado nas últimas eleições.

"Com profunda decepção, tristeza e indignação, pela forma desprezível com que a direção nacional do partido tratou toda a trajetória da Executiva Estadual do PEN do RN, comunicamos nossa saída. O PEN já não existe mais. Não há razão de ser. A direção nacional mudou o nome da sigla, o estatuto, o programa, os ideais, tudo. Simplesmente se esqueceram da sua história", contou.

O jurista lembrou que continuará lutando pelo caminho da renovação e participação na política, na defesa da democracia e no combate à corrupção, mas com um futuro que ainda está sendo estudado junto aos outros ex-integrantes da legenda.
Texto e foto encaminhados pela Assessoria de Imprensa do advogado Luiz Gomes.