terça-feira, 31 de julho de 2018

Rosalba mobiliza 20 equipes na recuperação de ruas em Mossoró

Em video postado nas redes sociais, a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini anunciou que a Prefeitura está investindo 6 milhões de reais na recuperação de ruas da cidade.
Segundo ela, os recursos são do próprio orçamento municipal. Confira o vídeo.

Em vídeo, Meirelles faz convocação ao MDB em favor do Brasil


Eleição proporcional tem nova regra este ano

Reportagem – José Carlos Oliveira
Agência Câmara Notícias

A cláusula de desempenho dos candidatos, estabelecida pela lei 13.165/15, prevê um número mínimo de votos para um deputado federal, estadual ou distrital se eleger. A intenção é inibir os casos em que um candidato com poucos votos seja eleito com a ajuda dos chamados "puxadores de votos" do partido ou da coligação.
Pela nova regra, um candidato precisa ter um número de votos igual ou maior que 10% do quociente eleitoral (que é a quantidade de votos válidos dividida pelo número de vagas em cada estado) para ser considerado eleito ao Parlamento.

Exigências para os partidos
Outra mudança veio da Emenda Constitucional 97/17, que cria novas exigências para que os partidos políticos tenham acesso aos recursos do fundo partidário e ao tempo gratuito para propaganda no rádio e na TV a partir do próximo pleito. O vice-líder do PT, deputado Valmir Prascidelli (SP), disse que a cláusula de desempenho – também conhecida como "cláusula de barreira" – fortalece a atuação dos partidos políticos.
"Sem dúvida nenhuma, é uma novidade importante para esta eleição, porque queremos partidos fortes que representem um posicionamento ideológico: partidos que tenham representação aqui na Câmara, mas que tenham atuação nacional e expressem as opiniões buscando a construção de forma programática. Não podemos mais aceitar aqueles partidos de aluguel, partidos da negociata".

Cláusula progressiva
A distribuição do fundo partidário entre as legendas segue o disposto na Lei 9.096/95: 5% vão para entrega, em partes iguais, a todos os partidos que atendam aos requisitos constitucionais de acesso a esses recursos e 95% são distribuídos na proporção dos votos obtidos na última eleição geral para a Câmara dos Deputados.
Porém, a Emenda Constitucional 97/17 estabeleceu que a cláusula de desempenho será progressiva e o resultado das eleições deste ano vão impactar nesse cálculo.
A partir de 2019, só terão acesso a esses benefícios os partidos que conseguirem, nas eleições deste ano, pelo menos 1,5% dos votos para a Câmara, distribuídos em 9 estados e com mínimo de 1% dos votos em cada um deles. Esses percentuais sobem gradativamente até 2031, quando serão exigidos 3% dos votos válidos para a Câmara, distribuídos em 9 estados e com 2% dos votos válidos em cada um deles, na eleição de 2030. Mesmo que não atinjam esses índices, os partidos poderão se beneficiar se elegerem, por exemplo, 9 deputados em 9 estados, na eleição deste ano, ou 15 deputados em 9 estados, na eleição de 2030.
O vice-líder do PSB, deputado Aliel Machado (PR), acredita que essas cláusulas inibem o fisiologismo na política.
"Nós acreditamos em um projeto político de verdade. Tentamos destoar daquilo que está posto. Tanto é que o partido teve vários deputados que deixaram a sigla porque não concordavam com o que o partido defende. Nós entendemos que a cláusula de desempenho - porque ela não é uma cláusula de barreira - não extingue outros partidos. Ela apenas diz que, para ter acesso ao fundo partidário e ao tempo de TV, deve-se ter um desempenho mínimo. E eu acho isso justo."

Coligações
As coligações partidárias, que também afetam as chances de uma legenda eleger deputados, ainda vão valer nas eleições deste ano. Porém, essas coligações serão proibidas a partir das eleições de vereadores, em 2020.

Conselho Regional de Medicina do RN fará eleição dia 7

Médicos de todo o Estado devem participar, na próxima terça-feira, dia 7 de agosto, da Eleição do Conselho Regional de Medicina do Rio Grade do Norte – CREMERN. A votação irá acontecer entre 8h às 20h, em Natal e Mossoró. Serão eleitos 20 conselheiros titulares e 20 suplentes para a gestão 2018-2023. 
A votação terá chapa única e o médico deve estar adimplente com o Conselho. 
O voto é obrigatório para todos os médicos inscritos no Rio Grande do Norte, exceto para o médico exclusivamente militar, e facultativo para os médicos com idade a partir de 70 anos.
A Comissão Regional Eleitoral do CREMERN 2018 é formada pelos médicos Glay Nogueira Fernandes Gurjão, Ricardo José Curioso da Silva e Roberto Furtado de Mendonça. Os nomes que compõem a chapa “Defesa da Medicina com Ética e Dignidade” você confere no site www.eleicoes.cremern.org.br
A eleição acontece de forma mista, sendo o voto presencial e por correspondência: Para o voto presencial, os médicos de Natal, Parnamirim, Macaíba, São Gonçalo do Amarante e Extremoz votam na Sede, na Av. Rio Branco, 398, Cidade Alta - Natal/RN e os médicos que residem em Mossoró votam na Delegacia Regional do CREMERN, localizada na Rua Julita Gomes de Sena, 20, Nova Betânia, Mossoró/RN.
Para o voto por correspondência, o kit de votação foi enviado via Correios. Para saber mais sobre este tipo de voto e verificar sua situação eleitoral, acesse o endereço: www.eleicoes.cremern.org.br ou entre em contato com a Sede ou Delegacias Regionais do CREMERN (Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros).
O médico que não votar e não apresentar justificativa no prazo de 60 dias estará sujeito à cobrança de multas.
Nota distribuída pela G7 Comunicação.

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Artigo de Paulo Afonso Linhares

DE SATÃZINHOS À TOA 
E OUTRAS BOBAGENS

Paulo Afonso Linhares


Mesmo ao seu tempo, nada foi tão anacrônico que o Império brasileiro. Enquanto  todas as colônias espanholas se tornaram repúblicas, o Brasil implantou uma monarquia tropical sustentada pelas oligarquias rurais, cujos membros mais proeminentes foram agraciados com título nobiliárquicos de duque, marquês, conde, visconde e barão. Mais estranho é imaginar monarquia nestas paragens, sem tradição e com tantas contradições, sobretudo, essa invenção da nobreza jaboticaba.
Neste momento, confrontam-se um Brasil que  a maior parte da população deseja, e um outro, bizarro, canhestro e autoritário que querem para nós. À parte do besteirol disseminado pela Rede Globo, nessa campanha “do Brasil que queremos”, mesmo  porque o modo de expressar a vontade da nação não há de ser através dos barões da grande mídia conservadora, nem tampouco dos ‘tribunais’ tresloucados das redes sociais, mas, através do voto direto, universal e secreto, em  processo eleitoral previsto em lei. 
Por isto, causou espanto saber que Jair Bolsonaro, o ‘messias’ de desconcertadas legiões, depois de convidar, sem sucesso, generais, almirantes e brigadeiros para serem candidatos a vice-presidente da República, em sua chapa, teria fixado-se  na ‘musa’ do impeachment, a professora de direito da religião Janaína Paschoal, como sua “partner” na corrida presidencial. Depois de trejeitos tipicamente mussolinescos, no discurso proferido na convenção que ungiu a candidatura de Bolsonaro, Janaína “puxou o freio de mão” e não bateu o martelo como candidata.
  Em face das dificuldades de Janaína - conhecida por algumas pessoas como “a Louca”, o mesmo epíteto da rainha D. Maria I, a que mandou esquartejar Tiradentes - em consultar, nesse momento, o Oráculo de Delfos, pois uns trombadinhas resolveram tocar fogo na velha Grécia, o “Messias” resolveu escolher um novo candidato a vice-presidente.  Assim  o “Mito”, como alguns miolos moles chamam Bolsonaro, para sua épica jornada eleitoral tenta atrair como parceiro de chapa nada mais nada menos que a figura de Dom Luiz Gastão Maria José Pio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orléans e Bragança, nascido em Mandelieu (hoje, Mandelieu-la-Napoule),  França, em 6 de junho de 1938, príncipe de Orléans e Bragança e chefe da Casa Imperial do Brasil. Com o pouco tempo de Bolsonaro no horário eleitoral, esse nome comprido do pretenso candidato a vice-presidente certamente se revelará um grande problema…
Voilá! Que grande ‘acuidade’ essa de Jair Bolsonaro! Daí ser prudente “já ir” se acostumando, segundo expressão dos camisas-pardas bolsonarianos. De algum modo exumar essas múmias da monarquia tupiniquim em chão grosseiramente republicano, na pessoa de Sua Majestade Imperial, Dom Luiz I, “Por Graça de Deus, e Unânime Aclamação dos Povos, Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil”, não deixa de ser um fato novo no grotesco cenário da política brasileira e uma genuína ‘vassourada’ essa tentativa de levar ao Palácio do Planalto, republicano e laico, esse que é um militante destacado da seita ultradireitista “Tradição, Família e Propriedade” (TFP).
Quando ninguém imaginava que isso pudesse ocorrer, eis que poderá cristalizar-se uma chapa que reúne o capitão Bolsonaro e o indefectível Dom Luiz I, bisneto da princesa Isabel e do conde D’Eu, além de tataraneto de d. Pedro II, o último imperador a governar o Brasil, representante do “Ramo de Vassouras” e destacado templário  da TFP, na pugna para substituir o dracúleo Michel Temer na Presidência da República. Ressalte-se que a herança monárquica brasileira está dividida em duas vertentes da família Orléans e Bragança, banida do poder com a proclamação da República, em 1889 - o ramo de Vassouras e o ramo de Petrópolis - cada qual a reivindicar o direito de sucessão imperial e não se entendem. 
Contados os votos da eleição presidencial de 2018, imagine-se o pesadelo do capitão Jair “Messias” Bolsonaro aboletado na curul presidencial e, desejando substituí-lo nas suas faltas e impedimentos que a vida dá, o inefável Dom Luiz I? No mínimo, teremos que repensar aquela bela e não menos ilusória assertiva de Stefan Zweig, o escritor austríaco de origem judaica que, num  delírio tropicalista, disse que este Brasil, “de mãe preta e pai João”, poderia ser o “país do futuro”… 
O pobre e  bom Zweig, de nossas alentadas e indormidas  leituras juvenis, autoimolado no altar da tardia descrença nestes “tristes trópicos” sempre fadados ao retrocesso e às humanas impossibilidades de seguir adiante, nestes brasis que surpreendem e a todos abatem.
No entanto, a despeito de todos os desencantos, lá bem fundo repousa a esperança, aquela réstia luminosa, solitária e  inatingível pelo mal banalizado dos tempos que correm, a partir das ideias-força da liberdade, da solidariedade e do respeito às diferenças entre as pessoas, que se fazem raízes da convivência harmônica dos povos. É este o rumo que deve ser buscado para o Brasil. Longe das falsas ilusões e, tomando por empréstimo uma expressão de Gilberto Amado (Depois da política, p. 209), diante das peças de mau gosto que pode pregar, no quintal do Brasil, algum “anjo errado, malcaído, satãzinho à toa. Luciferzinho de bobagem!” Vade retro, mané!

Repórter Jota Gomes sofre assalto, escapa, mas perdeu tudo

Estou aqui chocado com o relato que acabo de ouvir do meu antigo companheiro de trabalho, nos anos 80 e 90 na TV Ponta Negra, Jota Gomes.
Nada menos que seis homens invadiram sua casa na Praia de Rio do Fogo e fizeram um rapa geral além de tê-lo agredido e à sua esposa.
Num confronto com os bandidos, um policial levou um tiro na cabeça e se encontra no Hospital Walfredo Gurgel entre a vida e a morte.
Infelizmente não sei como se edita áudio aqui no blog para que todos possam ouvir, da própria voz do amigo Jota Gomes o relato dos momentos de terror que teve se enfrentar.
Mas, vou procurar transcrever o que ele falou e postar aqui. Ele disse que perdeu tudo.

DEGRAVAÇÃO
Transcrevo as partes mais importantes do áudio que o próprio Jota Gomes postou no whats app:
- Foram momentos de terror. De pavor.
Levei coronhadas. Desmaiei, minha mulher sofreu muitas agressões psicológicas. Seis homens dentro de casa, dois encapuzados.
Levaram meu carro. Foi recuperado na manhã de sábado, lá depois da Escola de Jundiaí, pra quem já vai pra Serrinha, pra´queles lado de Bom Jesus. Num matagal. Muito danificado. E eu tou começando tudo do zero. Perdi tudo.
Jota Gomes prossegue o seu relato:
Não perdi a vida nem minha mulher, mas o resto, perdi tudo. Até o estímulo.
Eu que tanto amei  a cidade de Rio do Fogo, a praia de Zumbi...
Passei... mais de 30 anos (como repórter)... Sabia do sofrimento das pessoas com quem eu fazia reportagem, mas não sabia que a dor era tão grande como a que a gente sofreu e sentiu.
Sabe o que é isso?
Um Estado desgovernado, um país entregue a bandidos, onde só quem tem o poder de sonhar e de realizar sonhos, são os bandidos.
O cidadão de bem, a cidadã de bem, não têm mais essa condição.

Jota Gomes continua o seu relato:
- Meu sonho de ter uma casa, no mínimo, razoável, confortável, para receber familiares e amigos foi por água abaixo.
Não tou aqui chorando bens materiais, não. É uma vida inteira. Um sonho. Estou com 61 anos. Lutei muito na minha vida pra ter uma vida tranquila.
Quero agradecer aqui ao sargento Sales, Galdino, Cabo Cruz, Roger... e todos os outros que se empenharam muito. Ao Cabo Nilson, que levou um tiro na cabeça e está no Walfredo Gurgel. Não sei qual o estado de saúde dele. A Marcão, da Polícia Civil, a Gonzaguinha, da Polícia Civil, que me atenderam muito bem na DEPROV. Meus filhos e minha mulher que estiveram comigo... minha mulher agora é que está passando pelo problema mais sério, que a ficha tá caindo.

O DIA SEGUINTE 
Jota Gomes prossegue relatando o drama trágico que enfrentou junto com a esposa: 
- A gente está numa casa emprestada aqui, enquanto a gente aluga uma e, depois, quando estiver quase tudo normalizado, a gente vai voltar a se comunicar, pessoal.
Meu carro está numa oficina em Natal, mas sem nenhuma previsão, porque a despesa é muito forte, muito alta.
Enfim, agradecer a Deus por estar vivo, mas mostrar que, infelizmente, enquanto nosso aparelhamento de segurança pública é sucateado, não pelos nobres e valentes guerreiros - civis, militares e da guarda nacional, mas pelos governantes, que têm o poder da caneta. 
Que, para eles, para eles, punir um policial num confronto direto quando tomba um bandido, eles estão dando uma satisfação à sociedade. Eu nunca vi bala perdida sair de um bandido. Só sai da arma de um policial. E nem nunca vi, nenhum membro dos Direitos Humanos na casa de uma viúva ou dos pais de um policial. E isso é revoltante e extremamente desgastante. Confio na secretária Sheyla, no dr. Marcelino, no comandante geral da PM e no diretor geral da Polícia Civil. Mas, eles não podem fazer nada. Porque eles não têm o poder da caneta.
Um forte abraço a todos.

Prazo para registro de candidaturas vai até o dia 15

Os partidos políticos têm até o dia 15 de agosto para protocolar, na Justiça Eleitoral, os pedidos de registro de candidaturas por meio do sistema CANDex ou pessoalmente, no respectivo tribunal.
Pedidos de registros de candidatura para presidente da República e vice-presidente da República devem ser apresentados ao TSE. Os candidatos aos demais cargos (governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal, estadual ou distrital) devem ser registrados nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).
A Lei das Eleições (Lei 9.504/96) estipula o dia 17 de setembro como a data em que todos os pedidos de registro de candidatos, inclusive os impugnados, bem como os respectivos recursos, devem estar julgados. 
Os cargos de governador, vice-governador, senador, suplentes, deputado federal, estadual e distrital devem ser analisados pelos TREs. Já os registros para presidente e vice-presidente da República são julgados pelo Tribunal Superior Eleitoral.
A resolução que regula a escolha e o registro de candidatos é a 23.548.
Para acessá-la no portal do Tribunal Superior Eleitoral, CLIQUE AQUI.

Prefeitura de Natal paga hoje os salários de julho - informa Álvaro

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, anunciou que o pagamento do mês de julho para o funcionalsimo municipal está sendo feito nesta segunda-feira, dia 30.
Em postagem feita em sua página no twitter, Álvaro acrescenta que a liberação é para todos, "incluindo ativos, inativos e pensionistas".
Numa outra postagem, o prefeito esclarece que, com a liberação ocorrida hoje, a grana cai na conta de servidor no dia seguinte. Disse ele:
- O repasse da Prefeitura será feito ainda hoje. Assim, todos os salários estarão disponíveis nas contas dos cerca de 22 mil servidores nesta terça-feira (31). O pagamento do funcionalismo fará circular em nossa cidade mais de R$ 57 milhões.
Na postagem seguinte, Álvaro Dias completou:

- O pagamento em dia da folha dos servidores é um compromisso prioritário que assumi com a população. Um direito sagrado do servidor que está sendo cumprido graças a muito esforço, responsabilidade e zelo com a gestão.
Para acessar a página de Álvaro Dias no twitter, CLIQUE AQUI.

PT vai apoiar candidato do MDB em Alagoas - o filho de Renan

Em convenção realizada ontem, o PT de Alagoas aprovou coligação com o MDB em defesa da reeleição do governador Renan Filho.
Na mesma convenção, o PT aprovou moção de apoio à libertação do ex-presidente Lula.
CLIQUE AQUI para ler reportagem completa no portal do jornal Tribuna de Alagoas.

domingo, 29 de julho de 2018

Morada da Paz anuncia exumação dos restos mortais do senador Jessé


"Isso é algo inaceitável" - afirma advogado

Ao ler o edital acima, o advogado Carlos Miranda Gomes postou, aqui no blog, o seguinte comentário:
"Estou chocado. Fui advogado do inventário de Jessé e espero que os herdeiros ou os beneficiários do Senador apresentem esclarecimento público, ou mesmo as entidades do comércio, até o próprio Senado da República. Isso é algo inaceitável".
Pelo telefone citado no edital, entrei em contacto com o Cemitério Morada da Paz. A pessoa que me atendeu ficou de mandar um retorno. 

Candidato do PSOL: Para recuperar o RN, educação

"Nós vamos recuperar nosso RN com a educação. É através dela que se consegue tudo. Eu estou muito feliz de ter todos vocês ao meu lado nessa luta que está só começando" - declarou o professor Carlos Alberto ao ser consagrado como candidato ao governo do RN, na convenção do PSOL, ao lado da sindicalista Cida Dantas, candidata a vice.
A convenção foi realizada sábado, no Centro Municipal de Referência em Educação, em Natal e, em seu discurso, Carlos Alberto citou o orgulho de ter a professora Telma Gurgel e o professor Lailson Almeida na chapa majoritária, disputando as duas vagas do estado no Senado Federal.
Ao todo, o PSOL lançou 33 nomes à Assembleia Legislativa e 12 à Câmara dos Deputados. As candidaturas representam todas as regiões do estado.
Com informações da Assessoria do professor Carlos Alberto. Foto: Divulgação.
Na convenção do PSOL: Mulheres socialistas e feministas:
A candidata do Senado, Telma Gurgel e a candidata a vice,
Cida Dantas, ao lado de Camila Barbosa, candidata 

a deputada estadual (Foto: Divulgação)

Ao centro (de camisa azul) o candidato a governador,
professor Carlos Alberto, com a candidata a vice,
Cida Dantas, ladeados pelos dois candidato ao Senado:
Telma Gurgel e Lailson Almeida
A candidata a vice, Cida Dantas, o candidato ao Senado,
Lailson Almeida e o candidato a governador, Carlos Alberto
(Foto: Divulgação)




FIERN divulga a íntegra da pesquisa Certus

Está disponível no portal da FIERN o texto integral do relatório da pesquisa CERTUS sobre a situação eleitoral do RN.
Uma de suas principais revelações é que o número da indefinição para o Governo do Estado aumentou, em relação à pesquisa anterior, divulgada em maio, mas caiu para o Senado e a Presidência da República.
Outra importante revelação: De uma pesquisa para outra, os candidatos presidenciais que mais cresceram foram o ex-presidente Lula e o ex-ministro Ciro Gomes.
Para o Governo do Estado, os comparativos desta pesquisa com a rodada anterior mostram que, na primeira, Fátima alcançou 25,60% e nesta segunda ficou em 29,15%. Carlos Eduardo saiu de 14,54% para 15,39% e Robinson de 5,04% para 6,31%. 
Nas projeções de 2º Turno, a pesquisa aponta vitória de Fátima tanto enfrentando Carlos Eduardo, quanto disputando com Robinson Faria.
Apesar disso, a maioria dos entrevistados considera que o candidato do PT tem mais probabilidade de chegar ao segundo turno do que Fátima.
É o que revelam as respostas à seguinte pergunta:
- Quem você acha que vai para o 2º turno independente do seu voto?
Os entrevistados responderam:
1. Carlos Eduardo 27,39% 
2. Fátima Bezerra 23,59%
3. Robinson Faria 13,26%
4. Fábio Dantas 1,83%
Ainda com relação ao Governo do Estado, um detalhe que chama a atenção é a realidade eleitoral da Grande Natal: Nela é onde a líder geral, Fátima Bezerra, tem o pior resultado. Mesmo assim. empata com Carlos Eduardo em 21,52%. É na Grande Natal a região em que Carlos Eduardo tem o seu melhor desempenho.
Para acessar, CLIQUE AQUI.

Soma de votos para o Senado coloca Garibaldi e Geraldo na cabeça

Garibaldi Filho e Geraldo Melo lideram, no cômputo geral (soma do 1º com o 2º voto), a disputa pelo Senado nas eleições deste ano no RN, segundo a 2ª rodada da pesquisa realizada pelo Instituto Certus, por contratação da Federação das indústrias do Estado.
Utilizando a soma do 1º + 2º Voto para o SENADO os números divulgados pela Certus – utilizando a metodologia de apuração do TSE, são os seguintes:
1. Garibaldi Filho 10,53%
2. Geraldo Melo 8,58%
3. Cap. Styvenson 8,12%
4. Zenaide Maia 7,52%
A pesquisa, denominada, “Retratos da Sociedade Potiguar 2018”, foi realizada em todo Estado, entre os dias 21 e 25 de julho, tem margem de erro de 3% para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%. Está registrada sob os números RN-08199/2018 e BR-04763/2018.

Pesquisa Certus/FIERN projeta vitória de Fátima no 2º turno

A 2ª pesquisa Certus/FIERN divulgada neste domingo, via twitter, pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte do Norte aponta vitória da candidata do PT, Fátima Bezerra, tanto contra Carlos Eduardo, do PT, quanto contra Robinson Faria, do PSD, em caso de 2º turno.
Contra Carlos Eduardo, Fátima venceria por 42,84% x 23,33%. Contra Robinson, o placar seria 50,71 x 11,99%.
No primeiro caso, 27,38% dos entrevistados disseram que não votariam em nenhum dos dois. No segundo, esse percentual sobe para 31,63%.
Na pergunta "Quem você acha que vai para o 2º Turno independente do seu voto?", a Certus obteve os seguintes percentuais:
1. Carlos Eduardo 27,39% 
2. Fátima Bezerra 23,59%
3. Robinson Faria 13,26%
4. Fábio Dantas 1,83%
A pesquisa, denominada, “Retratos da Sociedade Potiguar 2018”, foi realizada em todo Estado, entre os dias 21 e 25 de julho, tem margem de erro de 3% para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%. Está registrada sob os números RN-08199/2018 e BR-04763/2018.

Papa Francisco recebe 60 mil coroinhas de 18 países

60 mil coroinhas de 18 países, dos quais cerca de 50 mil são da Alemanha, estarão na Praça São Pedro, na próxima terça-feira, para a Peregrinação dos Ministrantes da Associação Coetus Internationalis Ministrantium (CIM).
Ouvirão a palavra do Papa Francisco e poderão utilizar o novo APP lançado pelo Vaticano - o "Vatican audio" - que traduz automaticamente as palavras do Sumo Pontífice para o italiano, espanhol, português, francês, alemão e inglês.
CLIQUE AQUI para saber mais no portal do Vaticano.

Para o Senado, Zenaide lidera esponânea com 3,19%

A deputada Zenaide Maia lidera a disputa pelo Senado nas respostas espontâneas, sem apresentação dos nomes de candidatos, com 3,19%, segundo a pesquisa CERTUS/FIERN para o Senado no RN:
A pesquisa, denominada, “Retratos da Sociedade Potiguar 2018”, foi realizada em todo Estado e está registrada sob os números RN-08199/2018 e BR-04763/2018. 

1º Voto – 
Vamos agora para os números do cenário ESPONTÂNEO para os candidatos a senador 1º voto:

1. Zenaide Maia 3,19%
2. Garibaldi Filho 3,12%
3. Cap. Styvenson 2,77%
4.  Geraldo Melo 2,06%
Não Sabe 25,46%
Nenhum 61,21%
SENADO | 2º Voto
Seguem os números do cenário ESPONTÂNEO para os candidatos a senador: 1.Antônio Jácome e Garibaldi F. 1,28% cada 2. Zenaide Maia 0,99% 3.Geraldo Melo 0,71% 4. Cap. Styvenson 0,64% Não Sabe 65,96% Nenhum 28,16%
SENADO | 1º Voto – Agora para os números do cenário ESTIMULADO

1. Garibaldi Filho 14,40%
2. Cap. Styvenson 11,42%
3.Geraldo Melo 10,57%
3. Zenaide Maia 10,21%
4. Antônio Jácome 3,26%
Nenhum 31,28%

Não Sabe 12,48%
SENADO | 2º Voto – ESTIMULADO:

1.Garibaldi Filho 6,67% 2.Geraldo Melo 6,60% 3.Cap. Styvenson e Zenaide Maia 4,82% cada 4.Antônio Jácome 3,83% Nenhum 41,49% Não Sabe 23,97%

SENADO - CÔMPUTO GERAL
Utilizando a soma do 1º + 2º Voto para o SENADO temos o seguinte cenário – utilizando a metodologia de apuração do TSE.
1. Garibaldi Filho 10,53% 2. Geraldo Melo 8,58% 3. Cap. Styvenson 8,12% 4. Zenaide Maia 7,52%

Pesquisa Certus/FIERN: Fátima lidera para o governo do RN

Bezerra lidera a pesquisa CERTUS/FIERN de intenções para o governo do Estado na resposta espontânea e Carlos Eduardo fica em 2º.
A pesquisa, denominada, “Retratos da Sociedade Potiguar 2018”, foi realizada em todo Estado e está registrada sob os números RN-08199/2018 e BR-04763/2018. 
As respostas espontâneas à pergunta sem indicação dos nomes de candidatos foram as seguintes:

GOVERNO DO RN – Se a eleição fosse hoje no cenário ESPONTÂNEO para governador do estado:
1. Fátima Bezerra 8,72%
2. Carlos Eduardo 6,10%
3. Robinson Faria 2,91%
4.Breno Queiroga 0,35%
Não Sabe 49,15%
Nenhum 31,35%
Não respondeu 0,21%


CENÁRIO ESTIMULADO
Se a eleição fosse hoje no cenário ESTIMULADO para governador do estado:
1. Fátima Bezerra 29,15%
2. Carlos Eduardo 15,39%
3. Robinson Faria 6,31%
Nenhum 34,11%
Não Sabe 10,43%

GOVERNO DO RN/REJEIÇÃO
Questionado sobre qual candidato a governador não votaria
1. Robinson Faria 35,28%
2. Carlos Eduardo 7,17%
3. Fátima Bezerra 6,73%
4. Fábio Dantas 2,96%
Rejeita Todos 19,12%
Rejeita Nenhum 17,42%
Não Sabe 1,76%

PROJEÇÕES PARA o SEGUNDO TURNO

Carlos Eduardo x Fátima Bezerra:
1. Fátima Bezerra 42,84%
2. Carlos Eduardo 23,33%
Nenhum 27,38%

Robinson Faria e Fátima Bezerra:
1.Fátima Bezerra 50,71%
2.Robinson Faria 11,99%

Nenhum 31,63%

Carlos Eduardo x Robinson Faria:
1. Carlos Eduardo 40,07%
2. Robinson Faria 12,84%
Nenhum 40,64%

A 2ª Pesquisa FIERN/Certus possui intervalo de 95% de confiança e o perfil do entrevistado foi de 45,39% homens e 54,61% mulheres, com eleitores a partir dos 16 anos. 

#Eleições2018  #RetratosdoRN  #PesquisaFIERN2

FIERN divulga os números para presidente: Lula em 1º

O ex-presidente Lula manteve a liderança nas intenções de voto para presidente na segunda das cinco rodadas da pesquisa que a Federação das Indústrias do RN contratou junto ao Instituto Certus.
A pesquisa, denominada, “Retratos da Sociedade Potiguar 2018”, foi realizada em todo Estado e está registrada sob os números RN-08199/2018 e BR-04763/2018. 
Eis os números relativos à pergunta espontânea para presidente:

1.Lula 24,18%
2. Bolsonaro 6,60%
3. Ciro Gomes 3,12%
4. Alckmin 0,50%
Nenhum 33,12%
Não sabe 30,85%
Não respondeu 0,35%


Na estimulada para Presidente foram apresentados 18 nomes: Aldo Rebelo, Álvaro D, Ciro G., Collor, Alckmin, Boulos, Meirelles, Bolsonaro, Amoêdo, João V. Goulart, Eymael, Levy Fidelix, Lula, Manuela D’Ávila, Marina Silva, Paulo Rabello, Valéria Monteiro e Vera Lúcia

PRESIDÊNCIA – Se a eleição fosse hoje no cenário ESTIMULADO para Presidente da República:
1. Lula 47,02%
2. Bolsonaro 8,16%
3. Ciro Gomes 5,39%
4. Marina Silva 2,48%
5. Álvaro Dias 1,13%
Nenhum 26,81%
Não Sabe 6,45
Não respondeu 0,07%





A 2ª Pesquisa FIERN/Certus possui intervalo de 95% de confiança e o perfil do entrevistado foi de 45,39% homens e 54,61% mulheres, com eleitores a partir dos 16 anos.

CENÁRIO SEM LULA
PRESIDÊNCIA – No cenário estimulado sem a participação de Lula:
1. Ciro Gomes 11,70%
2. Bolsonaro 9,57%
3. Candidato do PT 8,87%
4. Marina Silva 5,39%
5. Alckmin 1,70%
Nenhum 44,40%
Não sabe 12,77% 
Não respondeu 0,07%

PRESIDÊNCIA|REJEIÇÃO – 
Seguem os números de rejeição aos candidatos a Presidência:
1. Bolsonaro com 19,11%
2. Fernando Collor 9,47%
3. Lula 9,13%
4. Alckmin 5,02%
5. Marina Silva 4,11%
6. Ciro Gomes 3,95%
Rejeita Todos 18,15%
Rejeita Nenhum 14,37%
Não Respondeu 0,68%


sábado, 28 de julho de 2018

Nova pesquisa eleitoral no RN será divulgada amanhã, aos pedaços

A segunda pesquisa Certus/FIERN sobre a eleição deste ano no Rio Grande do Norte sairá amanhã, aos pedaços, via twitter;
Segundo a FIERN, a primeira postagem será feita às 7 horas.
Só às 12 horas, o resultado integral da pesquisa será disponibilizado no portal da Federação das Indústrias.
De acordo com a FIERN, em nota publicada no saite da instituição, a pesquisa “Retratos da Sociedade Potiguar 2018” a ser divulgada neste domingo, dia 29, foi realizada em todo e está registrada sob os números RN-08199/2018 e BR-04763/2018. Vários cenários eleitorais são levantados junto aos eleitores.
E acrescenta:
"O levantamento também mediu a rejeição dos pré-candidatos à presidência da república, ao governo do estado e ao Senado, bem como apurou os índices de rejeição do presidente Michel Temer e do governador Robinson Faria".
Até às eleições serão divulgadas cinco pesquisas ao todo para avaliar o cenário político-eleitoral. A primeira foi divulgada no dia 6 de maio.

PRIMEIRA PESQUISA
Registrada na justiça eleitoral com os códigos BR-08786/2018 e RN-01096/2018, a 1ª pesquisa “Retratos da Sociedade Potiguar” realizou 1.410 entrevistas entre os dias 27 à 30 de abril de 2018 em todo o estado e foi divulgada no dia 6 de maio.
Para o governo do RN, na pergunta estimulada, para governador nada menos que 40,36% dos entrevistados responderam “Nenhum” e “Não sabe”.
No tocante à presidência da República, essa mesma resposta foi dada por 39,36%. Para o Senado o número atinge 87,87%, quando o eleitor é informado que poderá votar em dois nomes, e em quem ele daria o seu primeiro voto.

RESULTADOS POR CANDIDATOS
GOVERNO DO ESTADO
Fátima Bezerra: 25%
Carlos Eduardo: 14,54% 
Geraldo Melo: 7,66% 
Robinson Faria 5,04%. 

REJEIÇÃO
Robinson: 39,65%
Fátima Bezerra: 9,72%
Carlos Eduardo: 7,94%

PARA O SENADO (Estimulada)
Garibaldi Filho: 12,59% 
José Agripino: 11,63%
Geraldo Melo 8,12%. 
Nenhum dos candidatos citados: 36,77% 
“Não Sabe”: 14,43%.

No cenário em que o eleitor é instado a indicar o seu primeiro voto Garibaldi fica com 19,08%, seguido por José Agripino (13,40%) e Zenaide Maia (11,77%). 
Já para o segundo voto, os eleitores preferem José Agripino (9,86%), seguido por Geraldo Melo (9,22%) e Garibaldi Filho (6,10%).

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA (Estimulada)
Lula: 40,07% 
Bolsonaro: 7,73% 
Ciro Gomes: 2,98% 
Marina Silva: 2,91%. 
Nenhum: 27% dos entrevistados e 12,34% “Não sabe”. 
No cenário sem Lula, os votos migram para “Nenhum” 33,45%, “Não sabe” 14,23%, o “Candidato do PT” fica com 12,46% e 12,28% dos votos de Lula vão para Ciro Gomes.

7 partidos da Avança RN espera eleger 4 estaduais e 2 federais

Laura Helena (PPS) candidata a estadual
 Com a perspectiva de poder eleger quatro deputados estaduais e dois federais - PMB. PTC, PPS, PRP. PTB, PMN e Avante realizaram neste sábado a sua convenção, na casa de shows Kintal II, na Zona Norte de Natal, com grande participação popular e que recebeu o prestígio da presença do candidato ao Senado pelo PSDB, Geraldo Melo.
Ate o momento em que estive lá foi o único concorrente a carga majoritário que compareceu.
A coligação formada por esses partidos tem a denominação de Avança-RN.
Entre os candidatos a deputada estadual pelo PRP, Elaine Neves, foi uma das que teve participação destacada, ao lado de outros nomes como o da jovem, Laura Helena, também candidata a estadual pelo PPS, o vereador natalense, Ubaldo Fernandes (PTC) e o ex-prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto, que também disputa uma vaga na Assembleia pelo PMB.
Outro que é candidato a deputado estadual por essa coligação é o presidente estadual do PTB, Getúlio Batista.
Entre os candidatos a federal, participaram o médico Geraldo Ferreira e o Sargento Agenor (ambos do PPS), Raimundo Mendes (PMB) e Karla Barbosa, do Avante, que chegou ao Kintal II acompanhada pelo marido, o presidente da Câmara de Natal, Raniere Barbosa e muitos apoiadores.
Elaine Neves é do PRP e foi um dos destaques como
candidata a deputada estadual (Divulgação)

Plateia animada lotou o principal salão do Kintal II
(Foto: Divulgação)
Candidato ao Senado, logo ao chegar Geraldo Melo teve que
tirar várias fotografias para atender inúmeros pedidos
(Foto: Divulgação)



Geraldo Ferreira candidato a federal, Laura Helena, candidata à
Assembleia Legislativa pelo PPS com o Sargento Agenor, candidato 
a deputado federal (Foto: Divulgação)

José Adécio passa o bastão político para o filho, Gustavo Costa

O deputado estadual José Adécio anunciou que não vai disputar a reeleição e que será sucedido na vida pública, a partir da eleição deste ano, pelo seu filho, Gustavo Costa.
Numa carta aberta, ilustrada por foto em que se encontra acompanhado pela esposa, Suely Costa, e Gustavo, José Adécio externa gratidão aos que o acompanharam nos seus 42 anos na política:
- Manifesto minha enorme gratidão a todos, especialmente a minha família, esposa, filhos e netos, que tantas vezes conviveram com minha ausência física, mas sabiam que eu estava empenhado em missões importantíssimas concedidas pelo povo que sempre acreditou em mim. Aos meus inúmeros amigos e parceiros de lutas. Amigos novos e velhos, companheiros com os quais trilhei em todas minhas batalhas. Pessoas as quais aprendi a respeitar e admirar. Amigos que partilham de minhas orações diárias. Estamos e continuaremos juntos! 
Sobre sua atuação, ele destacou:
- Nesse tempo todo fui leal, ousado, fiquei conhecido como o deputado que tem “cara e lado”. Teimoso muitas vezes, admito, sempre procurei acertar mais que errar. Mas, evidentemente, como ser humano, cometi erros. Porém, tenho a consciência tranquila do dever cumprido. Nessa jornada, caminhei pelo Rio Grande do Norte em todos os cantos e recantos. Fui recebido pelas principais autoridades com o mesmo respeito e atenção que me foram oferecidos pelas pessoas mais simples, principalmente as sertanejas, como eu, que sabem muito bem o que significa o valor do trabalho do homem do campo. Tenho imensa alegria em ter sido o único deputado do Rio Grande do Norte eleito três vezes pela imprensa como “Parlamentar do Ano”.
Na parte final da carta, José Adécio destaca que cumprirá seu oitavo mandato de deputado estadual até o último dia, mas o comando passa para o seu sucessor:
- O bastão, a partir de agora, estará nas mãos daquele que, acompanhando-me, diuturnamente, a muitos anos, pela dedicação, respeito e vocação pública fez por merecer o posto de capitão dessa batalha. Com muita honra, apresento ao Rio Grande do Norte Gustavo Costa, meu filho, que contando com o decisivo apoio de todos que comigo estiveram nesses anos todos, haverá de manter fiel o compromisso de lealdade aos amigos; integridade aos princípios republicanos e o estado democrático de direito.
E prosseguiu:
- Gustavo Costa, acompanhou de perto toda minha atuação parlamentar. É um jovem engenheiro e advogado, dinâmico, inteligente, conhecedor dos problemas do nosso RN, e que, em concordância com todos os que sempre estiveram ao meu lado, aceitou o desafio de continuar esse árduo trabalho.

Coligação de 7 partidos aguarda Styvenson até o dia 5

Os sete partidos que se se propõem a formar a coligação Renova RN - Patriota, PSC, DC,  PSL, PV, PPL e Solidariedade - continuam com uma vaga de senador e de 3 suplentes, aguardando a definição do Capitão Styvenson se aceita ou não a candidatura senatorial.
Os demais cargos majoritários estão definidos com a seguinte composição:
Para governador - Breno Queiroga
Para vice governador - Sérgio Leocádio
Para o Senado - Magnólia Figueiredo
1º suplente - Rivaldo Fernandes.
Este ano, cada partido ou coligação pode apresentar dois candidatos para o Senado com dois suplentes para cada um.
De acordo com nota assinada pelos presidentes dos sete - Kelps Lima, do Solidarieade, Renato Fernandes, do PSC, Luíz Gomes, do Patriota, Bertone Marinho, do PV, Raul Azevedo, do PPL, Odair Diniz, do DC, e Carlos Eduardo Almeida, do PSL - os demais nomes da chapa serão anunciados até o próximo dia 5.
Ou seja: O prazo fatal para Styvenson dizer se aceita ou não participar da eleição vai até o dia 5 de agosto.

EXPECTATIVA DE JOANILSON
A presença do DC (abreviatura do antigo PSDC) nessa coligação "Renova RN" está, vamos dizer assim, em compasso de espera.
Pelo seguinte - A prioridade do partido, ou melhor, do seu diretório nacional, é a pré-candidatura senatorial do ex-vereador natalense Joanilson de Paula Rego.
Há uma recomendação do diretório nacional, no sentido de que, a coligação não aceitando apoiar Joanilson, que o DC dela se retire e organize uma chapa "solo" ou articule uma outra coligação disposta a apoiar o professor.
Exatamente neste sábado, o DC realiza sua convenção nacional em São Paulo. 
Quem está representando o RN nesse encontro partidário é a vereador Ana Paula.

ALÉM DE TUDO ISSO
Existe, ainda um porém, com relação à segunda vaga de candidato a senador na coligação Renova RN - Não sendo o capitão Styvesson, o posto também é reivindicado pelo PV para o jornalista Marcus César Cavalcanti de Morais.

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Brasil contesta versão da BBC sobre cúpula do Brics

A próxima reunião anual do Brics,  - grupo de países formado pelo Brasil, Rússia, India, China e África do Sul, será no Brasil - revelou o secretário especial de Comunicação Social da Presidência da República, Márcio de Freitas, em correspondência publicada no portal BBC-Brasil, de Londres.
A reunião do Brasil será a 11ª da história do grupo de países.
Segundo o portal, a correspondência lhe foi encaminhada como complementação à sua cobertura da 10ª reunião realizada dias 26 e 27 (ontem e hoje, portanto), em Johanesburgo, na África do Sul.
Na cobertura, a BBC diz que, em final de mandado e com baixa popularidade, o presidente Temer não pôde tirar proveito político do encontro.
Em sua correspondência, depois de assinalar que a matéria traz análises sem fundamento, "com evidente viés ideológico", Márcio assinala que, ao contrário, o Brasil conseguiu tudo que pretendia durante o encontro.
- O Brasil - enfatizou - apresentou três propostas específicas para a décima Cúpula do Brics. em Joanesburgo, África do Sul, todas acolhidas e provadas pelos líderes;
E enumerou: 1) acordo de sede para o escritório nas Américas do Novo Banco de Desenvolvimento (o Banco do Brics), que será instalado no Brasil; 2) criação da rede de parques tecnológicos do Brics; e 3) memorando sobre parceria em aviação regional.
Segundo acrescentou, "são todas iniciativas que interessam concretamente à sociedade brasileira, que se traducirão em mais investimentos, em mais negócios, em mais competitividade".
- Um outro objetivo brasileiro na cúpula, plenamente cumprido, foi transmitir forte mensagem de responsabilidade e de abertura, de apego ao multilateralismo e ao diálogo, em momento internacional de tendências isolacionistas e protecionistas.
Para ele,"a décima cúpula do Brics foi um êxito, não só do ponto de vista dos temas econômicos, mas também dos temas políticos e culturais".

TUDO PELA ÁFRICA
O portal do Palácio do Planalto publicou, nesta sexta-feira, a seguinte nota sobre o último dia da cúpula:
O Governo do Brasil defendeu, durante a última reunião entre os chefes de Estado e de governo do Brics, que o grupo seja um "aliado no desenvolvimento da África". O encontro reuniu, na manhã desta sexta-feira (27), os representantes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, além de líderes africanos (Brics Outreach) e de fora da região (Brics Plus).  
Para o presidente da República, Michel Temer, as parcerias com o continente africano são uma prioridade permanente. "Queremos que a agenda do Brics para a África seja tão intensa quanto intensa é a ligação histórica e afetiva do Brasil com este continente", afirmou em discurso. No caso do Brasil, as cooperações com o continente incluem ações em áreas como a tecnologia e a saúde. Uma delas é o novo centro de treinamento da Embraer, que será inaugurado em breve em Joanesburgo, capital da África do Sul. Com equipamentos de última geração, o centro formará profissionais de toda a África.  
Recentemente, o País auxiliou a construção, em São Tomé e Príncipe, de um laboratório que reduzirá o tempo para o diagnóstico da tuberculose no país. Agora, a prioridade do Brasil junto aos países do Brics, é a criação do Centro de Pesquisa em Vacinas, na África do Sul. O objetivo é contribuir para a redução da dependência de fabricantes tradicionais de vacinas. 
Nos últimos anos, o Brasil ainda assinou acordos de investimentos com Moçambique, Angola, Malawi e Etiópia. Em setembro do ano passado, entrou em vigor o Acordo de Livre Comércio entre o Mercosul e o Egito. 
Além de expandir os acordos econômicos com países da África, o Brasil vai cooperar com a promoção da paz e da segurança no continente. Para isso, o País apoia a proposta da África de Sul de criar, no Brics, o Grupo de Trabalho sobre Manutenção da Paz.
CLIQUE AQUI para ler a reportagem da BBC. 
Participaram os presidentes do Brasil, Rússia, India, China
e África do Sul (Foto: Cesar Itiberê/PR)