segunda-feira, 23 de março de 2015

"Sustentarte": Hare mostra o lixo que transforma em arte

Antônio Alves de Souza, Hare, apresenta suas obras numa segunda mostra individual após ter participado de várias coletivas. Nascido em 12 de dezembro de 1965, filho de Julieta e Evangelista, cursou na UFRN Aquacultura com Pós Graduação na área, Educação Artística com habilitação em Música e Artes plásticas, e atualmente cursa Engenharia de Aquicultura.
Casado com Rachel Dantas, assessora de educação científica da AASDAP que integra o Instituto Neurociências de Natal.
Com uma visão que permeia a sustentabilidade, tema recorrente atualmente, Antônio Alves,   Hare,  produz  sua obra mostrando a diversidade de possibilidades do reaproveitamento de objetos do lixo, compondo assim a exposição "SUSTENTARTE".
Hare denuncia com sua arte seu incômodo, utilizando objetos encontrados no lixo do Alecrim e de outros locais do Brasil, transformando-os em decorativos e utilitários, instigando assim à reflexões acerca da influência do capitalismo que cria o consumismo exacerbado, alimentando a cultura do descarte.

O diferencial  é que esta exposição desvela a rápida evolução tecnológica e a consequente produção do lixo  não degradável, também  mostra um período de  intensa desvalorização  da moeda brasileira, a diversidade religiosa, além de resgatar a cultura regional.


Um comentário:

  1. Parabéns! Meu querido amigo! Tudo de bom pra vc! Hare, hare!!

    ResponderExcluir

Comentários críticos sem identificação não serão aceitos.