terça-feira, 26 de junho de 2012

Achei o discurso de Micarla cheio de mágoa

Não consegui, ainda, ver o texto integral do pronunciamento que a prefeita Micarla de Sousa fez, ontem, para dizer que não vai disputar a reeleição.
Pelo que li nos jornais, vi nele muito ressentimento, muita mágoa, para quem se declara feliz por haver descoberto e encontrado Jesus.
Micarla, no meu entendimento, iria sentir-se melhor se tivesse um pouco mais de humildade.
Tudo bem que ela não se arrependa de nada, como disse. 
Tudo bem que ela se julgue certa e que só os outros estão errados.
Mas, uma verdade ela não pode esconder: Apesar de todos os seus acertos, não está conseguindo satisfazer a expectativa da população.
Afinal, é exatamente por isso que ela não se sente disposta nem estimulada a encarar a batalha da reeleição.
Errar não é nenhuma coisa do outro mundo. 
Todo mundo erra.
Ruim - mais para a própria pessoa - é não querer enxergar o erro. É querer escondê-lo, empurrar pra debaixo do tapete.
O próprio Jesus ensinou isso.
Achei forte demais, para proclamar a sua honestidade, Micarla precisar dizer que nunca viu um familiar atrás das grades.
Enfim...
Até porque a vida ainda não acabou...
Torço para que Micarla encontre a tranquilidade e a paz necessárias para dar uma guinada na sua gestão e terminá-la numa situação melhor do que a atual.
Que Deus a proteja e a ilumine.

Um comentário:

  1. Como sempre, meu caro PTC, muito sensato os seus comentários, parabéns...!

    ResponderExcluir

Comentários críticos sem identificação não serão aceitos.